Linguagem de controle de dados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Linguagem de Controle de Dados, ou do inglês Data Control Language(DCL), é uma linguagem de computador e um subconjunto de SQL, usada para controlar o acesso aos dados em um banco de dados.

Exemplos de comandos DCL incluem:

  • GRANT para permitir que usuários especificados realizem tarefas especificadas.
  • REVOKE para cancelar permissões previamente concedidas ou negadas.

Os seguintes privilégios podem ser CONCEDIDOS À ou REVOCADOS DE um usuário ou papel:

Em Oracle, executar um comando DCL emite um commit implícito. Em PostgreSQL, executar um comando DCL é transacional e pode suportar roll back.

Ver também[editar | editar código-fonte]