Limoeiro de Anadia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Limoeiro de Anadia
Igreja de Nossa Senhora da Conceição

Igreja de Nossa Senhora da Conceição
Bandeira de Limoeiro de Anadia
Brasão de Limoeiro de Anadia
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 31 de maio
Fundação 31 de maio de 1882
Gentílico limoeirense
Lema Tempo de paz e desenvolvimento
Prefeito(a) James Marlan Ferreira Barbosa (PP)
(2013–2016)
Localização
Localização de Limoeiro de Anadia
Localização de Limoeiro de Anadia em Alagoas
Limoeiro de Anadia está localizado em: Brasil
Limoeiro de Anadia
Localização de Limoeiro de Anadia no Brasil
09° 49' 17" S 36° 30' 11" O09° 49' 17" S 36° 30' 11" O
Unidade federativa  Alagoas
Mesorregião Agreste Alagoano IBGE/2008 [1]
Microrregião Arapiraca IBGE/2008 [1]
Região metropolitana
do Agreste
Municípios limítrofes Arapiraca, Coité do Noia, Taquarana, Anadia, Campo Alegre e Junqueiro
Distância até a capital 117 km
Características geográficas
Área 315,668 km² [2]
População 26 992 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 85,51 hab./km²
Altitude 140 m
Clima Tropical, média de 26°C
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,569 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 64 617,360 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 462,93 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.limoeirodeanadia.al.gov.br

Limoeiro de Anadia é um município brasileiro que fica localizado na região central do estado de Alagoas, com uma população recenseada em 2010 em 26.992 mil habitantes e possui uma área de 316 km² (81,48 h/km²).

Limita ao norte com os municípios de Coite do noia e Taquarana, ao sul com o município de Junqueiro, a leste com o município de Anadia, a oeste com o município de Arapiraca, e a sudeste com o município de Campo Alegre.

Limoeiro de Anadia destaca-se por duas de suas principais festividades, que são a festa de emancipação política e a festa da padroeira, ambas atraindo muitos visitantes.

Limoeiro de Anadia

História[editar | editar código-fonte]

O Capitão Antonio Rodrigues da Silva, considerado o primeiro morador da região, deu origem ao povoado com apenas uma fazenda de gado.

Limoeiro de Anadia

As origens sobre a denominação da atual cidade são contadas pelos moradores mais velhos de várias formas. Dentre as quais duas se destacam. A primeira delas conta que a grande quantidade de pés de limoeiro, serviam como sombras frondosas onde descansavam os exploradores e caçadores das matas da região (?). Versão contestada pelo historiador Gilberto Barbosa Filho.Já na outra versão, o nome do município é atribuído à construção (por Rodrigues da Silva) de uma capela, que a princípio seria em devoção à Santa Cruz. Com o termino da construção houve o nascimento de um limoeiro ao lado da pequena capela. Diante do acontecimento, Rodrigues resolveu homenagear aquela que teria lhe mandado um sinal, colocando a dupla invocação à capela, que ficou com duplo orago: Santa Cruz e Nossa Senhora da Conceição (Nascimento) do Limoeiro. Pelo povoado ter se desenvolvido próximo à capela, ficou conhecido por Limoeiro.

Em 1879, houve sua integração a Junqueiro. A junção de Anadia à denominação atribui-se ao fato da ligação anterior à sua emancipação com este município e a uma lei de 1943, que mudou a denominação acrescentando o restritivo de Anadia.

Passou a ser vila e município através da lei nº 866 de 31 de maio 1882, sendo instalada apenas em 1883. Foi parte integrante da comarca de Alagoas (na época Marechal Deodoro) até 1883, quando passou a pertencer a Penedo. Anos depois, foi anexado à comarca de Anadia. Em 1903 passou definitivamente a ter a denominação de cidade.

A região passou por profundas e diversas transformações administrativas e territoriais. Um de seus maiores prejuízos foi ter perdido, em 1929, o distrito de Arapiraca, que conseguiu superá-la economicamente, tornando-se uma das cidades mais prósperas de Alagoas.

Educação[editar | editar código-fonte]

A cidade possui 7,250 vagas nas redes municipais e estaduais de ensino.

Saúde[editar | editar código-fonte]

A cidade possui 16 postos de saúde, 1 Maternidade e 1 Centro de Saúde.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.