Linha Tronco (Estrada de Ferro Araraquara)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Linha Tronco (Estrada de Ferro Araraquara)
Mapa Ferrovia Araraquara.png
Verde: em operação; traço-ponto-traço: trechos abandonados
Área de operação Araraquara - Santa Fé do Sul
Tempo de operação 1898–Presente
Bitola 1,600 m
Extensão 421 km
Linha Tronco Araraquara - Santa Fé do Sul
Unknown route-map component "eBHF"
00 - Araraquara
Junction to right
Linha tronco CPEF
Unknown route-map component "eHST"
06,858 - Tutóia
Unknown route-map component "eHST"
13,191 - Cezario Bastos
Unknown route-map component "eABZlf" Unknown route-map component "exSTRlg"
(linha antiga)
Straight track Unknown route-map component "exHST"
18,767 - Eng. Rosa Martins
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
25,451 - Bueno de Andrada -ex Itaquerê
Unknown route-map component "eABZrg" Unknown route-map component "exSTRrf"
Unknown route-map component "eHST"
31,899 - Silvânia
Unknown route-map component "eABZrf"
Ramal de Tabatinga
Unknown route-map component "eBHF"
43,000 - Matão
Unknown route-map component "eABZlf" Unknown route-map component "exSTRlg"
(linha antiga)
Straight track Unknown route-map component "exHST"
47,140 - Pimenta Bueno
Straight track Unknown route-map component "exHST"
53,985 - Dobrada
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
53,600 - Dobrada Nova
Unknown route-map component "eABZrg" Unknown route-map component "exSTRrf"
Unknown route-map component "eBHF"
59,296 - Santa Ernestina
Unknown route-map component "eABZlf" Unknown route-map component "exSTRlg"
(linha antiga)
Straight track Unknown route-map component "exHST"
71,890 - Carlos Magalhães
Straight track Unknown route-map component "exHST"
77,534 - Engenheiro Busch Varella
Straight track Unknown route-map component "exHST"
82,446 - Taquaritinga
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
75,116 - Taquaritinga Nova
Straight track Unknown route-map component "exHST"
89,060 - Sócrates de Andrade
Straight track Unknown route-map component "exHST"
95,055 - Jurupema
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
83,300 - Jurupema nova
Straight track Unknown route-map component "exHST"
102,112 - Icoarana
Straight track Unknown route-map component "exHST"
106,697 - Cândido Rodrigues
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
91,038 - Cândido Rodrigues nova
Straight track Unknown route-map component "exHST"
110,794 - Posto D
Straight track Unknown route-map component "exHST"
117,317 - Fernando Prestes
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
99,338 - Fernando Prestes nova
Unknown route-map component "eABZrg" Unknown route-map component "exSTRrf"
Unknown route-map component "eBHF"
 ????- Estrada Agulha
Unknown route-map component "eBHF"
126,760- Santa Sofia
Unknown route-map component "eABZlf" Unknown route-map component "exSTRlg"
(linha antiga)
Straight track Unknown route-map component "exHST"
134,240 - Santa Adélia
Stop on track Unknown route-map component "exSTR"
115,349 - Santa Adélia nova
Straight track Unknown route-map component "exHST"
142,610 - Jacaúna
Unknown route-map component "eABZrg" Unknown route-map component "exSTRrf"
Unknown route-map component "eBHF"
149,027 - Pindorama
Unknown route-map component "eBHF"
159,949 - Catanduva
Unknown route-map component "eBHF"
175,692 - Catiguá
Unknown route-map component "eABZlf" Unknown route-map component "exSTRlg"
(linha antiga)
Straight track Unknown route-map component "exHST"
187,939 - Japurá
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
 ???????? - Uchoa
Straight track Unknown route-map component "exHST"
210,651 - Cedral
Unknown route-map component "eHST" Unknown route-map component "exSTR"
180,517 - Cedral-mercadoria
Unknown route-map component "eABZrg" Unknown route-map component "exSTRrf"
Unknown route-map component "eHST"
180,920 - Cedral-nova
Unknown route-map component "eHST"
218,920 - Engenheiro Schmitt
Station on track
207,578 - São José do Rio Preto
Unknown route-map component "eHST"
 ???? - Rio Preto Paulista
Unknown route-map component "eHST"
 ???? - Gonzaga de Campos
Unknown route-map component "eBHF"
218,728 - Mirassol
Unknown route-map component "eBHF"
231,686 - Bálsamo
Unknown route-map component "eBHF"
246,026 - Engenheiro Balduíno (Monte Aprazível)
Unknown route-map component "eBHF"
252,640 - Tanabi
Unknown route-map component "eHST"
263,760 - Ecatu
Unknown route-map component "eBHF"
278,261 - Cosmorama
Unknown route-map component "eHST"
291,640 - Simonsen
Unknown route-map component "eBHF"
302,811 - Votuporanga
Unknown route-map component "eBHF"
315,231 - Valentim Gentil
Unknown route-map component "eBHF"
329,053 - Meridiano
Unknown route-map component "eBHF"
339,000 - Fernandópolis
Unknown route-map component "eHST"
 ???? - Conde Prates
Unknown route-map component "eBHF"
357,453 - Estrela D'Oeste
Unknown route-map component "eBHF"
373,734 - Jales
Unknown route-map component "eBHF"
386,252 - Urânia
Unknown route-map component "eBHF"
391,112 - Santa Salete
Unknown route-map component "eHST"
401,009 - Pimenta Bueno-nova
Unknown route-map component "eBHF"
403,000 - Santana da Ponte Pensa
Unknown route-map component "eBHF"
414,209 - Três Fronteiras
Station on track
421,409-Santa Fé do Sul
Junction to right
Saída para Malha norte - ALL
Unknown route-map component "exSTR"
Presidente Vargas (Rubinéia)
Unknown route-map component "exENDEe"


A Linha tronco da Estrada de Ferro Araraquara (parte da atual EF 364) possui 421 km de extensão, ligando Araraquara à Santa Fé do Sul. Até 1973, a linha tronco chegava a estação de Presidente Vargas em Rubinéia. Com a construção da Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira, o trecho final da linha tronco foi inundado, sendo desativado.

História[editar | editar código-fonte]

Sua construção teve início em 9 de novembro de 1896 , na cidade de Araraquara, sendo que seu projeto inicial seria a ligação desta com a então Vila de Ribeirãozinho (atualmente a cidade de Taquaritinga) em um total de 82 quilômetros. Em 1 de outubro de 1898 foi inaugurada o trecho inicial entre Araraquara e Itaquerê (hoje Bueno de Andrade), com 25 quilômetros de extensão. No ano seguinte a linha atingiria Matão e somente em 7 de dezembro de 1901 chegaria a Taquaritinga, concluindo o projeto inicial. Posteriormente a ferrovia foi sendo ampliada, mas devido aos problemas financeiros ocorridos em 1902 e 1912 na EF Araraquara (que culminaram na falência da empresa e sua encampação pelo estado de São Paulo 1919), a ferrovia, que chegaria ao em 1912 na cidade de São José do Rio Preto, teve sua expansão paralisada por 21 anos.

Nas décadas de 30, 40 e 50 a Estrada de Ferro Araraquara recebeu um pesado investimento do estado. As obras de expansão foram retomadas em 1933, sendo concluídas em 1952 quando a linha alcançou Presidente Vargas (atual Rubinéia),situada às margens do Rio Paraná. Após ter sua expansão concluída, foram iniciadas obras de retificação de trechos, modernização de estações existentes e abertura de novas estações, aquisição de novo material rodante e rebitolamento das vias (de 1,00m para 1,60m) para integrar a malha da EF Araraquara à da Linha Tronco da Companhia Paulista que possuía bitola de 1,60m.

Em 10 de novembro de 1971 a Estrada de Ferro Araraquara foi absorvida pela Fepasa. Com a construção da Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira, o trecho final da linha tronco foi inundado, sendo a estação de Presidente Vargas desativada em 1973. Com isso o ponto final da linha tronco passou a ser a estação de Santa Fé do Sul.

Ponte Rodoferroviária SP-MS construída em 1998.

A linha tronco foi ligada a nova linha da Ferronorte em 29 de maio de 1998 quando foi inaugurada a ponte rodoferroviária SP-MS que interligou as cidades de Rubinéia e Aparecida do Taboado. Nesse mesmo ano a Fepasa é incorporada à Rede Ferroviária Federal , posteriormente é efetuada a concessão do transporte de cargas à iniciativa privada. Em Saõ Paulo, a maior parte da malha da extinta Fepasa (incluindo a linha Tronco Araraquara- Santa Fé do Sul) foi concedida à Ferroban em 1999. A Ferroban operou de forma provisória o serviço de trens de passageiros entre Araraquara e São José do Rio Preto até 15 de março de 2001, quando foi cancelado.

Atualmente a concessão do transporte de carga dessa ferrovia foi adquirida pela América Latina Logística, empresa que incorporou a Ferroban em 2006.

Trechos abertos ao tráfego[editar | editar código-fonte]

Trecho Data de Abertura Comprimento (km)
Araraquara - Itaquerê (atual Bueno de Andrade) 1 de outubro de 1898 25
Itaquerê - Matão 16 de março de 1899 16
Matão - Santa Ernestina 1 de abril de 1901 22
Santa Ernestina - Taquaritinga 7 de dezembro de 1901 19
Taquaritinga - Cândido Rodrigues 1 de setembro de 1908 25
Cândido Rodrigues - Fernando Prestes 22 de fevereiro de 1909 10
Fernando Prestes - Santa Adélia 15 de junho de 1909 15
Santa Adélia - Pindorama 1 de janeiro de 1910 17
Pindorama - Catanduva 17 de maio de 1910 11
Catanduva - Catiguá 29 de novembro de 1910 14
Catiguá - Uchoa 20 de novembro de 1911 23
Uchoa - Cedral 1 de fevereiro de 1912 13
Cedral - Rio Preto 10 de junho de 1912 20
Rio Preto - Mirassol 4 de março de 1933 19
Mirassol - Bálsamo 1 de março de 1941 13
Bálsamo - Engenheiro Balduíno 1 de setembro de 1941 14
Engenheiro Balduíno - Cosmorama 15 de junho de 1943 32
Cosmorama - Votuporanga 10 de dezembro de 1944 ?
Votuporanga - Fernandópolis 17 de dezembro de 1949 ?
Fernandópolis - Estrela D'Oeste 1 de maio de 1951 ?
Estrela D'Oeste - Jales 21 de agosto de 1951 ?
Jales - Presidente Vargas (atual Rubinéia) 10 de outubro de 1952 ?

Alargamento da via[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.