Lisa Cuddy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Lisa Cuddy

Lisa Cuddy é uma personagem da série de televisão americana House, M.D., interpretada pela atriz Lisa Edelstein. Cuddy era administradora geral do Princeton-Plainsboro Teaching Hospital.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Até à quinta temporada da série pouco era conhecido sobre a família e a história de Cuddy. Ficou citado implicitamernte na 2ª temporada que ela é judia quando House diz sobre o JDate, um popular serviço de namoros judaico. Um pequeno Chanukiá também é visível quando House visita sua casa no episódio 15 da terceira temporada. Além disso, House usa a frase "Mazal tov" para parabenizá-la pelo nascimento do seu filho adotivo. Mais informações sobre a família dela são revelados no episódio "Adverse Events" ("Eventos Adversos") da quinta temporada quando se descobre que ela tem uma irmã e que seus dois pais estão vivos.

Cuddy frequentou a Universidade de Michigan como uma licenciatura. Durante este tempo, ela conheceu Gregory House, que já era uma lenda no campus. O seu sonho de ser médica começou quando ela tinha doze anos, e ela graduou-se da escola médica com vinte e cinco anos como a segunda melhor na sua classe.

Anos mais tarde, quando House sofreu um infarto na perna direita antes do início da série, ele foi tratado pela Cuddy na Hospital Princeton-Plainsboro. Durante a segunda temporada de House, é revelado que Cuddy está a tentar conceber um filho. House concorda em administrar as injeções duas vezes por dia necessários para que ela passasse por fertilização in vitro, e para manter o assunto em segredo. Quando carreira House está ameaçada pelo detetive Michael Tritter (David Morse), Cuddy comete perjúrio por falsificação de documentos e mentir no tribunal para encobrir suas faltas. Cuddy revela durante a quinta temporada que ela está planejando adotar um bebê, entretanto fica arrasado quando a mãe biológica da criança decide mantê-la. House a consola e os dois partilham um beijo apaixonado. No episódio "Joy to the World", Cuddy torna-se mãe adotiva de uma menina que nomes de Rachel. Na sexta temporada Cuddy começa a namorar Lucas um detetive particular. House continua a ter sentimentos por ela, ela diz para serem apenas amigos mas ele diz que é a última coisa que ele quer. No último episódio da sexta temporada House da a Cuddy um livro médico escrito por seu bisavô, e ela confessa estar noiva de Lucas. No entanto no final do episódio ela vai ao apartamento de House e diz que terminou com Lucas, e confessa que apesar de ter tentado seguir em frente ela não pode pois esta apaixonada por ele. No final do episódio eles se beijam. Na sétima temporada House e Cuddy começam a namorar. Porém no final da mesma temporada eles terminam pois House volta a tomar Vicodin enquanto Cuddy está com suspeita de câncer, e logo após a separação ela conhece outra pessoa. Quando parece que tudo ia bem house entra com o carro na casa dela.

House vai para a cadeia e Cuddy deixa o Princeton-Plainsboro Teaching Hospital, passando a administração geral para Foreman.

Ícone de esboço Este artigo sobre Séries médicas, um subgênero das séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.