Live...in the Heart of the City

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Live...in the Heart of the City
Álbum ao vivo de Whitesnake
Lançamento 1 de Novembro de 1980
Gravação 23 de Novembro de 1978
23 de Junho de 1980
Gênero(s) Hard rock
Heavy metal
Blues-rock
Duração 78:14
42:27
Gravadora(s) United Artists
Produção Martin Birch
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Whitesnake
Último
Último
Ready an' Willing
(1980)
Come an' Get It
(1981)
Próximo
Próximo


Live...in the Heart of The City é um álbum ao vivo lançado pela banda de hard rock Whitesnake em 1980. Foi originalmente lançado como vinil duplo, e fita cassete. Utiliza gravações feitas em 1978 e 1980.

Os lados 1 & 2 do disco de vinil são de gravações feitas com o Rolling Stones Mobile Studio no Hammersmith Odeon, em Londres durante a turnê mundial de 1980 da banda, já os lados 3 & 4 são do disco Live at Hammersmith, lançado somente no Japão. Assim, os dois discos foram unificados, e mostrava uma performance bem completa do grupo.

A primeira versão em CD é editada do vinil original: para que tudo coubesse em um simples CD a faixa "Come On" que abre o disco dois original foi retirada. Entretanto, Live...In the Heart of the City foi remasterizado e relançado em março de 2007 em CD duplo, restaurando a ordem original do álbum, além de inserir Come on de 1978 e Aint no Love in the heart of the City de 1980. Ainda, a edição estendida traz um encarte detalhado que explana acerca do lançamento do disco na época, bem como expõe fotos do grupo. Foi produzido por Martin Birch, colaborador do Purple e seus músicos. É um disco ao vivo grandioso, e também está arrolado nas listas de melhores discos ao vivo lançados, assim como Thin Lizzy Live and Dangerous, UFO Strangers in the Night e Status Quo Live, dentre outros. Depois de anos, foram redescobertas as fitas originais do disco, com varias outras musicas, entretanto não existe noticia acerca de um lançamento futuro de uma edição deluxe, sendo que a edição completa até o momento é a lançada em 2007. Da mesma forma, existem lendas que a performance no Hammersmith Odeon em 1980 foi registrada em video. Coverdale nunca se manifestou acerca do fato, sendo que o ultimo lançamento derivado dos cofres da banda foi o disco/dvd duplo Live at Donington 1990. Uma apresentação de 1980 em Washington foi inserida no dvd que acompanha o conjunto de cds Box of Snakes.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Live in the Heart of the City (23/24 de Junho de 1980)
  1. "Come On" (David Coverdale, Bernie Marsden) – 3:38 (do álbum Snakebite)
  2. "Sweet Talker" (Coverdale, Marsden) – 4:16 (do álbum Ready an' Willing)
  3. "Walking in the Shadow of the Blues" (Coverdale, Marsden) – 5:00 (do álbum Lovehunter)
  4. "Love Hunter" (Coverdale, Micky Moody, Marsden) – 10:41 (do álbum Lovehunter)
  5. "Fool for Your Loving" (Coverdale, Moody, Marsden) – 4:58 (do álbum Ready an' Willing)
  6. "Ain't Gonna Cry No More" (Coverdale, Moody) – 6:21 (do álbum Ready an' Willing)
  7. "Ready an' Willing" (Coverdale, Moody, Neil Murray, Jon Lord, Ian Paice) – 4:46 (do álbum Ready an' Willing)
  8. "Take Me with You" (Coverdale, Moody) – 6:28 (do álbum Trouble)
Live at Hammersmith (23 de Novembro de 1978)
  1. "Come On" (David Coverdale, Bernie Marsden) - somente vinil (do álbum Snakebite)
  2. "Might Just Take Your Life" (Coverdale, Ritchie Blackmore, Lord, Paice) – 5:35 (cover de Deep Purple)
  3. "Lie Down" (Coverdale, Moody) – 4:41 (do álbum Trouble)
  4. "Ain't No Love in the Heart of the City" (Michael Price, Dan Walsh) – 6:03 (do álbum Snakebite, cover de Bobby Bland)
  5. "Trouble" (Coverdale, Marsden) – 4:51 (do álbum Trouble)
  6. "Mistreated" (Coverdale, Blackmore) – 10:49 (cover de Deep Purple)

Formação[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Whitesnake é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.