Linha 11 da CPTM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Linha 11 - Coral
Linha11 cptm.svg
Inauguração 1890 - Pela Central do Brasil
1975 - Repassada para RFFSA
1984 - Repassada para a CBTU
1994
Repassada para a CPTM como Linha E - Laranja
2000
Inauguração do Expresso Leste
2008
Mudança de nome para Linha 11 - Coral
Estações 16 (7 no Expresso Leste)
Comprimento 50,5 km (23,3km no Expresso Leste)
Estado em serviço
Right side head station of cross-platform interchange
Luz Acesso gratuito às Linhas 1, 4 e 7
Unknown route-map component "AKRZo"
Viaduto sobre a Rua da Cantareira
Bridge over water
Ponte sobre o Rio Tamanduateí e a Av. do Estado
Middle of cross-platform interchange
Brás Acesso gratuito às Linhas 3,10 e 12
Unknown route-map component "ABZgl+r"
Ligação com o Abrigo do Brás
Junction to right
Ligação com Abrigo Eng. São Paulo
Junction to right
Ligação com Terminal de Carga
Unknown route-map component "KMW"
Km 5
Unknown route-map component "AKRZo"
Viaduto sobre a Av. Salim Farah Maluf
Left side of cross-platform interchange
Tatuapé Acesso gratuito à Linha 12 e tarifado à Linha 3
Unknown route-map component "eBHF"
Eng. Sebastião Gualberto (Desativada)
Bridge over water
Ponte sobre o Rio Aricanduva
Unknown route-map component "eBHF"
Carlos de Campos (Desativada)
Unknown route-map component "KMW"
Km 10
Unknown route-map component "eBHF"
Vila Matilde (Desativada)
Unknown route-map component "eBHF"
Patriarca (Desativada)
Unknown route-map component "KMW"
Km 15
Junction to right
Pátio de Estacionamento Artur Alvim
Unknown route-map component "eBHF"
Artur Alvim (Desativada)
Large bridge
Left side of cross-platform interchange
Corinthians-Itaquera Acesso tarifado à Linha 3
Large bridge
Enter tunnel
Unknown route-map component "tKMW"
Km 20
Exit tunnel
Large bridge
Station on track
Dom Bosco
Enter and exit tunnel
Station on track
José Bonifácio
Large bridge
Enter and exit tunnel
Large bridge
Ponte sobre o Rio Itaquera
Station on track
Guaianases
Unknown route-map component "KMW"
Km 25
Unrestricted border on track
Divisa entre São Paulo e Ferraz de Vasconcelos
Station on track
Antonio Gianetti Neto
Station on track
Ferraz de Vasconcelos
Bridge over water
Ponte sobre o Córrego Itaim
Unknown route-map component "KMW"
Km 30
Unrestricted border on track
Divisa entre Ferraz de Vasconcelos e Poá
Bridge over water
Ponte sobre o Córrego Itaim
Station on track
Poá
Junction both to and from left
Ligação com a Linha 12
Station on track
Calmon Viana Acesso gratuito à Linha 12
Bridge over water
Ponte sobre o Rio Guaió
Unrestricted border on track
Divisa entre Poá e Suzano
Unknown route-map component "KMW"
Km 35
Station on track
Suzano
Junction to right
Ligação com os trilhos da MRS
Unrestricted border on track
Divisa entre Suzano e Mogi das Cruzes
Unknown route-map component "KMW"
Km 40
Bridge over water
Station on track
Jundiapeba
Level crossing
Passagem de Nível da R. Adriano Pereira
Bridge over water
Unknown route-map component "KMW"
Km 45
Bridge over water
Station on track
Brás Cubas
Unknown route-map component "AKRZu"
Viaduto da Av. Henrique Peres
Level crossing
Passagem de Nível da R. Caravelas
Level crossing
Passagem de Nível da Av. Nami Jafet
Level crossing
Passagem de Nível da R. Presidente Campos Sales
Station on track
Mogi das Cruzes
Level crossing
Passagem de Nível da R. Cabo Diogo Oliver
Level crossing
Passagem de Nível da R. Dr. Deodato Wertheimer
Unknown route-map component "KMW"
Km 50
Unknown route-map component "AKRZo"
Tunel sobre a linha
Station on track
Estudantes
Level crossing
Passagem de Nível da Av. Antenor Leite da Cunha
Unknown route-map component "BS2l"
Ligação com os trilhos da MRS

A Linha 11 - Coral da CPTM compreende o trecho da rede metropolitana definida entre as estações da Luz e Estudantes. É conhecida como Expresso Leste no trecho de Luz a Guaianases. Até março de 2008 denominava-se Linha E - Laranja. Atualmente o Expresso Leste faz 24 viagens por dia em dias de semana e 20 viagens por dia em finais de semana até a estação Estudantes, em Mogi das Cruzes.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A linha teve sua construção iniciada em 1869 pela Estrada de Ferro São Paulo-Rio (também conhecida como Estrada de Ferro do Norte), que seria incorporada pela Estrada de Ferro Central do Brasil em 1890. No início do século XX iniciou-se a operação de trens suburbanos, inicialmente até a Penha, atingindo Mogi das Cruzes na década de 1910. Essa operação tinha 49 quilômetros de extensão e dezenove estações.

A eletrificação da linha ocorreu apenas na metade dos anos 1950, sendo que a operação com TUEs começou a ser feita com unidades já desgastadas, trazidas do sistema suburbano da Central no Rio de Janeiro. Em 1976 a linha foi estendida até Estudantes, para que pudesse atender aos alunos de faculdades localizadas em Mogi.

Em 1975 a linha passaria a ser administrada diretamente pela Rede Ferroviária Federal (RFFSA), que desde 1957 tinha a Central do Brasil como uma de suas subsidiárias. A partir de fevereiro de 1984 passou para a tutela da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que herdou todo o serviço de trens metropolitanos da Rede.

Em 1994 a linha foi estadualizada e passada às mãos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que em 2000 desativou todas as estações entre Brás e Tatuapé, e entre esta e Guaianases. O antigo trecho entre Artur Alvim e Guaianases foi suprimido para dar lugar a um novo traçado, retificado e com três túneis, em que foram construídas a nova estação Itaquera e as estações Dom Bosco, José Bonifácio e Guaianases (nova). A partir de então, o trecho entre Luz e Guaianases passou a ser denominado "Expresso Leste".

Percurso[editar | editar código-fonte]

O primeiro trecho, o Expresso Leste, apresenta trens modernos e dotados de ar-condicionado (série 2000, 7000 e 9000), que circulam entre as estações Luz e Guaianases. Nesta estação, faz-se a baldeação para os trens antigos do segundo trecho, entre as estações Guaianases e Estudantes, em Mogi das Cruzes, atendendo também aos municípios de Ferraz de Vasconcelos, Poá e Suzano. Durante muito tempo previa-se a incorporação do Expresso Leste à malha metroviária, transformando-o na Linha 6 do metrô[1]. Este projeto, entretanto, não foi levado adiante e não consta mais do projeto futuro[2].

Estações[editar | editar código-fonte]

Expresso Leste[editar | editar código-fonte]

Sigla Estação Município Observações MDU (05/2008) [carece de fontes?]
LUZ Luz São Paulo Integração gratuita com as linhas 1-Azul, 4-Amarela e 7-Rubi. 127 431
BAS Brás São Paulo Integração gratuita com a Linha 3-Vermelha e as linhas 10-Turquesa e 12-Safira. 144 419
TAT Tatuapé São Paulo Integração gratuita com a Linha 12-Safira e paga com a Linha 3-Vermelha. Acesso direto ao Shopping Metrô Tatuapé e ao Shopping Metrô Boulevard Tatuapé. 43 533
ITQ Corinthians-Itaquera São Paulo Integração paga com a Linha 3 do Metrô de São Paulo. 11 775
DBO Dom Bosco São Paulo 10 259
JBO José Bonifácio São Paulo 11 292
GUA Guaianases São Paulo Integração gratuita com os trens para Estudantes. 47 318

Linha 11[editar | editar código-fonte]

Sigla Estação Município Observações MDU (05/2008) [carece de fontes?]
GUA Guaianases São Paulo Integração com os trens do Expresso Leste para Luz 47 318
AGN Antônio Gianetti Neto Ferraz de Vasconcelos Futura extensão do Expresso Leste. 10 755
FVC Ferraz de Vasconcelos Ferraz de Vasconcelos Futura extensão do Expresso Leste. 19 476
POA Poá Poá Futura extensão do Expresso Leste. 10 689
CVN Calmon Viana Poá Integração gratuita com a Linha 12-Safira e futura extensão do Expresso Leste. 6 943
SUZ Suzano Suzano Futura extensão do Expresso Leste e futura integração gratuita com a Linha 12-Safira. 24 702
JPB Jundiapeba Mogi das Cruzes 3 727
BCB Brás Cubas Mogi das Cruzes 4 350
MDC Mogi das Cruzes Mogi das Cruzes 9 775
EST Estudantes Mogi das Cruzes Acesso ao terminal de ônibus Estudantes e às universidades de Mogi das Cruzes. Acesso ao terminal rodoviário Geraldo Scavone. 8 577

MDU = média de passageiros embarcados por dia útil em cada estação, desde o início do ano. Nas estações com duas ou mais linhas o MDU representa a totalidade de passageiros embarcados na estação, sem levar em conta qual linha será utilizada pelo usuário.

Características das estações[editar | editar código-fonte]

Na linha Expresso Leste, a estação Guaianases e as estações entre Luz e Tatuapé são em superfície. Todas as demais estações são elevadas. Na extensão da linha 11, as estações entre Guaianases e Estudantes em sua maioria têm construções antigas.

Obras[editar | editar código-fonte]

Imagens das obras[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]