Little King

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Little King
Comic image missing-pt.png
País de origem  Estados Unidos
Língua de origem Inglês
Primeira edição 1931
Género(s) humor
Autor Otto Soglow
Título em português Reizinho (Brasil)
Editor nacional King Features

The Little King (br.: O Reizinho) é uma tira de jornal, criada pelo cartunista estadunidense Otto Soglow, que tem como personagem principal um rei que não fala (para os leitores pois para os súditos a comunicação se dá normalmente). É mais um personagem que explora o estilo pantomímico, assim como o Pinduca, com imagens sem os tradicionais balões de texto.No Brasil, o personagem teve revista em quadrinhos própria, lançada pela Rio Gráfica e que circulou entre 1959-1963.[1]

História da publicação[editar | editar código-fonte]

A tira apareceu pela primeira vez nos EUA em 1931 na revista The New Yorker. Em 1933 surgiu uma revista em quadrinhos com o personagem. Foi adaptado para uma série de desenhos animados realizados pela Van Beuren Studios, produzida entre 1933-1934. Pressionado por William Randolph Hearst que queria distribuir a tira pela King Features Syndicate, Soglow continuou com seu contrato com o The New Yorker. Quase ao término deste contrato, Soglow produziu para a agência de Hearst a tira The Ambassador (O Embaixador). Em 9 de setembro de 1934, a tira do Reizinho passou para a King Features, agora como uma página dominical.

Otto Soglow foi premiado em 1966 pela National Cartoonists Society por seu trabalho. Ele continuou a produzir a tira até a sua morte, que ocorreu em 1975.

Desenhos Animados[editar | editar código-fonte]

Os desenhos realizados pelo Van Beuren Studios foram os seguintes:

1933

  • A.M. To P.M. (Parte de Aesop's Fables Series)
  • A Dizzy Day (Parte de Aesop's Fables Series)
  • The Fatal Note
  • Marching Along
  • On The Pan
  • Pals (também conhecido como Christmas Night)

1934

  • Jest Of Honor
  • Jolly Good Felons
  • Sultan Pepper
  • A Royal Good Time
  • Art For Art's Sake
  • Cactus King

1936

Referências