Anexo:Lista de baronatos do Império do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este anexo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Esta é uma lista de baronatos do Império do Brasil[1] .

Índice: Top - 0–9 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z


A[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão da Abadia 15 de abril de 1847
10 de agosto de 1889
Gregório Francisco de Miranda
Francisco Dionísio Machado Faria
Abadia (Rio de Janeiro)
Barão de Abiaí 8 de agosto de 1888 Silvino Elvídio Carneiro da Cunha Abiaí (Paraíba)
Barão de Aceguá 22 de dezembro de 1888 Astrogildo Pereira da Costa Aceguá (Rio Grande do Sul)
Barão do Açu 17 de novembro de 1888 Luís Gonzaga de Brito Guerra Açu (Rio Grande do Norte)
Barão do Açu da Torre 31 de agosto de 1889 Luís Antônio Simões de Meireles distrito de Mata de São João (Bahia)
Barão de Água Branca 15 de novembro de 1879
7 de maio de 1887
Joaquim Antônio de Siqueira Torres
Joaquim Inácio Ramalho
Água Branca (Alagoas)
Barão de Aguapeí 12 de março de 1863 João Batista de Oliveira Aguapeí (Mato Grosso)
Barão de Águas Belas 28 de agosto de 1877 João da Cunha Magalhães Águas Belas (Pernambuco)
Barão de Águas Claras 2 de maio de 1887 Guilherme Augusto de Sousa Leite distrito de São José do Vale do Rio Preto (Rio de Janeiro)
Barão de Aguiar de Andrada 3 de maio de 1876 Francisco Xavier da Costa Aguiar de Andrada antroponímico
Barão de Aguiar Valim 16 de setembro de 1884 Manuel de Aguiar Valim antroponímico
Barão de Aimoré 24 de agosto de 1889 Antônio Rodrigues da Cunha Aimorés (povo indígena)
Barão de Aiuruoca 14 de março de 1889 Custódio Ferreira Leite Aiuruoca (Minas Gerais)
Barão de Alagoas 2 de março de 1889 Severiano Martins da Fonseca Cidade de Alagoas (Alagoas)
Barão de Alagoinhas 26 de abril de 1879 Francisco Pereira Sodré Alagoinhas (Bahia)
Barão de Albuquerque 7 de outubro de 1882 Manuel A. H. Cavalcanti de Albuquerque antroponímico
Barão de Alcântara 12 de outubro de 1825 João Inácio da Cunha Alcântara (Maranhão)
Barão de Alegrete 15 de novembro de 1846
16 de fevereiro de 1867
João José de Araújo Gomes
José Maria de Araújo Gomes
Alegrete (Rio Grande do Sul)
Barão de Além-Paraíba 8 de agosto de 1888 Joaquim Barbosa de Castro Além Paraíba (Minas Gerais)
Barão de Alencar 7 de novembro de 1885 Leonel Martiniano de Alencar antroponímico
Baronesa de Alenquer 19 de junho de 1872 Francisca de Assis Viana Muniz Bandeira ?
Barão de Alfenas 11 de outubro de 1848
7 de novembro de 1882
Gabriel Francisco Junqueira
José Dias de Gouveia
Alfenas (Minas Gerais)
Barão de Alfié 19 de julho de 1879 Joaquim Carlos da Cunha Andrade distrito de São Domingos do Prata (Minas Gerais)
Barão de Alhandra 11 de janeiro de 1873 José Bernardo de Figueiredo Alhandra (Paraíba)
Barão da Aliança 29 de agosto de 1882 Manuel Vieira Machado da Cunha ?
Barão de Almeida Galeão 28 de setembro de 1882 Manuel Caetano de Almeida Galeão antroponímico
Barão de Almeida Lima 28 de fevereiro de 1885 Manuel Bernardo de Almeida Lima antroponímico
Barão de Almeida Ramos 18 de janeiro de 1882 Joaquim de Almeida Ramos antroponímico
Barão de Almeida Valim 15 de novembro de 1888 Luciano José de Almeida Valim antroponímico
Barão do Alto Mearim 20 de janeiro de 1880 José João Martins de Pinho Rio Mearim
Barão do Alto Muriaé 23 de janeiro de 1886 Antônio Teodoro da Silva Rio Muriaé
Barão do Amambaí 28 de agosto de 1889 Antônio Maria Coelho Rio Amambaí (Mato Grosso do Sul)
Barão de Amaraji 29 de maio de 1867 Antônio Alves da Silva Amaragi (Pernambuco)
Barão do Amazonas 13 de janeiro de 1866 Francisco Manuel Barroso da Silva navio o qual comandou na Batalha do Riachuelo
Barão do Amparo 17 de janeiro de 1853
30 de janeiro de 1867
Manuel Gomes de Carvalho
Joaquim Gomes Leite de Carvalho
distrito de Barra Mansa (Rio de Janeiro)
Barão de Anadia 23 de setembro de 1870 Manuel Joaquim de Mendonça Castelo Branco Anadia (Alagoas)
Barão de Anajás 20 de outubro de 1888 Antônio Emiliano de Sousa Castro Anajás (Pará)
Barão de Anajatuba 14 de março de 1867 José Maria Barreto Anajatuba (Maranhão)
Barão do Andaraí 10 de julho de 1872
25 de outubro de 1882
Militão Máximo de Sousa
Militão Máximo de Sousa Júnior
morro do Andaraí (Rio de Janeiro)
Barão de Angra 17 de maio de 1871 Elisiário Antônio dos Santos Angra (Rio de Janeiro)
Barão de Anhumas 25 de setembro de 1889 Manuel Carlos Aranha Anhumas (São Paulo)
Barão de Antonina 11 de setembro de 1843 João da Silva Machado Antonina (Paraná)
Barão de Aparecida 27 de março de 1867 José de Sousa Brandão Aparecida (São Paulo)
Barão de Aquino 18 de junho de 1872 José de Aquino Pinheiro antroponímico
Barão de Aquiraz 17 de maio de 1871 Gonçalo Baptista Vieira Aquiraz (Ceará)
Barão do Araçaji 9 de novembro de 1867 Francisco de Caldas Lins Rio Araçaji (Paraíba)
Barão de Aracaju 14 de agosto de 1872 José Inácio Accioli do Prado Aracaju (Sergipe)
Barão de Aracati 19 de março de 1887 José Pereira da Graça Aracati (Ceará)
Barão do Araçuaí 14 de março de 1885 Serafim José de Meneses Rio Araçuaí
Barão do Araguaia 17 de julho de 1872 Domingos José Gonçalves de Magalhães Rio Araguaia
Barão do Araguari 10 de maio de 1873
10 de agosto de 1889
João Maria Wandenkolk
Antônio Dias Maciel
Rio Araguari
Barão de Aramaré 6 de setembro de 1866 Manuel Lopes da Costa Pinto engenho em Santo Amaro (Bahia)
Barão de Arantes 19 de julho de 1879 Antônio Belfort Ribeiro de Arantes antroponímico
Barão de Araraquara 30 de maio de 1868
28 de fevereiro de 1885
José Estanislau de Oliveira
Estanislau José de Oliveira
Araraquara (São Paulo)
Barão de Araras 7 de maio de 1887 Bento de Lacerda Guimarães Araras (São Paulo)
Barão do Arari 18 de maio de 1853
17 de maio de 1887
Antônio Lacerda de Chermont
José Lacerda Guimarães
Rio Arari (Pará)
Barão de Araribá 5 de agosto de 1883 João Luís Gonçalves Ferreira ?
Barão do Araripe 20 de março de 1875 Antero Vieira da Cunha Serra do Araripe (Pernambuco)
Barão de Araruama 5 de maio de 1844
30 de novembro de 1866
José Carneiro da Silva
Bento Carneiro da Silva
Lagoa de Araruama (Rio de Janeiro)
Barão da Araruna 17 de abril de 1871 Estevão José da Rocha Serra da Araruna (Paraíba)
Barão da Aratanha 3 de dezembro de 1887 José Francisco da Silva Albano Serra de Aratanha (Ceará)
Barão de Araújo Ferraz 17 de junho de 1882 Francisco Inácio de Araújo Ferraz antroponímico
Barão de Araújo Góis 12 de dezembro de 1886 Inocêncio Marques de Araújo Góis antroponímico
Barão de Araújo Gondim 10 de junho de 1876 Antônio José Duarte de Araújo Gondim antroponímico
Barão de Araújo Maia 9 de agosto de 1884 Honório de Araújo Maia antroponímico
Barão de Arinos 14 de setembro de 1872 Tomás Fortunato de Brito Rio Arinos
Barão de Ariró 6 de setembro de 1867 Henrique José da Silva Rio Ariró (Rio de Janeiro)
Barão de Arroio Grande 5 de setembro de 1884 Francisco Antunes Gomes da Costa Arroio Grande (Rio Grande do Sul)
Barão de Atalaia 14 de março de 1860 Lourenço Cavalcanti de Albuquerque Maranhão Atalaia (Alagoas)
Barão de Ataliba Nogueira 20 de junho de 1888 João de Ataliba Nogueira antroponímico
Barão de Atibaia 15 de novembro de 1862 Joaquim Antônio de Almeida Rio Atibaia
Barão de Avanhandava 25 de setembro de 1889 José Emídio de Almeida Cardia Rio Avanhandava
Barão de Avelar e Almeida 7 de janeiro de 1881 Laurindo de Avelar e Almeida antroponímico
Barão de Avelar Resende 9 de setembro de 1882 Quirino de Avelar Monteiro de Resende antroponímico
Barão de Azeredo Coutinho 17 de dezembro de 1881 Sebastião da Cunha de Azeredo Coutinho antroponímico
Barão de Azevedo Machado 19 de dezembro de 1885 Antônio José de Azevedo Machado antroponímico

B[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Bajé 26 de março de 1821
12 de outubro de 1825
Paulo José da Silva Gama
Paulo José da Silva Gama Filho
Bagé (Rio Grande do Sul)
Barão de Bambuí 26 de dezembro de 1866 Francisco das Chagas Andrade Bambuí (Minas Gerais)
Barão do Bananal 29 de maio de 1867 Luís da Rocha Miranda Sobrinho Bananal (São Paulo)
Barão de Barcelos 19 de julho de 1879 Domingos Alves Barcelos Cordeiro antroponímico
Barão de Barra Grande 18 de setembro de 1841 Francisco de Lima e Silva rio Barra Grande
Barão da Barra Mansa 15 de maio de 1867 João Gomes de Carvalho Barra Mansa (Rio de Janeiro)
Barão de Batovi 28 de agosto de 1889 Manuel de Almeida Lobo de Eça São Gabriel do Batovi (Rio Grande do Sul)
Barão de Beberibe 13 de dezembro de 1853 Francisco Antônio de Oliveira rio Beberibe (Pernambuco)
Barão de Bela Vista 13 de julho de 1877 José de Aguiar Toledo fazenda em Bananal (São Paulo)
Barão de Belém 4 de maio de 1852
26 de abril de 1884
26 de março de 1884
Rodrigo Antônio Falcão Brandão
José Maria de Almeida
José Maria de Almeida Belém
distrito de Cachoeira (Bahia)
Barão de Bemposta 1 de maio de 1867 Inácio Barbosa dos Santos Werneck distrito de Bemposta (Três Rios, Rio de Janeiro)
Barão de Benfica 27 de abril de 1867 Antônio José de Castro
distrito de Benfica (Recife, Pernambuco)
Barão da Bertioga 16 de maio de 1861 Joaquim de Paula e Sousa Ibertioga (Minas Gerais)
Barão da Boa Esperança 11 de setembro de 1888 Antônio Ferreira de Brito Boa Esperança (Minas Gerais)
Barão de Boa Viagem 7 de agosto de 1867 Francisco José de Matos Pimenta
Barão da Boa Vista 18 de julho de 1844 Francisco do Rego Barros distrito de Boa Vista (Recife, Pernambuco)
Barão de Bocaina 7 de maio de 1887 Francisco de Paula Vicente de Azevedo Serra da Bocaina (entre São Paulo e Rio de Janeiro)
Barão do Bom Jardim 14 de março de 1860 Luís Barbalho Muniz Fiúza Barreto de Meneses
Barão do Bonfim 18 de junho de 1841
19 de agosto de 1888
José Francisco de Mesquita
José Jerônimo de Mesquita
Barão do Bonito 11 de setembro de 1888 Manuel Gomes da Cunha Pedrosa Rio Bonito (Pernambuco)
Barão de Buíque 17 de maio de 1871 Francisco Alves Cavalcanti Camboim Buíque (Pernambuco)
Barão de Bujari 23 de novembro de 1867 Antônio Francisco Pereira
Barão de Bujuru 13 de setembro de 1889 Inocêncio Veloso Pederneiras Lagoa Bujuru (Rio Grande do Sul)
Barão de Butuí 10 de junho de 1873 José Antônio Moreira Arroio Butuí (Rio Grande do Sul)

C[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Cabo Frio
2 de maio de 1874
Luís da Cunha Moreira
Joaquim Tomás do Amaral
Cabo Frio (Rio de Janeiro)
Barão de Cabo Verde 15 de junho de 1881
3 de março de 1889
Antônio Belfort de Arantes
Luís Antônio de Morais Navarro
Cabo Verde (Minas Gerais)
Barão de Caçapava 14 de março de 1855 Francisco José de Sousa Soares de Andrea
Barão de Cacequi 23 de maio de 1883 Frederico Augusto de Mesquita Cacequi (Rio Grande do Sul)
Barão de Caetité 8 de março de 1880 José Antônio Gomes Neto Caetité (Bahia)
Barão de Caí 14 de setembro de 1870 Francisco Ferreira Porto Rio Caí (Rio Grande do Sul)
Barão de Caiará 25 de julho de 1885 Augusto de Sousa Leão
Barão de Cairari 8 de agosto de 1888 Antônio Manuel Correia de Miranda
Barão de Cairu 12 de outubro de 1825
14 de março de 1844
José da Silva Lisboa
Bento da Silva Lisboa
Cairu (Bahia)
Barão de Cajaíba 18 de julho de 1841 Alexandre Gomes de Argolo Ferrão Ilha de Cajaíba (Bahia)
Barão de Cajuru 30 de junho de 1860
26 de julho de 1889
João Gualberto de Carvalho
Militão Honório de Carvalho
Distrito de São João del-Rei (Minas Gerais)
Barão de Caldas 19 de julho de 1879 Luís Antônio de Oliveira Caldas (Minas Gerais)
Barão de Calera 12 de outubro de 1828 Tomás Garcia de Zuniga
Barão de Camaçari 13 de setembro de 1871 Antônio Calmon de Araújo Góis Camaçari (Bahia)
Barão de Camanducaia 15 de junho de 1881 Joaquim da Mota Pais Conceição dos Ouros (Minas Gerais)
Barão de Camaquã 2 de março de 1889 Salustiano Jerônimo dos Reis Camaquã (Rio Grande do Sul)
Barão de Camarajibe 2 de dezembro de 1854 Pedro Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque Camaragibe (Pernambuco)
Barão de Camargos 17 de maio de 1871
20 de junho de 1888
Manuel Teixeira de Sousa
Antônio Teixeira de Sousa Magalhães
Camargos (Minas Gerais)
Barão de Cambaí 11 de abril de 1859 Antônio Martins da Cruz Jobim São Gabriel (Rio Grande do Sul)
Barão de Cambuí 19 de agosto de 1888 João Cândido de Melo e Sousa
Barão de Cametá 2 de maio de 1889 Antônio Bento Dias de Melo Cametá (Pará)
Baronesa de Cametá 2 de dezembro de 1858 Ana Rufina de Sousa Franco Correia Cametá (Pará)
Barão de Campinas 21 de setembro de 1870
13 de agosto de 1889
Bento Manuel de Barros
Joaquim Pinto de Araújo Cintra
Campinas (São Paulo)
Baronesa de Campinas 9 de janeiro de 1875 Maria Luzia de Sousa Aranha Campinas (São Paulo)
Barão de Campo Alegre 10 de abril de 1867
26 de novembro de 1887
Joaquim de Sousa Leão
Antônio José Correia
Campo Alegre (Alagoas)
Barão de Campo Belo 2 de dezembro de 1854 Laureano Correia e Castro
Barão de Campo Formoso 4 de julho de 1858 João Evangelista de Carvalho Campo Formoso (Minas Gerais)
Barão de Campo Grande 16 de janeiro de 1861 Francisco Gomes de Campos Campo Grande (Rio de Janeiro)
Barão de Campo Largo 19 de julho de 1889 Antônio Mariani Primo
Barão de Campo Maior 16 de janeiro de 1875 Augusto da Cunha Castelo Branco Campo Maior (Piauí)
Barão de Campo Místico 24 de agosto de 1889 Antônio Teixeira Dinis Poços de Caldas (Minas Gerais)
Barão de Campo Verde 6 de junho de 1867 Francisco Xavier de Oliveira
Barão de Campos Gerais 31 de agosto de 1880 David dos Santos Pacheco Campos Gerais do Paraná
Barão de Cananeia 15 de fevereiro de 1868 Bernardino Rodrigues de Avelar Cananeia (São Paulo)
Barão de Candiota 2 de Setembro de 1875 Luís Gonçalves das Chagas Candiota (Rio Grande do Sul)
Barão de Cantagalo 12 de outubro de 1825
24 de fevereiro de 1883
João Maria da Gama Freitas Berquó
Augusto de Sousa Brandão
Cantagalo (Rio de Janeiro)
Barão de Capanema 26 de fevereiro de 1881 Guilherme Schüch Capanema (Pará)
Barão de Capiberibe 25 de março de 1849 Manuel de Sousa Teixeira
Barão de Capivari 11 de outubro de 1848
12 de junho de 1886
Joaquim Ribeiro de Avelar
Porfírio Pereira Fraga
Barão de Carandaí 11 de dezembro de 1872 Belisário Augusto de Oliveira Pena
Barão de Carapebus 2 de dezembro de 1854
6 de abril de 1867
Joaquim Pinto Neto dos Reis
Antônio Dias Coelho Neto dos Reis
Carapebus (Rio de Janeiro)
Barão do Carmo 12 de julho de 1876
7 de janeiro de 1881
Manuel Ferreira Pinto
José da Silva Figueiredo
Carmo (Rio de Janeiro)
Barão de Caruaru 29 de janeiro de 1880 Francisco Antônio Raposo Caruaru (Pernambuco)
Barão de Carvalho Borges 31 de dezembro de 1881 Antônio Pedro de Carvalho Borges antroponímico
Barão de Casa Branca 7 de maio de 1887 Vicente Ferreira de Silos Pereira
Barão de Casa Forte 25 de março de 1888 Antônio João de Amorim Casa Forte (Pernambuco)
Barão de Casalvasco 24 de agosto de 1889 Firmino José de Matos Vila Bela da Santíssima Trindade (Mato Grosso)
Barão de Cascalho 14 de agosto de 1867 José Ferraz de Campos Fazenda Cascalho (São Paulo)
Barão de Castelo Branco 2 de outubro de 1889 Mariano Gil Castelo Branco antroponímico
Barão de Castelo 17 de dezembro de 1881 Manuel Luís e Ribeiro
Barão de Castro Lima 14 de outubro de 1884 Antônio Moreira de Castro Lima antroponímico
Barão dos Cataguases 13 de outubro de 1876 Manuel de Castro Guimarães Cataguases (Minas Gerais)
Barão de Catas Altas 18 de outubro de 1829
23 de dezembro de 1887
João Batista Ferreira de Sousa Coutinho
Antônio José Gomes Bastos
Catas Altas da Noruega (Minas Gerais)
Barão do Catete 28 de junho de 1876 Joaquim Antônio de Araújo e Silva Catete (Rio de Janeiro)
Barão do Catu 18 de agosto de 1860 Frutuoso Pinto da Costa
Barão de Catuama 5 de julho de 1888 João José Ferreira de Aguiar
Barão de Catumbi 14 de agosto de 1872 Francisco Lopes da Cunha Catumbi (Rio de Janeiro)
Barão de Caxangá 20 de julho de 1889 Lourenço Bezerra Alves da Silva Engenho Caxangá, Pernambuco
Barão de Caxias 18 de julho de 1841 Luís Alves de Lima e Silva Caxias (Maranhão)
Barão de Ceará-Mirim 22 de junho de 1874 Manuel Varela do Nascimento Ceará-Mirim (Rio Grande do Norte)
Barão do Cerro 19 de julho de 1879 José Joaquim Ferreira Rabelo Serro (Minas Gerais)
Barão de Cerro Alegre 6 de setembro de 1859 João da Silva Tavares Serro Alegre (Rio Grande do Sul)
Barão de Cerro Azul 8 de agosto de 1888 Ildefonso Pereira Correia
Barão de Cerro Largo 12 de outubro de 1825 José Abreu Mena Barreto Cerro Largo (Rio Grande do Sul)
Barão do Cerro Formoso 6 de novembro de 1872 Francisco Pereira de Macedo
Barão de Cimbres 21 de outubro de 1853
20 de setembro de 1889
Domingos Malaquias de Aguiar Pires Ferreira
Cândido Xavier Pereira de Brito
Cimbres (Pernambuco)
Barão de Cocais 14 de março de 1855 José Feliciano Pinto Coelho da Cunha
Barão de Comoroji 22 de abril de 1871 Antônio Félix de Carvalho
Barão da Conceição 27 de fevereiro de 1886 José Rodrigues da Costa
Barão da Conceição da Barra 11 de julho de 1888 José Resende de Carvalho
Barão de Congonhas do Campo 12 de outubro de 1825
17 de maio de 1871
Lucas Antônio Monteiro de Barros
Lucas Antônio Monteiro de Castro
Congonhas (Minas Gerais)
Barão de Contendas 20 de julho de 1889 Antônio Epaminondas de Barros Correia Engenho de Contendas, Pernambuco
Barão de Coroatá 2 de dezembro de 1854 Manuel Gomes da Silva Belfort
Barão de Coromandel 15 de junho de 1881 José Francisco Neto Coromandel (Minas Gerais)
Barão de Correntes 19 de julho de 1884 Felisberto Inácio da Cunha Abolicionismo
Barão de Corumbá 20 de junho de 1888 João Mendes Salgado Corumbá (Mato Grosso do Sul)
Barão de Coruripe 19 de julho de 1889 Miguel Soares Palmeira Coruripe (Alagoas)
Barão de Cotegipe 14 de março de 1860 João Maurício Wanderley Cotegipe (Bahia)
Barão de Cotinguiba 25 de março de 1849 Bento de Melo Pereira
Barão do Crato 14 de setembro de 1866 Bernardo Duarte Brandão Crato (Ceará)
Barão de Cristina 25 de setembro de 1889 Francisco Ribeiro Junqueira Cristina (Minas Gerais)
Barão de Cruanji 22 de junho de 1867 Felisberto Inácio de Oliveira
Barão da Cruz Alta 11 de março de 1878
14 de junho de 1887
José Gomes Portinho
Joaquim de Campos Negreiros
Cruz Alta (Rio Grande do Sul)
Barão de Cunha Bueno 6 de junho de 1887 Francisco da Cunha Bueno antroponímico
Barão de Cururipe 19 de julho de 1889 Miguel Soares Palmeira
Barão de Curvelo 21 de dezembro de 1871 Joaquim Meireles Freire

D[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão do Descalvado 23 de dezembro de 1887 José Elias de Toledo Lima Descalvado (São Paulo)
Barão do Desterro 29 de novembro de 1889 João José de Almeida Couto
Barão da Diamantina 2 de dezembro de 1854 Francisco José de Vasconcelos Lessa Diamantina (Minas Gerais)
Barão de Diamantino 17 de maio de 1871 Antônio de Cerqueira Caldas Diamantino (Mato Grosso)
Barão de Dores de Guaxipé 3 de agosto de 1889 Manuel Joaquim Ribeiro do Vale
Barão de Dourados 21 de abril de 1883
13 de agosto de 1889
José Antônio da Silva Freire
José Luís Borges
Dourado (São Paulo)
Barão de Drummond 19 de agosto de 1888 João Batista Viana Drummond antroponímico
Barão das Duas Barras 8 de julho de 1867
24 de agosto de 1889
João Antônio de Morais
Elias Antônio de Morais
Duas Barras (Rio de Janeiro)

E[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Embaré 2 de maio de 1874 Antônio Ferreira da Silva distrito de Santos, São Paulo
Barão do Engenho Novo 4 de outubro de 1876 Antônio Pereira de Sousa Barros distrito do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)
Barão de Entre-Rios 15 de dezembro de 1852
28 de agosto de 1877
Antônio Barroso Pereira Filho
Antônio Barroso Pereira Neto
Entre-Rios (Rio de Janeiro)
Barão de Erval 1 de maio de 1866 Manuel Luís Osório Herval (Rio Grande do Sul
Barão de Escada 9 de setembro de 1874 Belmiro da Silveira Lins Escada (Pernambuco)
Barão d'Escragnolle 1 de dezembro de 1880 Gastão Luís Henrique Roberto d'Escragnolle antroponímico
Barão da Estância 18 de setembro de 1867 Antônio Dias Coelho de Melo Estância (Sergipe)
Barão de Estrela 18 de outubro de 1876 José Joaquim de Maia Monteiro Serra da Estrela (Portugal)
Barão de Exu 15 de novembro de 1888 Guálter Martiniano de Alencar Araripe Exu (Pernambuco)

F[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Ferreira Bandeira 28 de março de 1877 Pedro Ferreira de Viana Bandeira antroponímico
Barão dos Fiais 7 de julho de 1841
11 de dezembro de 1875
Luís Paulo de Araújo Bastos
Pedro Ferreira de Viana Bandeira
Barão do Flamengo 17 de dezembro de 1881 Luís de Matos Pereira de Castro
Baronesa de Fonseca Costa 14 de março de 1877 Josefina da Fonseca Costa antroponímico
Barão de Fonseca 3 de abril de 1867 João de Figueiredo Pereira de Barros
Barão de Forte de Coimbra 13 de julho de 1889 Hermenegildo de Albuquerque Porto Carrero Forte de Coimbra (Mato Grosso)
Barão da Franca 19 de novembro de José Garcia Duarte
Barão de Frecheiras 8 de março de 1880 Antônio dos Santos Pontual

G[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão da Gamboa 27 de abril de 1849 José Manuel Fernandes Pereira Gamboa (Rio de Janeiro)
Barão da Gávea 17 de maio de 1871 Manuel Antônio da Fonseca Costa Gávea (Rio de Janeiro)
Barão de Geraldo de Resende 19 de junho de 1889 Geraldo Ribeiro de Sousa Resende antroponímico
Barão de Gindaí 19 de novembro de 1888 Antônio da Rocha de Holanda Cavalcanti
Barão de Goiana 24 de dezembro de 1830
6 de julho de 1870
Bernardo José da Gama
João Joaquim da Cunha Rego Barros
Goiana (Pernambuco)
Barão de Goicana 18 de janeiro de 1870 Sebastião Antônio Acioli Lins Engenho Goicana (Pernambuco)
Barão de Goitacases 17 de dezembro de 1881 Antônio José de Magalhães Campos dos Goitacases (Rio de Janeiro)
Barão de Gorutuba 20 de junho de 1889 Ângelo de Quadros Bitencourt Gorutuba (Minas Gerais)
Barão da Graça 27 de novembro de 1872 João Simões Lopes Filho
Barão de Grajaú 19 de março de 1884 Carlos Fernandes Ribeiro
Barão do Granito 25 de março de 1888 José Manuel de Barros Wanderley
Barão de Grão-Mogol 17 de setembro de 1873 Guálter Martins Pereira Grão Mogol (Minas Gerais)
Barão de Gravatá 8 de agosto de 1888 Pedro Emiliano da Silveira Lessa Engenho Gravatá (Pernambuco)
Barão de Gravataí 29 de julho de 1852 João Baptista da Silva Pereira Gravataí (Rio Grande do Sul)
Barão de Guaí 26 de abril de 1879 Joaquim Elísio Pereira Marinho Rio Guaí (Bahia)
Barão de Guaíba 20 de dezembro de 1855
14 de junho de 1887
Manuel Alves dos Reis Lousada
Manuel José de Campos
Guaíba (Rio Grande do Sul)
Barão de Guaicuí 19 de julho de 1879 Josefino Vieira Machado Guaicuí (Minas Gerais)
Barão de Guajará 3 de março de 1883 Domingos Antônio Raiol
Barão do Guamá 8 de março de 1883 Francisco Acácio Correia Rio Guamá (Pará)
Barão de Guanabara 17 de abril de 1875 José Gonçalves de Oliveira Roxo Guanabara (Rio de Janeiro)
Barão do Guandu 3 de março de 1856
25 de setembro de 1889
Inácio Antônio de Sousa Amaral
João Bernardes de Sousa
Guandu (Rio de Janeiro)
Barão do Guapi 16 de janeiro de 1861 Joaquim José Ferraz de Oliveira Guapi (Rio de Janeiro)
Barão do Guapi-Mirim 12 de maio de 1848 Tomé Ribeiro de Faria
Barão de Guaraciaba 16 de setembro de 1887 Francisco Paulo de Almeida
Barão de Guarapuava 14 de julho de 1870 Antônio de Sá Camargo Guarapuava (Paraná)
Barão de Guararapes 11 de março de 1860 Lourenço de Sá e Albuquerque Monte Guararapes (Pernambuco)
Barão de Guararema 15 de junho de 1881 Luís de Sousa Breves Guararema (São Paulo)
Barão de Guaratiba 5 de maio de 1844
30 de novembro de 1870
Joaquim Antônio Ferreira
Joaquim José Ferreira
Barão de Guaratinguetá 2 de dezembro de 1854 Francisco de Assis e Oliveira Borges Guaratinguetá (São Paulo)
Barão da Guaraúna 31 de agosto de 1880 Domingos Ferreira Pinto
Barão de Guaribu 31 de agosto de 1860 Cláudio Gomes Ribeiro de Avelar fazenda em Paty do Alferes (Rio de Janeiro)
Barão de Guarulhos 17 de maio de 1884 José Joaquim de Morais Campos dos Goitacazes (Rio de Janeiro)
Barão de Guimarães 26 de julho de 1881 José Agostinho Moreira Guimarães antroponímico
Barão de Gurgeia 16 de setembro de 1874 João do Rego Monteiro
Barão de Gurjaú 5 de maio de 1883 José de Sousa Leão
Barão de Gurupá dezembro de 1885 Zeferino Urbano da Fonseca
Barão de Gurupi 11 de dezembro de 1855 Antônio Raimundo Teixeira Vieira Belfort

H[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Homem de Melo 4 de julho de 1877 Francisco Inácio Marcondes Homem de Melo antroponímico

I[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Ibiapaba 17 de janeiro de 1868 Joaquim da Cunha Freire
Barão de Ibicuí 2 de novembro de 1861 Francisco de Paula e Silva Rio Ibicuí (Rio Grande do Sul)
Barão do Ibirá-Mirim 5 de janeiro de 1883 José Luís Cardoso de Sales Filho
Barão de Ibirapuitã 8 de abril de 1879 Antônio Caetano Pereira rio Ibirapuitã
Barão de Ibirocaí 18 de Julho de 1888 Luís de Freitas Vale Ibirocaí (Rio Grande do Sul)
Barão de Ibitinga 7 de maio de 1887 Joaquim Ferreira de Camargo Andrade Ibitinga
Barão de Ibituruna 18 de junho de 1882 João Batista dos Santos Ibituruna (Minas Gerais)
Barão do Icó 14 de março de 1885 Francisco Fernandes Vieira Icó (Ceará)
Barão do Igarapé-Mirim 3 de março de 1883 Antônio Gonçalves Nunes
Barão de Iguape 12 de outubro de 1848
26 de abril de 1879
Antônio da Silva Prado
Inácio Rodrigues Pereira Dutra
Iguape (São Paulo)
Barão de Iguaraçu 25 de março de 1845 Domingos Ribeiro dos Guimarães Peixoto Iguaraçu (Pernambuco)
Barão de Iguatemi 10 de julho de 1872 Francisco Cordeiro Torres Alvim
Barão de Ijuí 22 de junho de 1870 Bento Martins de Meneses Ijuí (Rio Grande do Sul)
Barão de Imbé 13 de setembro de 1882 José Antônio de Morais Imbé (Rio de Janeiro)
Barão de Imburi 17 de maio de 1871 Manuel da Cunha Lima Ribeiro
Barão de Indaiá 19 de julho de 1879 Antônio Zacarias Álvares da Silva Indaiá (Minas Gerais)
Barão de Indaiatuba 16 de fevereiro de 1876 Joaquim Bonifácio do Amaral Indaiatuba (São Paulo)
Barão de Ingaí 25 de setembro de 1889 Custódio de Sousa Pinto
Barão de Inhanduí 9 de agosto de 1884 Joaquim Luís de Lima
Barão de Inhaúma 27 de setembro de 1867 Joaquim José Inácio de Barros Inhaúma (Minas Gerais)
Barão de Inhomirim 12 de outubro de 1826 Vicente Navarro de Andrade Inhomirim (Rio de Janeiro)
Barão de Inoã 23 de janeiro de 1886 José Antônio Soares Ribeiro Inoã (Rio de Janeiro)
Barão de Ipacaraí (ver Barão de Upacaraí)
Barão de Ipanema 24 de março de 1847
13 de maio de 1885
José Antônio Moreira
José Antônio Moreira Filho
antigo distrito de Sorocaba (São Paulo)
Barão de Ipiabas 30 de novembro de 1866
22 de julho de 1882
Peregrino José de Américo Pinheiro
Francisco Pinheiro de Sousa Werneck
Ipiabas (Rio de Janeiro)
Barão de Ipojuca 14 de março de 1849 João do Rego Barros Ipojuca (Pernambuco)
Barão de Iporanga 19 de janeiro de 1889 Geraldo Ribeiro de Sousa Resende Iporanga (São Paulo)
Barão de Irapuá 11 de outubro de 1876 José Luís Cardoso de Sales Irapuá (São Paulo)
Barão de Itabaiana 12 de outubro de 1825
9 de outubro de 1872
Manuel Rodrigues Gameiro Pessoa
Pedro Leopoldo de Araújo Nabuco
Barão de Itabapoana 2 de dezembro de 1854 Luís Antônio de Siqueira Rio Itabapoana (Rio de Janeiro)
Barão de Itaberava 1 de dezembro de 1854 Alexandre José da Silveira
Barão de Itabira 15 de novembro de 1846 Gomes Freire de Andrade
Barão de Itacuruçá 25 de março de 1888 Manuel Miguel Martins
Barão de Itaguaí 17 de novembro de 1851 Antônio Dias Pavão Itaguaí (Rio de Janeiro)
Barão de Itaim 13 de março de 1885 Bento Dias de Almeida Prado Itaim (São Paulo)
Barão de Itaipé 3 de agosto de 1889 Carlos Batista de Castro
Barão de Itaipu 6 de maio de 1889 Francisco Manuel das Chagas Itaipu (Rio de Janeiro)
Barão de Itajubá 6 de junho de 1867
10 de novembro de 1883
Marcos Antônio de Araújo
Marcos Antônio de Araújo e Abreu
Itajubá (Minas Gerais)
Barão de Itamaracá 11 de setembro de 1843
14 de abril de 1860
Tomás Antônio Maciel Monteiro
Antônio Peregrino Maciel Monteiro
Itamaracá (Pernambuco)
Barão de Itamarandiba 15 de junho de 1881 Joaquim Vidal Leite Ribeiro Itamarandiba
Barão de Itamarati 13 de maio de 1844
25 de março de 1854
Francisco José da Rocha Leão
Francisco José da Rocha
Itamarati (Amazonas)
Barão de Itambé 15 de novembro de 1846
8 de março de 1880
Francisco José Teixeira
Ernesto Justino da Silva Freire
Itambé (?)
Barão de Itambi 17 de julho de 1872 Cândido José Rodrigues Torres Itambi (?)
Barão de Itanhaém 1 de dezembro de 1822 Manuel Inácio de Andrada Souto Maior Pinto Coelho Itanhaém (São Paulo)
Barão de Itaoca 11 de dezembro de 1875 João Pereira Bastos Júnior Itaoca (Rio de Janeiro)
Barão de Itapacorá 25 de março de 1849 Manuel Antônio Álvares de Azevedo Itapacorá (Rio de Janeiro)
Barão de Itapajipe 12 de outubro de 1825
28 de agosto de 1866
21 de agosto de 1877
Ana Romana de Aragão Calmon
Francisco Xavier Cabral da Silva
Francisco Xavier Calmon Cabral da Silva
Rio Itapagipe (Bahia)
Barão de Itapari 12 de maio de 1888 José Joaquim Segeins de Oliveira
Barão de Itaparica 26 de dezembro de 1868 Alexandre Gomes de Argolo Ferrão Filho Itaparica (Bahia)
Barão de Itapecerica 10 de agosto de 1889 Francisco das Chagas Campos Itapecerica (Minas Gerais)
Barão de Itapema 24 de novembro de 1888 Francisco Alves Cardoso
Barão de Itapemirim 15 de Novembro de 1846
15 de Maio de 1888
25 de setembro de 1889
Joaquim Marcelino da Silva Lima
Joaquim Antônio de Oliveira Seabra
Luís de Siqueira da Silva Lima
Itapemirim (Espírito Santo)
Barão de Itapetininga 23 de dezembro de 1863 José Joaquim dos Santos Silva Itapetininga (São Paulo)
Barão de Itapeva 19 de julho de 1879 Inácio Bicudo de Siqueira Salgado
Barão de Itapevi 28 de dezembro de 1878 Emílio Luís Mallet
Barão de Itapiçuma 8 de março de 1880 Epaminondas Vieira da Cunha Itapiçuma
Barão de Itapicuru de Cima 12 de outubro de 1825
12 de outubro de 1830
Luís Manuel de Oliveira Mendes
Manuel de Oliveira Mendes
Itapicuru de Cima (Bahia)
Barão de Itapicuru-Mirim 18 de outubro de 1829 José Félix Pereira de Burgos Itapicuru Mirim (Maranhão)
Barão de Itapiruma 10 de agosto de 1889 Anacleto Correia de Faria
Barão de Itapitocaí 17 de setembro de 1888 Miguel Rodrigues Barcelos
Barão de Itaporanga 14 de março de 1860 Domingos Dias Coelho e Melo Itaporanga (Sergipe)
Barão de Itapororoca 12 de outubro de 1828 José Joaquim Muniz Barreto de Aragão
Barão de Itapuã 12 de outubro de 1828 José Joaquim Nabuco de Araújo
Luís Adriano Alves de Lima Gordilho
Itapuã (Bahia)
Barão de Itapura 19 de janeiro de 1883 Joaquim Policarpo Aranha (Campinas, São Paulo)
Barão de Itaquatiá 12 de maio de 1888 Boaventura José Gomes Itaquatiá
Barão de Itaqueri 7 de maio de 1887 Francisco da Cunha Bueno
Barão de Itaqui 18 de maio de 1870 João Nunes da Silva Tavares Itaqui (Rio Grande do Sul)
Barão de Itatiaia 3 de agosto de 1889 José Caetano Rodrigues Horta
Barão de Itatiba 18 de março de 1882 Joaquim Ferreira Penteado
Barão de Itaúna 7 de outubro de 1867 Cândido Borges Monteiro Itaúna (Rio de Janeiro)
Barão de Itiúba 27 de setembro de 1884 César Persiani
Barão de Itu 11 de outubro de 1848 Bento Pais de Barros Itu (São Paulo)
Barão de Ivaí 18 de abril de 1859 Antônio Rodrigues de Azevedo
Barão de Ivinheima 27 de agosto de 1873 Francisco Pereira Pinto

J[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Jaboatão 29 de março de 1873 Umbelino de Paula de Sousa Leão Jaboatão (Pernambuco)
Barão de Jacareí 31 de dezembro de 1849
20 de agosto de 1889
Bento Lúcio de Machado
Licínio Lopes Chaves
Jacareí (São Paulo)
Barão de Jaceguai 19 de agosto de 1884 Artur Silveira de Mota
Barão de Jacuí 25 de março de 1845 Francisco Pedro Buarque de Abreu Jacuí (Rio Grande do Sul)
Barão de Jacuípe 14 de março de 1860 Luís Francisco Gonçalves Junqueira Rio Jacuípe (Bahia)
Barão de Jacutinga 19 de agosto de 1830 Manuel Bernardes Pereira da Veiga
Barão de Jaguara 20 de junho de 1888 Antônio Pinheiro de Ulhoa Cintra
Barão de Jaguarão 10 de julho de 1872 José Antônio da Silva Guimarães Jaguarão (Rio Grande do Sul)
Barão de Jaguarari 31 de julho de 1830
2 de dezembro de 1854
Ambrósio Henriques da Silva Pombo
Marcos Antônio Bricio
antiga fazenda às margens do rio Moju (Pará)
Barão de Jaguari 18 de outubro de 1829 Domingos de Castro Antiqueira Jaguari (Rio Grande do Sul)
Barão de Jaguaripe 1 de dezembro de 1824 Francisco Elesbão Pires de Carvalho e Albuquerque Jaguaripe (Bahia)
Barão de Jambeiro 20 de agosto de 1889 Davi Lopes da Silva Ramos Jambeiro (São Paulo)
Barão de Japaratuba 14 de março de 1860 Gonçalo de Faro Rollemberg Japaratuba (Sergipe)
Barão do Japi 7 de maio de 1887 Joaquim Benedito de Queirós Teles Serra do Japi Jundiaí (São Paulo)
Barão de Japurá 17 de julho de 1872 Miguel Maria Lisboa Japurá (Amazonas)
Barão de Jaraguá 22 de agosto de 1861 José Antônio de Mendonça
Barão de Jaraú 25 de outubro de 1888 Joaquim José de Assunção
Barão do Jari 7 de maio de 1887 João Batista Gonçalves Campos Jari (Pará)
Barão de Jauru 11 de janeiro de 1873 César Sauvan Viana de Lima
Barão de Javari 14 de julho de 1872
3 de agosto de 1882
João Alves Loureiro
Jorge João Dodsworth
Barão de Jequiá 14 de março de 1860 Manuel Duarte Vieira Ferro Jequiá (Alagoas)
Barão de Jequiriçá 14 de março de 1860 Isidro de Sena Madureira Jequiriçá (Bahia)
Barão de Jequitaí 25 de setembro de 1889 Cipriano de Morais Lima
Barão de Jeremoabo 8 de março de 1880 Cícero Dantas Martins Jeremoabo (Bahia)
Barão de Joatinga 28 de março de 1877 Pedro Ramos Nogueira Bananal (São Paulo)
Barão de Juiz de Fora 15 de junho de 1881 José Ribeiro de Resende Juiz de Fora (Minas Gerais)
Barão de Jundiá 8 de março de 1880 André Dias de Araújo
Barão de Jundiaí 24 de agosto de 1870
7 de maio de 1887
Antônio de Queirós Teles
Ana Joaquina do Prado Fonseca
Jundiaí (São Paulo)
Barão de Juparanã 21 de maio de 1874 Manuel Jacinto Carneiro Nogueira da Costa e Gama
Barão de Juqueri 3 de novembro de 1888 Francisco de Assis Vale Juqueri (Rio de Janeiro)
Barão do Juruá 5 de julho de 1889 Guilherme José Moreira Rio Juruá (Amazonas)

L[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Lacerda Paim 8 de agosto de 1888 Honorato Antônio de Lacerda Paim antroponímico
Barão de Ladário 12 de agosto de 1885 José da Costa Azevedo Ladário (Mato Grosso do Sul)
Barão da Lagoa Dourada 9 de janeiro de 1867 José Martins Pinheiro
Barão de Laguna 2 de janeiro de 1823
17 de maio de 1871
Carlos Frederico Lecor
Jesuíno Lamego da Costa
Laguna (Santa Catarina)
Barão de Lajes 12 de outubro de 1825
18 de outubro de 1829
João Vieira de Carvalho
Alexandre Vieira de Carvalho
Lajes (?)
Barão de Lamim 8 de agosto de 1889 Alcides Rodrigues Pereira Lamim (Minas Gerais)
Barão de Laranjeiras 29 de fevereiro de 1872 Felisberto de Oliveira Freire Laranjeiras (Sergipe)
Barão do Lavradio 23 de setembro de 1874 José Pereira Rego
Barão de Lavras 12 de janeiro de 1889 João Alves de Gouveia Lavras (Minas Gerais)
Barão de Leopoldina 6 de setembro de 1862
19 de julho de 1879
Manuel José Monteiro de Castro
José de Resende Monteiro
Leopoldina (Minas Gerais)
Barão de Lessa 18 de junho de 1887 Elói Bicudo Varela Lessa antroponímico
Barão de Lima Duarte 20 de julho de 1889 José Rodrigues de Lima Duarte antroponímico
Barão de Limeira 1 de fevereiro de 1867 Vicente de Sousa Queirós Limeira (São Paulo)
Barão de Limoeiro 16 de dezembro de 1882 Manuel Barbosa da Silva Limoeiro (Pernambuco
Barão do Livramento 14 de março de 1867 José Antônio de Araújo Livramento (Pernambuco)
Barão de Lopes Neto 31 de março de 1888 Felipe Lopes Neto antroponímico
Barão de Lorena 7 de outubro de 1853 Estêvão Ribeiro de Sousa Resende Lorena (São Paulo)
Barão de Loreto 15 de junho de 1888 Franklin Américo de Meneses Dória
Barão de Louriçal 17 de dezembro de 1881 Francisco de Assis Monteiro Breves
Barão de Lucena 16 de maio de 1888 Henrique Pereira de Lucena antroponímico

M[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Macabu 7 de dezembro de 1881 Antônio Machado Botelho Sobrinho
Barão de Macaé 12 de outubro de 1826 Amaro Velho da Silva Macaé (Rio de Janeiro)
Barão de Maçambara 4 de setembro de 1867 Marcelino Avelar e Almeida Massambará (Rio de Janeiro)
Barão de Macaúbas 30 de julho de 1881 Abílio César Borges Macaúbas (Bahia)
Barão de Maceió 29 de julho de 1877 Antônio Teixeira da Rocha Maceió (Alagoas
Barão de Maciel 10 de julho de 1889 Justo Domingues Maciel antroponímico
Barão de Maia Monteiro 12 de junho de 1882 Antônio Joaquim de Maia Monteiro antroponímico
Barão de Mamanguape 14 de março de 1860 Flávio Clementino da Silva Freire Mamanguape (Paraíba)
Barão de Mambucaba 2 de dezembro de 1854 José Luís Gomes Mambucaba (Rio de Janeiro)
Barão de Mamoré 18 de dezembro de 1873 Ambrósio Leitão da Cunha Mamoré (Mato Grosso, hoje Rondônia)
Barão de Manaus 27 de junho de 1888 Clementino José Pereira Guimarães Manaus (Amazonas)
Barão de Mangaratiba 28 de dezembro de 1860 Antônio Pereira Passos Mangaratiba (Rio de Janeiro)
Barão de Maracaju 23 de dezembro de 1874 Rufino Enéas Gustavo Galvão Maracaju
Barão de Maracanã 19 de junho de 1872 Manuel Gonçalves Pereira Maracanã
Barão de Maragojipe 12 de outubro de 1825 Bento de Araújo Lopes Vilas Boas Maragogipe (Bahia)
Barão de Marajó 7 de maio de 1881 José Coelho da Gama e Abreu Marajó (Pará)
Barão de Maraú 28 de junho de 1860 José Teixeira de Vasconcelos
Baronesa de Maria Rosa 4 de abril de 1885 Maria Rosa Alexandrina de Macedo antroponímico
Barão de Maruiá 30 de março de 1889 João Wilkens de Matos
Barão de Maruim 12 de outubro de 1848 João Gomes de Melo Maruim (Sergipe)
Barão de Mataripe 12 de janeiro de 1884 Antônio Munis Barreto de Aragão
Barão de Matos Vieira 6 de abril de 1889 Joaquim de Matos Vieira antroponímico
Barão de Matuim 14 de março de 1860 Joaquim Inácio de Aragão Bulcão
Barão de Mauá 30 de abril de 1854 Irineu Evangelista de Sousa Mauá (Rio de Janeiro)
Barão de Mearim 25 de março de 1849 José Teodoro Correia de Azevedo Coutinho
Barão de Mecejana 18 de maio de 1867 Cândido Antunes de Oliveira
Barão de Melgaço 7 de julho de 1865 João Manuel Leverger Colinas de Melgaço (Mato Grosso)
Barão de Melo e Oliveira 28 de fevereiro de 1885 Luís José de Melo e Oliveira antroponímico
Barão de Mendes Tota 3 de agosto de 1889 João Antônio Mendes Tota antroponímico
Barão de Meneses 19 de março de 1887 Balduíno Joaquim de Meneses antroponímico
Barão de Mercês 24 de agosto de 1870 Manuel José da Costa Engenho de Mercês, Ipojuca, Pernambuco
Barão de Meriti 2 de dezembro de 1858 Manuel Lopes Pereira Baía Rio Meriti (Rio de Janeiro)
Barão de Mesquita 13 de agosto de 1873
19 de agosto de 1888
Jerônimo José de Mesquita
Jerônimo Roberto Mesquita
antroponímico
Barão de Minas Novas 19 de julho de 1879 Antônio dos Santos Neiva Minas Novas (Minas Gerais)
Barão de Mipibu 18 de março de 1877 Miguel Ribeiro Dantas São José do Mipibu (Rio Grande do Norte)
Barão de Miracema 19 de agosto de 1888 Lourenço Maria de Almeida Baptista
Barão de Miranda Reis 20 de junho de 1881 José de Miranda da Silva Reis antroponímico
Barão de Moçoró 25 de julho de 1877 José Félix Monteiro
Barão de Moji-Guaçu 17 de setembro de 1888 José Caetano de Lima Mogi Guaçu (São Paulo)
Barão de Moji-Mirim 11 de outubro de 1848 Manuel Claudiano de Oliveira Mogi Mirim (São Paulo)
Barão de Monção 10 de julho de 1873 Jacinto José Gomes
Barão de Monjardim 24 de agosto de 1889 Alfeu Adolfo Monjardim de Andrade e Almeida antroponímico
Barão de Monte Alegre 23 de agosto de 1841
15 de outubro de 1872
José da Costa Carvalho
Joaquim Pereira da Silva[2]
Barão de Monte Alto 25 de setembro de 1889 Francisco Alves da Silva Pereira Monte Alto (São Paulo)
Barão de Monte Belo 14 de março de 1867 Joaquim Marinho de Queirós
Barão de Monte Carmelo 20 de novembro de 1886 Bonifácio José Batista
Barão de Monte de Cedro 17 de dezembro de 1881 João José Carneiro da Silva Monte do Cedro (Rio de Janeiro)
Barão de Monte Mário 15 de outubro de 1886 Marcelino de Brito Ferreira de Andrade Monte Mário (Minas Gerais)
Barão de Monte-mor 22 de julho de 1874 José Bonifácio de Campos Ferraz Monte Mor São Paulo
Barão de Monte Santo 11 de novembro de 1846
3 de janeiro de 1872
19 de dezembro de 1885
Luís José de Oliveira Mendes
Joaquim Simões de Paiva
Gabriel Garcia de Figueiredo
Monte Santo (Minas Gerais)
Barão de Monte Verde 5 de fevereiro de 1861
15 de outubro de 1872
Maria Teresa de Sousa Fortes
Joaquim Pereira da Silva
Monte Verde (Minas Gerais)
Barão de Monteiro de Barros 5 de maio de 1883 Luis de Sousa Monteiro de Barros antroponímico
Barão de Montes Claros 19 de julho de 1879 José Luís de Campos
Barão de Moreira Lima 1 de março de 1874 Joaquim José Moreira Lima antroponímico
Barão de Morenos 24 de agosto de 1870 Antônio de Sousa Leão
Barão de Moribeca 14 de julho de 1860 Manuel Francisco de Paula Cavalcanti Muribeca (Pernambuco)
Barão de Mota Maia 6 de fevereiro de 1886 Cláudio Velho da Mota Maia antroponímico
Barão de Mota Pais 26 de dezembro de 1887 José Ribeiro da Mota Pais Espírito Santo do Pinhal (São Paulo)
Barão de Muaná 3 de março de 1883 Antônio Pereira da Silveira Frade Muaná (Pará)
Barão de Mucuri 22 de janeiro de 1887 Caetano Vicente de Almeida Júnior Mucuri (Bahia)
Barão de Mundaú 11 de julho de 1888 José Antônio de Mendonça Filho Mundaú (Alagoas)
Barão de Munis de Aragão 14 de agosto de 1877 Egas Munis Barreto de Aragão e Meneses antroponímico
Barão de Muriaé 15 de abril de 1847 Manuel Pinto Neto da Cruz Rio Muriaé (Rio de Janeiro)
Barão de Murici 18 de setembro de 1886 Jacinto Pais Moreira de Mendonça
Barão de Muritiba 14 de março de 1855
13 de junho de 1888
Manuel Vieira Tosta
Manuel Vieira Tosta Filho
Muritiba (Bahia)

N[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Nacar 21 de julho de 1876 Manuel Antônio Guimarães
Barão de Najé 28 de março de 1860 Francisco Vieira Tosta
Barão de Nazaré 11 de março de 1868 Silvino Guilherme de Barros
Barão de Nioaque 2 de setembro de 1870
2 de maio de 1889
Manuel Antônio da Rocha Faria
Alfredo da Rocha Faria
Nioaque (Mato Grosso do Sul)
Barão de Nogueira da Gama 17 de julho de 1872 Nicolau Antônio Nogueira Vale da Gama antroponímico
Barão de Nonoai 4 de agosto de 1886 João Pereira de Almeida Nonoai (Rio Grande do Sul)
Barão de Nova Friburgo 28 de março de 1854
18 de dezembro de 1873
António Clemente Pinto
Bernardo Clemente Pinto Sobrinho
Nova Friburgo (Rio de Janeiro)
Barão de Novais 15 de novembro de 1889 Elias Dias Novais antroponímico

O[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Oliveira 6 de setembro de 1866 Antônio da Costa Pinto Júnior antroponímico
Barão de Oliveira Castro 9 de novembro de 1889 José Mendes de Oliveira Castro antroponímico
Barão de Oliveira Roxo 13 de setembro de 1882 Matias Gonçalves de Oliveira Roxo antroponímico
Barão de Ourém 17 de julho de 1872 José Carlos de Almeida Areias
Barão de Ouricuri 22 de junho de 1867 Manuel Inácio de Oliveira Ouricuri (Pernambuco)
Barão de Ouro Branco 15 de junho de 1881 João de Magalhães Ouro Branco (Minas Gerais)

P[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Pacheco 2 de abril de 1887 Manuel Pacheco da Silva antroponímico
Barão de Pajeú 10 de dezembro de 1888 Andrelino Pereira da Silva Rio Pajeú (Pernambuco)
Barão da Palma 27 de março de 1872 Antônio de Freitas Paranhos
Barão de Palmares 14 de setembro de 1866 Bernardo José da Câmara
Barão da Palmeira 16 de fevereiro de 1867 Antônio Salgado da Silva
Barão de Palmeiras 26 de julho de 1849
19 de setembro de 1882
Francisco Quirino da Rocha
João Quirino da Rocha Werneck
Santana das Palmeiras, (Rio de Janeiro)
Barão de Palmeira dos Índios 28 de agosto de 1889 Paulo Jacinto Tenório Palmeira dos Índios (Alagoas)
Barão de Paquequer 11 de dezembro de 1875 Joaquim Luís Pinheiro Rio Paquequer (Rio de Janeiro)
Barão de Paquetá 22 de novembro de 1871 José Tomás da Silva Quintanilha Paquetá (Rio de Janeiro)
Barão de Paraguaçu 11 de outubro de 1848
17 de julho de 1872
Salvador Munis Barreto de Aragão
Francisco Munis Barreto de Aragão
Rio Paraguaçu (Bahia)
Barão de Paraíba 11 de outubro de 1848 João Gomes Ribeiro de Avelar Paraíba do Sul (Rio de Janeiro)
Barão de Paraibuna 6 de novembro de 1850 Custódio Gomes Varela Lessa Paraibuna (São Paulo)
Barão de Paraim 6 de novembro de 1866 José da Cunha Lustosa Paraim (Piauí)
Barão de Paraitinga 17 de maio de 1871 Manuel Jacinto Domingues de Castro São Luiz do Paraitinga (São Paulo)
Barão de Paramirim 14 de março de 1860 Miguel José Maria de Teive e Argolo Paramirim (Bahia)
Barão de Paraná 16 de maio de 1888 Henrique Hermeto Carneiro Leão Paraná
Barão de Paranapanema 15 de setembro de 1887 Joaquim Celestino de Abreu Soares Paranapanema (São Paulo)
Barão de Paranapiacaba 8 de maio de 1883 João Cardoso de Meneses e Sousa Paranapiacaba (São Paulo)
Barão de Parangaba 25 de setembro de 1889 José Miguel de Vasconcelos Parangaba
Barão de Paraopeba 2 de dezembro de 1854 Romualdo José Monteiro de Barros Paraopeba (Minas Gerais)
Barão de Paraúna 6 de julho de 1889 Antônio Moreira da Costa Paraúna (Goiás)
Barão de Parima 10 de fevereiro de 1828 Francisco Xavier Lopes de Araújo Parima (Roraima)
Barão da Parnaíba 12 de outubro de 1825
31 de dezembro de 1880
Manuel de Sousa Martins
Antônio de Queirós Teles
Parnaíba (Piauí) /> 2º Santana de Parnaíba (São Paulo)
Barão da Passagem 3 de março de 1868 Delfim Carlos de Carvalho Passagem de Humaitá (Guerra do Paraguai)
Barão de Passé 11 de setembro de 1843
2 de junho de 1862
Antônio da Rocha Pita Argolo
Francisco Antônio Rocha Pita e Argolo
Passé (Bahia)
Barão do Passeio Público 24 de outubro de 1829 José de Oliveira Barbosa Bairro da Lapa (Rio de Janeiro)
Barão de Passos 17 de maio de 1871 Jerônimo de Melo Pereira e Sousa Passos (Minas Gerais)
Barão de Pati do Alferes 12 de outubro de 1825
15 de dezembro de 1832
Francisco Maria Gordilho Veloso de Barbuda
Francisco Peixoto de Lacerda Werneck
Pati do Alferes (Rio de Janeiro)
Barão de Patrocínio 10 de agosto de 1889 Joaquim Antônio de Sousa Rabelo Patrocínio (Minas Gerais)
Barão de Pedra Branca 12 de outubro de 1825 Domingos Borges de Barros
Barão de Pedra Negra 20 de agosto de 1889 Manuel Gomes Vieira
Barão de Pedro Afonso 31 de agosto de 1889 Pedro Afonso Franco antroponímico
Barão de Pelotas 12 de outubro de 1825 Patrício José Correia da Câmara Pelotas (Rio Grande do Sul)
Barão de Penalva 8 de junho de 1870 Antônio Augusto de Barros e Vasconcelos
Barão de Penedo 29 de julho de 1864 Francisco Inácio de Carvalho Moreira Penedo (Alagoas)
Barão de Penha 10 de junho de 1874 João de Sousa da Fonseca Costa
Barão de Pereira de Barros 20 de agosto de 1889 Jordão Pereira de Barros antroponímico
Barão de Pereira Franco 20 de junho de 1888 Luís Antônio Pereira Franco antroponímico
Barão de Petrolina 21 de outubro de 1882 Bernardino de Senna Pontual Petrolina
Barão de Petrópolis 7 de março de 1866 Manuel de Valadão Pimentel Petrópolis (Rio de Janeiro)
Barão de Piabanha 2 de dezembro de 1854 Hilário Joaquim de Andrade Rio Piabanha (Rio de Janeiro)
Barão de Piaçabuçu 5 de outubro de 1889 João Machado de Novais Melo Piaçabuçu (Alagoas)
Barão de Pilar 16 de maio de 1851 José Pedro da Mota Saião
Barão de Pindamonhangaba 5 de novembro de 1846
6 de julho de 1867
Manuel Marcondes de Oliveira Melo
Francisco Marcondes Homem de Melo
Pindamonhangaba (São Paulo)
Barão de Pindaré 2 de dezembro de 1854 Antônio Pedro da Costa Ferreira Pindaré (Maranhão)
Barão do Pinhal 19 de julho de 1879 Antônio Carlos de Arruda Botelho São Carlos do Pinhal (São Paulo)
Barão de Pinho Borges 20 de julho de 1889 Francisco de Pinho Borges antroponímico
Barão de Pinto Lima 8 de agosto de 1888 Francisco Xavier Pinto de Lima antroponímico
Barão de Piracicaba 2 de dezembro de 1854
31 de dezembro de 1888
Antônio Pais de Barros
Rafael Tobias de Barros
Piracicaba (São Paulo)
Barão de Piracicamirim 25 de setembro de 1889 Antônio de Barros Ferrás
Barão de Piraí 18 de julho de 1841 José Gonçalves de Morais Piraí (Rio de Janeiro)
Barão de Pirajá 5 de abril de 1826
25 de março de 1849
Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
José Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Batalha de Pirajá (Independência do Brasil)
Barão de Piranji 18 de outubro de 1873 Francisco Antônio de Barros e Silva Rio Piranji (Ceará)
Barão de Pirapama janeiro de 1861 Manuel Inácio Cavalcanti de Lacerda Rio Pirapama (Pernambuco)
Barão de Pirapitinga 30 de outubro de 1872 João Caldas Viana Filho Rio Pirapetinga (Rio de Janeiro)
Barão de Pirapitingui 7 de maio de 1887 José Guedes de Sousa Itu (São Paulo)
Barão de Piraquara 14 de março de 1855
8 de março de 1880
Gregório de Castro Morais e Sousa
José Maria Lopes da Costa
Piraquara
Barão de Piraçununga 6 de dezembro de 1850 Joaquim Henrique de Araújo Piraçununga
Barão de Piratini 2 de dezembro de 1854 João Francisco Vieira Braga Piratini (Rio Grande do Sul)
Barão de Piratininga 13 de novembro de 1872 Antônio Joaquim da Rosa Piratininga (São Paulo)
Barão de Pitangui 11 de outubro de 1848
16 de janeiro de 1861
Marcelino José Ferreira Armond
Honório Augusto José Ferreira Armond
Pitangui (Minas Gerais)
Barão de Piui 27 de junho de 1888 João Marciano de Faria Pereira Piumhi (Minas Gerais)
Barão de Poconé 4 de dezembro de 1861 Manuel Nunes da Cunha Poconé (Mato Grosso)
Barão de Pojuca 17 de março de 1883 José Freire de Carvalho Pojuca (Bahia)
Barão de Pontal 30 de novembro de 1866
11 de janeiro de 1873
Manuel Inácio de Melo e Sousa
Antônio Luís de Azevedo
Barão de Ponte Alta 19 de julho de 1879 Antônio Elói Casemiro de Araújo Ponte Alta (Minas Gerais)
Barão de Ponte Nova 25 de setembro de 1889 José Joaquim de Andrade Reis Ponte Nova (Minas Gerais)
Barão de Ponte Ribeiro 11 de abril de 1873 Duarte da Ponte Ribeiro antroponímico
Barão de Porto Alegre 3 de março de 1852 Manuel Marques de Sousa Porto Alegre (Rio Grande do Sul)
Barão de Porto Feliz 6 de novembro de 1867 Cândido José de Campos Ferraz Porto Feliz (São Paulo)
Barão de Porto Novo 14 de abril de 1883 Luís de Sousa Brandão Porto Novo (Minas Gerais)
Barão de Porto Seguro 24 de julho de 1872 Francisco Adolfo de Varnhagen Porto Seguro (Bahia)
Barão de Potenji 17 de junho de 1882 Inácio da América Pinheiro
Barão de Pouso Alegre 15 de junho de 1881 Antônio Rodrigues Pereira Pouso Alegre (Minas Gerais)
Barão de Pouso Alto 11 de outubro de 1848 Francisco Teodoro da Silva
Barão de Pouso Frio 25 de agosto de 1889 Mariano José de Oliveira e Costa Fazenda Pouso Frio (São Paulo)
Barão de Prados 30 de março de 1861 Camilo Maria Ferreira Armond
Barão de Propriá 14 de março de 1860 José da Trindade Prado Propriá (Sergipe)

Q[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Quaraim 14 de março de 1855 Pedro Rodrigues Fernandes Chaves Quaraim (Rio Grande do Sul)
Barão de Quartim 16 de fevereiro de 1884 Antônio Tomás Quartim Júnior antroponímico
Barão de Queluz 18 de outubro de 1829
24 de maio de 1873
João Tavares Maciel da Costa
Joaquim Lourenço Baeta Neves
Queluz (Minas Gerais)
Queluz (São Paulo)
Barão de Quiçamã 18 de março de 1883 João Caetano Carneiro da Silva Quissamã (Rio de Janeiro)
Barão de Quixeramobim 12 de outubro de 1825 Pedro Dias Pais Leme Quixeramobim (Ceará)

R[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Ramalho 25 de maio de 1887 Joaquim Inácio Ramalho antroponímico
Barão de Ramiz 18 de junho de 1888 Benjamin Franklin Ramiz Galvão antroponímico
Barão de Resende 7 de maio de 1887 Estêvão Ribeiro de Sousa Resende antroponímico
Barão de Retiro 11 de agosto de 1887 Geraldo Augusto de Resende
Barão de Ribeirão 22 de junho de 1867 José de Avelar e Almeida
Barão de Ribeirão Vermelho 25 de setembro de 1889 Antônio Torquato Teixeira Ribeirão Vermelho (Minas Gerais)
Barão de Ribeiro de Almeida 23 de dezembro de 1887
1 de fevereiro de 1889
Joaquim Leite Ribeiro de Almeida
João Ribeiro de Almeida
antroponímico
Barão de Ribeiro de Sá 18 de abril de 1882 Miguel Ribeiro de Sá antroponímico
Barão de Ribeiro Fundo 3 de agosto de 1889 Francisco Libânio de Sá Fortes
Barão de Rifaína 17 de setembro de 1888 Vicente de Paula Vieira Sacramento (Minas Gerais)
Barão de Rimes 30 de janeiro de 1886 Manuel Antônio Cláudio Rimes antroponímico
Barão do Rio Apa 30 de março de 1889 Antônio Eneias Gustavo Galvão Rio Apa (Mato Grosso do Sul)
Barão do Rio Bonito 6 de outubro de 1841
25 de março de 1854
13 de agosto de 1873
Joaquim José Pereira de Faro
João Pereira Darrigue de Faro
José Pereira de Faro
Rio Bonito (Rio de Janeiro)
Barão do Rio Branco 30 de maio de 1888 José Maria da Silva Paranhos Júnior
Barão de Rio Claro 25 de março de 1849 Antônio Manuel de Freitas Rio Claro (Rio de Janeiro)
Barão de Rio das Contas 12 de outubro de 1825
30 de maio de 1888
Francisco Vicente Viana
Pedro Munis Barreto de Aragão
Rio das Contas (Bahia)
Barão do Rio Doce 29 de fevereiro de 1872 Antônio José Gonçalves Fontes Rio Doce
Barão do Rio das Flores 3 de abril de 1867
14 de agosto de 1886
José Vieira Machado da Cunha
Misael Vieira Machado da Cunha
Rio das Flores
Barão do Rio Formoso 3 de dezembro de 1854
18 de janeiro de 1882
9 de novembro de 1867
Manuel Tomás Rodrigues Campelo
Presciliano de Barros Acioli Lins
Francisco de Caldas Lins
Rio Formoso (Pernambuco)
Barão de Rio Fundo 2 de setembro de 1859 Inácio Borges de Barros Rio Fundo (Bahia)
Barão de Rio Grande 30 de novembro de 1866 José de Araújo Ribeiro Rio Grande (Rio Grande do Sul
Barão do Rio Negro 15 de maio de 1867 Manuel Gomes de Carvalho Filho Rio Negro
Barão do Rio Novo 9 de junho de 1856
20 de agosto de 1889
José Antônio Barroso de Carvalho
José Augusto de Resende[3]
Rio Novo (Minas Gerais)
Barão do Rio do Ouro 24 de março de 1881 Brás Pereira Nunes Rio do Ouro (bairro) Rio de Janeiro
Barão de Rio Pardo 12 de outubro de 1825
28 de dezembro de 1872
23 de dezembro de 1887
Tomás Joaquim Pereira Valente
Joaquim Honório de Campos
Antônio José Correia
Rio Pardo (Rio Grande do Sul)
Barão do Rio Pomba 3 de agosto de 1889 Antônio Teixeira de Carvalho Rio Pomba
Barão do Rio da Prata 12 de outubro de 1826 Rodrigo Pinto Guedes Rio da Prata
Barão de Rio Preto 6 de dezembro de 1854
23 de setembro de 1874
Domingos Custódio Guimarães
Domingos Custódio Guimarães Filho
Rio Preto
Barão do Rio Real 14 de setembro de 1859
18 de fevereiro de 1888
José Dantas de Itapicuru
João Gualberto Dantas
Rio Real
Barão do Rio das Velhas 25 de abril de 1867 Francisco de Paula Fonseca Viana Rio das Velhas
Barão do Rio Verde 11 de outubro de 1848 João Antônio de Lemos Rio Verde (Minas Gerais)
Barão do Rio Vermelho 2 de dezembro de 1854 José Félix da Cunha Meneses Rio Vermelho
Barão de Romeiro 31 de janeiro de 1877 Manuel Inácio Marcondes Romeiro antroponímico
Barão de Rosário 5 de maio de 1889 João José do Rosário antroponímico

S[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Sabará 11 de março de 1843 Manuel Antônio Pacheco Sabará
Barão de Saboia 6 de fevereiro de 1888 Vicente Cândido Figueira de Saboia antroponímico
Barão de Saí 1º de julho de 1861 Luís Fernandes Monteiro
Barão de Saicã 28 de agosto de 1866 José Maria da Gama Lobo d'Eça Saicã (Rio Grande do Sul)
Barão de Salgado Zenha 20 de julho de 1889 Manuel de Salgado Zenha antroponímico
Barão de Salto 14 de maio de 1883 Antônio José Dias Carneiro
Barão de Sampaio Viana 5 de maio de 1889 Carlos Américo de Sampaio Viana antroponímico
Barão de Santa Alda 29 de novembro de 1886 Lucas Antônio Monteiro de Barros Fazenda Santa Alda (Minas Gerais)
Barão de Santa Bárbara 3 de agosto de 1889 João Evangelista de Almeida Ramos
Barão de Santa Branca 11 de setembro de 1854
23 de dezembro de 1887
Francisco Lopes Chaves
Francisco Lopes Chaves
Santa Branca (São Paulo)
Barão de Santa Cecília 10 de julho de 1874 Francisco Rodrigues Pereira de Queirós
Barão de Santa Clara 28 de dezembro de 1872
10 de junho de 1882
Manuel Francisco Albernaz
Carlos Teodoro de Sousa Fortes
Barão de Santa Eugênia 3 de outubro de 1889 Luís Manuel Monteiro
Barão de Santa Eulália 22 de fevereiro de 1888 Antônio Rodrigues de Azevedo Ferreira
Barão de Santa Fé 13 de fevereiro de 1875 José Rodrigues Alves Barbosa
Barão de Santa Filomena 2 de outubro de 1889 José Lustosa da Cunha Santa Filomena (Piauí)
Barão de Santa Helena 13 de dezembro de 1876 José Joaquim Monteiro da Silva
Barão de Santa Isabel 17 de novembro de 1851
14 de março de 1872
Antônio Dinis da Costa Guimarães
Luís da Cunha Feijó
Barão de Santa Justa 30 de novembro de 1866
28 de junho de 1876
10 de abril de 1886
Jacinto Alves Barbosa
Francisco Alves Barbosa
José Alves da Silveira Barbosa
Fazenda em Rio das Flores (Rio de Janeiro)
Barão de Santa Luzia 18 de julho de 1841
15 de novembro de 1846
Manuel Ribeiro Viana
Quintiliano Rodrigues da Rocha Franco
Barão de Santa Mafalda 13 de setembro de 1876 José Maria de Cerqueira Vale
Barão de Santa Margarida 21 de julho de 1887 Fernando Vidal Leite Ribeiro
Barão de Santa Maria 17 de maio de 1871 Nicolau Neto Carneiro Leão
Barão de Santa Maria Madalena 29 de setembro de 1883 José Joaquim da Silva Freire Santa Maria Madalena (Rio de Janeiro)
Barão de Santa Marta 20 de agosto de 1889 Luís Maria Piquet
Barão de Santa Mônica 1º de abril de 1882 Francisco Nicolau Carneiro Nogueira da Costa e Gama
Baronesa de Santana 20 de junho de 1861
13 de setembro de 1874
Maria José de Santana
Rosa de Santana Lopes
antroponímico
Barão de Santana do Livramento 8 de junho de 1870 Vasco Alves Pereira Santana do Livramento (Rio Grande do Sul)
Barão de Santarém 17 de maio de 1871 Miguel Antônio Pinto Guimarães
Barão de Santa Rita 15 de abril de 1847
19 de julho de 1879
Manuel Antônio Ribeiro de Castro
José Ribeiro de Castro
Santa Rita da Lagoa de Cima (Rio de Janeiro)
Barão de Santa Rosa 24 de março de 1883 Joaquim Raimundo Nunes Belford
Barão de Santa Tecla 30 de janeiro de 1886 Joaquim da Silva Tavares
Barão de Santa Vitória 2 de setembro de 1874 Manuel Afonso de Freitas Amorim
Barão de Santiago 17 de maio de 1871 Domingos Américo da Silva
Barão de Santo André 14 de abril de 1883 José de Amorim Salgado
Barão de Santo Ângelo 21 de maio de 1874 Manuel de Araújo Porto-Alegre Santo Ângelo (Rio Grande do Sul)
Barão de Santo Antônio 15 de abril de 1882 Antônio Pinto de Oliveira
Barão de Santo Antônio da Barra 10 de agosto de 1889 José Egídio de Moura Albuquerque Santo Antônio da Barra (Bahia)
Barão de São Bento 2 de julho de 1853 Francisco Mariano de Viveiros Sobrinho
Barão de São Borja 18 de maio de 1870 Victorino José Carneiro Monteiro São Borja (Rio Grande do Sul)
Barão de São Brás 17 de maio de 1871 Brás Carneiro Leão antroponímico
Barão de São Carlos 28 de agosto de 1877 Carlos Pereira Nunes Paraíba do Sul (Rio de Janeiro)
Barão de São Clemente 20 de julho de 1863
10 de agosto de 1889
Antônio Clemente Pinto Filho
Antônio Clemente Pinto Neto
Barão de São Diogo 18 de dezembro de 1873 Diogo Teixeira de Macedo
Barão de São Félix 11 de dezembro de 1875 Antônio Félix Martins
Barão de São Fidélis 10 de julho de 1867 Antônio Joaquim da Silva Pinto
Barão de São Francisco 1º de dezembro de 1824
18 de outubro de 1829
24 de março de 1881
Joaquim Inácio de Siqueira Bulcão
José de Araújo Aragão Bulcão
Antônio de Araújo Aragão Bulcão
São Francisco do Conde (Bahia)
Barão de São Francisco da Glória 25 de setembro de 1889 Luciano de Sousa Guimarães
Barão de São Francisco das Chagas 10 de agosto de 1889 Manuel Joaquim Cabral de Melo Rio Paranaíba (Minas Gerais) (Minas Gerais)
Barão de São Francisco de Paula 31 de outubro de 1889 Joaquim José do Rosário
Barão de São Gabriel 18 de julho de 1841
18 de fevereiro de 1865
João de Deus Mena Barreto
João Propício Mena Barreto
São Gabriel (Rio Grande do Sul)
Barão de São Geraldo 15 de junho de 1881 Joaquim José Álvares dos Santos Silva
Barão de São Gonçalo 19 de março de 1849 Belarmino Ricardo de Siqueira São Gonçalo (Rio de Janeiro)
Barão de São Jacó 14 de abril de 1883 Diniz Dias
Barão de São João da Barra 25 de março de 1849
24 de março de 1881
José Alves Rangel
Francisco José Alves Rangel
São João da Barra (Rio de Janeiro)
Barão de São João das Duas Barras 12 de outubro de 1825 Joaquim Xavier Curado Duas Barras (Rio de Janeiro)
Barão de São João de Icaraí 14 de março de 1867 Constantino Pereira de Barros Icaraí (Niterói) (Rio de Janeiro)
Barão de São João del-Rei 13 de setembro de 1871 Eduardo Ernesto Pereira da Silva São João del-Rei (Minas Gerais)
Barão de São João do Príncipe 25 de março de 1834 Ananias de Oliveira e Sousa São João do Príncipe (Rio de Janeiro)
Barão de São João do Rio Claro 26 de novembro de 1858 Amador Rodrigues de Lacerda Jordão
Barão de São João Nepomuceno 15 de julho de 1881 Pedro Alcântara Cerqueira Leite São João Nepomuceno (Minas Gerais)
Barão de São Joaquim 5 de julho de 1888 José Francisco Bernardes
Barão de São José 27 de outubro de 1867
11 de outubro de 1876
José Gomes de Oliveira Lima
José Inácio da Silva Pinto
santo antroponímico
Barão de São José da Lagoa 10 de agosto de 1889 João Gualberto Martins da Costa São José da Lagoa (Minas Gerais)
Barão de São José del-Rei 7 de fevereiro de 1885 Gabriel Antônio Monteiro de Barros São José das Três Ilhas (Minas Gerais)
Barão de São José do Norte 9 de maio de 1877 Eufrásio Lopes de Araújo São José do Norte (Rio Grande do Sul
Baronesa de São José do Rio Preto 1º de abril de 1882 Inês de Castro Monteiro da Silva São José do Rio Preto (São Paulo)
Barão de São Lourenço 14 de março de 1860 Francisco Gonçalves Martins
Barão de São Lucas 24 de agosto de 1889 Pedro Pereira de Escobar
Barão de São Luís 23 de outubro de 1861
5 de julho de 1884
Paulo Gomes Ribeiro de Avelar
Leopoldo Antunes Maciel
Barão de São Marcelino 3 de agosto de 1889 Marcelino de Assis Tostes São Marcelino
Baronesa de São Mateus 17 de julho de 1872 Francisca Maria do Vale de Abreu e Melo
Barão de São Miguel 19 de agosto de 1888 Paulino de Araújo Góis
Barão de São Nicolau 8 de abril de 1879 Leopoldo Augusto da Câmara Lima
Barão de São Roberto 3 de agosto de 1889 Quintiliano Alves Ferreira Gouveia (Minas Gerais)
Barão de São Romão 19 de julho de 1889 José Eleutério de Sousa
Barão de São Roque 21 de dezembro de 1871 Antônio Moreira de Castilho São Roque (São Paulo)
Barão de São Salvador de Campos 20 de junho de 1887 Albino Rodrigues de Alvarenga
Barão de São Sepé 20 de Agosto de 1889 Luís José Pereira de Carvalho
Barão de São Tomé 25 de Setembro de 1872 Francisco Gonçalves Penha São Thomé das Letras (Minas Gerais)
Baronesa de São Vicente de Paula 11 de abril de 1888 Ana Gregória Gusmão de Miranda Pinto (Vitória)
Barão de São Vítor 31 de julho de 1882 Vítor Guilherme Resse
Barão de Sapucaia 24 de março de 1876 Manuel Antônio Airosa
Barão de Saquarema 22 de junho de 1867 José Pereira dos Santos
Barão de Saramenha 8 de agosto de 1889 Carlos Gabriel de Andrade
Barão da Saúde 12 de outubro de 1826
15 de julho de 1888
Francisco Manuel de Paula
Manuel Dias da Cruz
Medicina
Barão de Sauípe 6 de setembro de 1866 João José Leite
Barão de Serji 21 de abril de 1870 Francisco Lourenço de Araújo
Barão de Serjimirim 14 de março de 1860 Antônio da Costa Pinto Rio Sergimirim (Bahia)
Barão de Serra Branca 19 de agosto de 1888 Felipe Néri de Carvalho e Silva Serra Branca, Santana do Matos (Rio Grande do Norte)
Barão de Serra Negra 17 de maio de 1871 Francisco José da Conceição Piracicaba (São Paulo)
Barão de Sertório 11 de julho de 1888 João Sertório
Barão de Sete Lagoas 19 de setembro de 1879 Antônio Cândido da Silva Mascarenhas
Barão de Silveiras 14 de março de 1860 Antônio Tertuliano dos Santos
Barão de Simão Dias 10 de novembro de 1883 Simão Dias dos Reis antroponímico
Barão de Sincorá 20 de julho de 1889 Francisco Gomes de Oliveira
Barão de Sintra 26 de novembro de 1887 José Joaquim Sintra da Silveira antroponímico
Barão de Sirinhaém 11 de dezembro de 1875 Coriolano Veloso da Silveira Sirinhaém (Pernambuco)
Barão de Sobral 19 de janeiro de 1889 José Júlio de Albuquerque Barros Sobral (Ceará)
Barão de Socorro 10 de agosto de 1888 Luís de Sousa Leite
Barão da Soledade 2 de dezembro de 1854
10 de abril de 1867
Francisca Elisa Xavier
José Pereira Viana
Barão de Solimões 25 de setembro de 1889 Manuel Francisco Machado
Barão de Sorocaba 12 de outubro de 1826 Boaventura Delfim Pereira Sorocaba (São Paulo)
Barão de Soubara 6 de setembro de 1866 José Joaquim Barreto
Barão de Sousa 31 de julho de 1867 Francisco José Brandão de Sousa antroponímico
Barão de Sousa Fontes 28 de setembro de 1882 José Ribeiro de Sousa Fontes antroponímico
Barão de Sousa Leão 18 de maio de 1889 Inácio Joaquim de Sousa Leão antroponímico
Barão de Sousa Lima 23 de maio de 1883 José Antônio de Sousa Lima antroponímico
Barão de Sousa Queirós 14 de outubro de 1874 Francisco Antônio de Sousa Queirós antroponímico
Barão de Sousel 12 de outubro de 1825 Manuel Antônio Farinha
Barão de Suaçuí 2 de dezembro de 1854 José Inácio Gomes Barbosa
Barão de Suaçuna 18 de julho de 1841
16 de fevereiro de 1889
Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque
Henrique Marques de Holanda Cavalcanti
Barão de Subaé 6 de setembro de 1866 Francisco Moreira de Carvalho
Barão de Suruí 2 de dezembro de 1854 Manuel da Fonseca Lima e Silva

T[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Tabatinga 3 de abril de 1867 Domingos Francisco de Sousa Leão Engenho Tabatinga, Cabo (Pernambuco)
Barão de Tacaruna 22 de fevereiro de 1873 Manuel Antônio dos Passos e Silva
Barão de Taitinga 17 de maio de 1872 Antônio Francisco Tinta
Barão de Tamandaré 14 de março de 1860 Joaquim Marques Lisboa Tamandaré (Pernambuco)
Barão de Tapajós 19 de agosto de 1888 José Caetano Correia
Barão de Taquara 21 de outubro de 1882 Francisco Pinto da Fonseca Teles Engenho da Taquara, Jacarepaguá
Barão de Taquaretinga 16 de dezembro de 1882 Manuel Freire Barbosa da Silva
Barão de Taquari 25 de março de 1845
24 de março de 1871
Manuel Jorge Rodrigues
José Antônio Calasans Rodrigues
Barão de Tatuí 19 de agosto de 1879 Francisco Xavier Pais de Barros Tatuí
Barão de Taubaté 18 de julho de 1877 Antônio Vieira de Oliveira Neves Taubaté (São Paulo)
Barão de Tefé 11 de junho de 1873 Antônio Luís von Hoonholtz
Barão de Teresópolis 23 de setembro de 1874 Francisco Ferreira de Abreu Teresópolis
Barão de Thomsen 28 de junho de 1876 Cristiano Thomsen antroponímico
Barão de Tibaji 4 de agosto de 1858 José Caetano de Oliveira
Barão de Tietê 2 de dezembro de 1854 José Manuel da Silva Tietê (São Paulo)
Barão de Timbaúba 20 de julho de 1889 Feliciano Cavalcanti da Cunha Rego
Barão de Timbó 11 de junho de 1888 João José de Oliveira Leite
Barão de Timboí 16 de setembro de 1874 Olinto Gomes dos Santos Paiva
Barão do Tinguá 11 de outubro de 1848
27 de janeiro de 1883
Pedro Correia e Castro
Francisco Pinto Duarte
Serra do Tinguá (Rio de Janeiro)
Barão de Toropi 16 de maio de 1888 Antônio Cândido de Melo
Barão de Torre de Garcia d'Ávila 1 de dezembro de 1822 Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque
Barão Torres Homem 14 de julho de 1887 João Vicente Torres Homem antroponímico
Barão de Tracunhaém 22 de fevereiro de 1873 João Cavalcanti Maurício Wanderley Tracunhaém, Pernambuco
Barão de Traipu 24 de novembro de 1888 Manuel Gomes Ribeiro
Barão de Tramandaí 14 de março de 1855 Antero José Ferreira de Brito Tramandaí (Rio Grande do Sul
Barão de Traripe 14 de março de 1860 Luís Manuel de Oliveira Mendes
Barão de Tremembé 7 de maio de 1887 José Francisco Monteiro Tremembé (São Paulo)
Barão de Três Barras 19 de outubro de 1867 José Ildefonso de Sousa Ramos
Barão de Três Ilhas 7 de outubro de 1874 José Bernardino de Barros
Barão de Três Rios 14 de julho de 1872 Joaquim Egídio de Sousa Aranha
Barão de Três Serros 26 de julho de 1884 Aníbal Antunes Maciel
Barão do Triunfo 19 de outubro de 1867 Joaquim de Andrade Neves Vitórias na Guerra do Paraguai
Barão de Trontaí 29 de setembro de 1883 Luís Antônio de Oliveira
Barão de Turiaçu 2 de dezembro de 1854 Manuel de Sousa Pinto de Magalhães
Barão de Turvo 1 de agosto de 1860 José Gomes de Sousa Portugal São José do Turvo (Rio de Janeiro)

U[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Ubá 12 de outubro de 1828 João Rodrigues Pereira de Almeida fazenda em Vassouras (Rio de Janeiro)
Barão do Una 14 de agosto de 1867 José Antônio Lopes Rio Una (Pernambuco)
Barão do Upacaraí 8 de abril de 1879 Demétrio José Xavier Rio Upacaraí (Rio Grande do Sul)
Barão de Uruçuí 2 de outubro de 1889 João da Cruz e Santos Rio Uruçuí-Preto (Piauí)
Barão de Uruguaiana 16 de janeiro de 1867 Ângelo Moniz da Silva Ferraz Uruguaiana (Rio Grande do Sul)
Barão de Ururaí 15 de abril de 1847
19 de setembro de 1879
João Carneiro da Silva
Manuel Carneiro da Silva
distrito de Campos dos Goytacazes (Rio de Janeiro)
Barão de Utinga 14 de março de 1860
30 de maio de 1888
Henrique Marques Lins
Florismundo Marques Lins
Utinga (Bahia)

V[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Val Formoso 25 de março de 1888 Leocádio Gomes Franklin
Barão de Valença 12 de outubro de 1825
17 de junho de 1882
Estêvão Ribeiro de Resende
Pedro Ribeiro de Sousa Resende
Barão de Vargem Alegre 19 de dezembro de 1866
16 de agosto de 1882
Matias Gonçalves de Oliveira Roxo
Luís Otávio de Oliveira Roxo
Fazenda em Piraí (Rio de Janeiro)
Barão de Varginha 27 de junho de 1888 Joaquim Elói Mendes Varginha (Minas Gerais)
Barão de Vassouras 17 de maio de 1871 Francisco José Teixeira Leite Vassouras (Rio de Janeiro)
Barão de Vera Cruz 14 de março de 1860 Manuel Joaquim Carneiro da Cunha
Barão de Vergueiro 19 de julho de 1879 Nicolau José de Campos Vergueiro antroponímico
Barão de Viamão 17 de maio de 1871 Hilário Pereira Fortes Viamão (Rio Grande do Sul)
Barão de Viana 8 de outubro de 1864 Francisco Vicente Viana Filho antroponímico
Barão de Vidal 16 de fevereiro de 1889 Luís Vidal Leite Ribeiro antroponímico
Barão de Vila Bela 15 de fevereiro de 1827
6 de setembro de 1866
Francisco de Paula Magessi de Carvalho
Domingos de Sousa Leão
Vila Bela (Mato Grosso)
Barão de Vila da Barra 15 de novembro de 1876 Francisco Bonifácio de Abreu Vila da Barra (Bahia)
Barão de Vila do Conde 18 de outubro de 1871 João Gomes Ferreira Veloso
Barão de Vila Flor 28 de janeiro de 1871 João Manuel de Sousa
Barão de Vila Franca 28 de janeiro de 1875 Inácio Francisco Silveira da Mota
Barão de Vila Isabel 28 de agosto de 1877 Francisco Antônio Afonso
Barão de Vila Maria 21 de Junho de 1862 Joaquim José Gomes da Silva Vila Maria do Paraguai (Mato Grosso)
Barão de Vila Nova de São José 14 de outubro de 1825 José Fernando Carneiro Leão
Barão de Vila Real da Praia Grande 12 de outubro de 1824 Caetano Pinto de Miranda Montenegro
Barão de Vila Velha 17 de maio de 1883 Joaquim Augusto de Moura Vila Velha (Bahia)
Barão de Vila Viçosa 26 de abril de 1879 Antônio de Carvalho e Albuquerque
Barão de Vista Alegre 17 de dezembro de 1881 Manuel Pereira de Sousa Barros
Barão de Vitória 14 de março de 1860 José Joaquim Coelho

W[editar | editar código-fonte]

Título Data de criação Titulares Topônimo associado
Barão de Werneck 24 de agosto de 1882 José Quirino da Rocha Werneck antroponímico

Baronatos recusados[editar | editar código-fonte]

Os seguintes títulos foram oferecidos a pessoas que, todavia, não os aceitaram, ou foram recusados após a concessão:

Anulados e modificados
Recusados
Renunciados

Observações[editar | editar código-fonte]

  1. A lista adota como padrão as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, mesmo que a escrita de alguns títulos difira dos topônimos associados que, por ventura, mantiveram a antiga grafia.
  2. Em Dicionário das Famílias Brasileiras, este nobre aparece como barão de Monte Verde.
  3. Em algumas obras, o 2.º barão do Rio Novo aparece como "José Ribeiro de Resende".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]