Anexo:Lista de danças e ritmos do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Lista de danças do Brasil)
Ir para: navegação, pesquisa

Danças ameríndias tradicionais[editar | editar código-fonte]

Danças de Umbigada[editar | editar código-fonte]

As danças de umbigada ou sambas de coriómendo, rementem a uma ampla coleção de danças e ritmos afro-brasileiros que não são derivados do semba, proveniente do atual território Angolano. O ritmo, originalmente associado à cultos à fertilidade, caracteriza-se pelo forte carácter lascivo da evolução e o movimento de choque entre os umbigos de dois dançantes - e advém do seu nome, que significa o que gira em torno do umbigo ou umbigada. No Brasil escravagista, o semba tornou-se uma forma de expressão extremamente popular entre os escravos congo-angolanos, que o inseriam em contextos de celebrações afro-católicas e candomblecistas, além festividades de cunho essencialmente profano.

Os dançarinos, geralmente, se dispõem em roda, e acompanham os instrumentos musicais ao som de palmas. A cada vez, um dançarino é convidado a ir ao centro da roda por meio de uma umbigada, onde dança até umbigar um outro integrante, e assim reiniciar todo o ciclo. Predominantemente feminina, a evolução da dança marca-se pelo energético balançar das saias, um característica ibérica que se mantém em boa parte dos sambas e se combina ao uso de instrumentos improvisados, como pratos comuns e pedaços de troncos ocos. São exemplos de danças de umbigada:

Certas danças, tais como o Samba carioca, o Carimbó e suas respectivas vertentes, podem ser, ao menos teoricamente, classificadas como danças de umbigada, pois, embora tenham perdido o movimento tradicional com o umbigo ao longo da evolução histórica, conservam um número expressivo de características que as descrevem como tal.

Danças indígenas[editar | editar código-fonte]

Danças indigenas são as danças de culturas dando razão a vários deuses. Cada grupo ou tribo indigena tem seu deus ou sua deusa celebrando assim todos os dias à sua divindade maior.

A[editar | editar código-fonte]

B[editar | editar código-fonte]

C[editar | editar código-fonte]

D[editar | editar código-fonte]

E[editar | editar código-fonte]

F[editar | editar código-fonte]

G[editar | editar código-fonte]

J[editar | editar código-fonte]

L[editar | editar código-fonte]

M[editar | editar código-fonte]

N[editar | editar código-fonte]

P[editar | editar código-fonte]

Q[editar | editar código-fonte]

R[editar | editar código-fonte]

S[editar | editar código-fonte]


T[editar | editar código-fonte]

V[editar | editar código-fonte]

X[editar | editar código-fonte]

Z[editar | editar código-fonte]