Limbo (linguagem de programação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Limbo
Paradigma Computação concorrente
Surgido em 1995
Última versão (1999)
Criado por Sean Dorward, Phil Winterbottom, Rob Pike
Estilo de tipagem: Fortemente tipada
Influenciada por C, CSP, Pascal, Alef
Influenciou Stackless Python, Go
Licença: Código aberto
Página oficial http://www.vitanuova.com/inferno/limbo.html

Limbo é uma linguagem de programação para escrever sistemas distribuídos e é usada para escrever aplicações para o sistema operativo Inferno.

O compilador de Limbo gera código objeto independente da arquitectura. O código é interpretado pela máquina virtual Dis ou compilada antes do tempo de execução para melhorar a sua prestação. Assim, todas as aplicações Limbo são completamente portáteis para todas as plataformas Inferno.

Histórico da Linguagem[editar | editar código-fonte]

É uma linguagem de programação que foi desenvolvida pela Lucent Technologies Inc. para a execução de aplicações distribuídas de pouca escalabilidade (aplicações que executam sobre um número pequeno de nodos).

Paradigmas a que ela pertence[editar | editar código-fonte]

É uma linguagem de programação imperativa , que apesar de rodar em cima de uma máquina virtual,não é considerada orientada a objetos, pois não possui suporte a herança e nem a definição de classes.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

É a linguagem utilizada para a criação de aplicações que rodam sobre a plataforma Inferno (Sistema Operacional), a qual é acompanhada por uma máquina virtual "DIS" que possui um interpretador para a linguagem.

Exemplos de Códigos[editar | editar código-fonte]

Programa "Hello world":

 implement Command;
 
 include "sys.m";
 include "draw.m";
    sys:	Sys;
 
 Command: module
 {
     init: fn (ctxt: ref Draw→Context, argv: list of string);
 };
 
 # The canonical "Hello world" program, enhanced
 init(ctxt: ref Draw→Context, argv: list of string)
 {
	sys = load Sys Sys→PATH;
	sys→print("Hello world\n");
	for (; argv!=nil; argv = tl argv)
		sys→print("%s ", hd argv);
	sys→print("\n");
 }

Características da linguagem[editar | editar código-fonte]

A Limbo suporta as seguintes características:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre programação de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.