Linha La Spezia-Rimini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Historicamente, a Linha La Spezia-Rimini marcou uma série de isoglossas que distinguem os dialetos italianos setentrionais daquele da Toscana, terra natal do italiano padrão

A Linha La Spezia-Rimini (às vezes referida como Linha Massa-Senigália), em linguística das línguas românicas, é uma linha que demarca um número de importantes isoglossas que distinguem as línguas românicas a leste e sul da linha daquelas a norte e oeste dela. As línguas românicas na parte oriental incluem o italiano padrão e as línguas românicas orientais (romeno, aromeno, romeno meglesita, istro-romeno), enquanto espanhol, francês, português, e também os dialetos do norte da Itália são representantes do grupo ocidental.

A linha corta o norte da Itália a partir da cidade de La Spezia (Ligúria) até Rimini (Emília-Romanha). Alguns linguistas[1] dizem que a linha na verdade vai de Massa (Toscana) até Senigália (Marcas), e deveria ser chamada mais precisamente de "Linha Massa-Senigália".

A norte e oeste da linha (excluindo algumas variedades setentrionais, como o liguriano, que provavelmente um dia teve essas características, mas foram perdidas sob a influência do italiano padrão), o plural dos substantivos descendem do caso acusativo do latim, e geralmente terminam em -s independentemente do gênero ou declinação. Ao sul e a leste da linha, os plurais dos substantivos descendem geralmente do caso nominativo do latim, e mudam as vogais para formar os plurais. Comparando os plurais de substantivos cognatos em várias línguas romances e em latim:

Romeno Italiano Espanhol Português Galego Catalão Francês Latim nomin. pl. Latim acus. pl.
viaţă, vieţi vita, vite vida, vidas vida, vidas vida, vidas vida, vides vie, vies vitae vitās
lup, lupi lupo, lupi lobo, lobos lobo, lobos lobo, lobos llop, llops loup, loups lupī lupōs
om, oameni uomo, uomini hombre, hombres homem, homens home, homes home, homes homme, hommes hominēs hominēs

Outra isoglossa de acordo com a Linha La Spezia-Rimini é a do vozeamento de certas consoantes que ocorrem entre vogais. Assim, as palavras latinas focus/focum ("fogo") dão origem ao italiano fuoco, porém fogo nos dialetos setentrionais da Itália (vêneto) e fuego em espanhol. O vozeamento ou a supressão dessas consoantes são características do grupo das línguas românicas ocidentais; sua manutenção é uma característica do grupo das línguas românicas orientais. Em geral, o grupo ocidental apresenta inovações que tendem a estar ausentes no grupo oriental.

Referências

  1. Renzi, Lorenzo. Nuova introduzione alla filologia romanza. Bologna: il Mulino, 1985. 176 pp. ISBN 88-15-04340-3.