Lilith (Supernatural)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lilith
Personagem de Supernatural
Morada Inferno
Sexo Feminino
Espécie Demônio
Olhos Branco
Afiliações Lúcifer
Inimigo(s) Dean Winchester
Criado por Eric Kripke
Voz Adriana Torres
Primeira aparição Jus In bello
Última aparição Lucifer Rising
Época(s) 3ª e 4ª temporadas
Episódio(s) Jus in bello (3.12)
No Rest for the Wicked (3.16)
Yellow Fever (4.06)
The Monster at the End of This Book (4.18)
Lucifer Rising (4.22)
Interpretado por Rachel Pattee (3.12)
Sierra McCormick (3.16 e 4.06)
Katie Cassidy (3.16)
Katherine Boecher (4.18 e 4.22)
IMDb IMDb
Projecto Televisão  · Portal Televisão

Lilith é uma personagem fictícia da série dramática/paranormal Supernatural criada por Eric Kripke, baseada na personagem mítica Lilith. É interpretada pelas atrizes estadunidenses Katherine Boecher e por Rachel Pattee e Sierra McCormick (crianças). Também foi interpretada por Katie Cassidy em um momento específico. No Brasil, a personagem foi dublada por Adriana Torres quando interpretada por Katherine Boecher[1] .

História na série[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Lilith é de uma classe mais poderosa de demônios, os olhos aparecem em branco, não preto, em um hospedeiro humano. Lilith é introduzida nos momentos finais de "Jus in Bello", Aparecendo como uma menina retratada por Rachel Pattee, buscando os Winchesters. Ela então começa a torturar todos na estação por 45 minutos, acabou destruindo a estação em uma enorme explosão. Depois é depois revelado por Bela Talbot Lilith, que detém contrato de Dean, Sam e Dean localizá-la em New Harmony, Indiana, onde ela está em "Shore Leave". Por diversão, ela assumiu o corpo de outra menina, retratado por Sierra McCormick, e faz de refen a família da menina, forçando-os a agir como se ela fosse sua filha. Depois de roubar a faca de matar demônios de Ruby, Sam e Dean tentam e não conseguem entrar na casa. No entanto, Lilith secretamente encarna em Ruby, que seguiu Sam e Dean, lá ela assume o seu acolhimento, mas para Dean a verdade veio tarde demais, e Lilith Sam detém na baía como o "cão do inferno" mata Dean. Lilith, então tenta matar Sam, mas descobre que ela é impotente contra ele. Sam tenta matá-la com a faca mágica de Ruby, Lilith sai do anfitrião e foge.

Mais tarde é revelado a Dean pelo anjo Castiel (Supernatural) que Lilith está tentando libertar Lúcifer. Para quebrar um dos 66 selos para libertá-lo, ela lança um feitiço poderoso "Are You There, God? It's Me, Dean Winchester" para causar a subida das testemunhas, as almas dos que tinham morrido de mortes violentas, como resultado de o sobrenatural, que, em seguida atacar a caçadores que não poderia salvá-los. Lilith retorna em "The Monster no final deste livro", possuindo um corpo odontologista é retratado por Katherine Boecher. Tendo tomado conhecimento de que ela está destinada a morrer no Apocalipse, ela tenta convencer Sam em fazer um acordo com ela para parar de quebrar os selos e permitir que as coisas voltem a ser como eram antes. Sam finge acordo e tenta matá-la com uma faca de Ruby, mas ele falha. Dean e Chuck o profeta aparece bem na hora e, depois de ter sido avisado de que o arcanjo proteger Chuck está vindo para destruí-la, Lilith foge do corpo. Em "Lucifer Rising", Dean fica sabendo que se Lilith morrer o selo de número 66 será quebrado e Lúcifer será libertado, e que os anjos que estavam ao lado de Uriel (morto) querem que o apocalipse aconteça. Dean e Castiel preferem desobedecer as ordens dos arcanjos e impedir que Sam mate Lilith em um convento. Castiel teletransporta Dean para o convento mas Ruby o impede de entrar. Sam usa seus poderes e mata Lilith e quebra o último selo. Lúcifer é libertado e Sam descobre que Ruby os enganou desde o começo. O objetivo dela era que Lúcifer voltasse a Terra. Dean entra no convento e mata Ruby com a ajuda de Sam. Os dois observam uma luz enorme e brilhante iluminando o convento. Lúcifer é Libertado.

Segundo o criador da série Eric Kripke, Lilith é "uma combinação de todos os mitos a respeito Lilith. "Observando que os dois perfis mitológicos de Lilith, destruidora de crianças e sedutora dos homens", Kripke também declarou que o show seria explorar essas duas funções, com o primeiro já está sendo exibido na escolha do personagem dos Exércitos. Além, Kripke disse que Lilith é mais elevada na hierarquia demoníaca do que Azazel, E que "você não começar muito mais elevado do que o seu até que você começar a cavar no território de Lúcifer."Esta questão é abordada no episódio da quarta temporada "When the Levee Breaks", onde é revelado por Ruby que Lilith é "Primeiro de Lúcifer", o primeiro ser humano transformado em um demônio por Lúcifer como um castigo de Deus, que, aparentemente, mantém os seres humanos em um maior respeito do que os seus anjos.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Aparições notáveis[editar | editar código-fonte]

Terceira Temporada
  • "Terror na Delegacia" (Jus In Bello)
  • "Enfretando o Capeta" (No Rest For The Wicked)
Quarta Temporada
  • "Febre Amarela" (Yellow Fever)
  • "Monstro no Final do Livro" (The Monster at the End of This Book)
  • "A Ascensão de Lúcifer" (Lucifer Rising)

Referências

  1. B.D DublaNet: Sobrenatural DublaNet. Página visitada em 2 de fevereiro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]