Live Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Live Show"
4º episódio da 5ª temporada de 30 Rock
Tracy Jordan, Liz Lemon, Jack "Danny" Baker, e Jenna Maroney na festa surpresa do aniversário de Liz.
Informação geral
Escrito por: Robert Carlock
Tina Fey
Produzido por: Alec Baldwin
Kay Cannon
Dylan Morgan
Don Scardino
Josh Siegal
Direcção Beth McCarthy-Miller
Código de produção 504
Duração 23 minutos
Exibição original 14 de Agosto de 2010
Convidados
Episódios da 5ª temporada
Cronologia
Último
Último
"Let's Stay Together"
"Reaganing"
Próximo
Próximo
30 Rock (5ª temporada)
Lista de episódios

"Live Show" é o quarto episódio da quinta temporada da série de televisão de comédia de situação norte-americana 30 Rock, e o octogésimo quarto da série em geral. Foi dirigido por Beth McCarthy-Miller e co-escrito pela criadora da série, produtora executiva e actriz Tina Fey, e pelo co-produtor e também produtor executivo Robert Carlock. Foi transmitido ao vivo pela rede de televisão National Broadcasting Company (NBC) a 14 de Outubro de 2010 nos Estados Unidos, com gravações separadas para os telespectadores da Costa Oriental, bem como para os da Costa Ocidental. "Live Show" apresentou participações dos actores Matt Damon, Rachel Dratch, Bill Hader, Jon Hamm, Julia Louis-Dreyfus, Chris Parnell, Sue Galloway, Cheyenne Jackson, Mark Kratzer, e Leslie Chiecko.

No episódio, no programa de televisão de comédia ficcional The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS), a argumentista-chefe, Liz Lemon (interpretada por Fey), fica cada vez mais enfurecida quando ninguém se lembra do seu quadragésimo aniversário. Pouco tempo antes da gravação ao vivo do programa, para o desgosto dos seus colegas de trabalho, especialmente Jenna Maroney (interpretada por Jane Krakowski), a estrela Tracy Jordan (interpretado por Tracy Morgan) decide quebrar o seu personagem.[nota 1] Enquanto isso, Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) luta com as consequências da sua promessa de parar de beber enquanto sua namorada, Avery Jessup (interpretado por Elizabeth Banks), estiver grávida do seu primeiro filho. Este episódio foi primeiramente referenciado no acto final de "The Fabian Strategy", quando Liz diz ao seu namorado, Carol Burnett (interpretado por Damon), que irá encontrar-se com ele em 14 de Outubro.

"Live Show" foi uma experiência para 30 Rock — filmado com uma configuração de câmara múltipla em frente de uma audiência ao vivo — e recebeu críticas positivas pela sua ousadia, bem como pela nostalgia que mostrou para as características clássicas de comédia de situação. Como uma experiência de televisão ao vivo, os críticos consideraram-no um sucesso, chegando até a fazerem referências a outras experiências de transmissão ao vivo, como o episódio "Ambush" do drama ER (1997), o Saturday Night Live (SNL), o episódio "Alive and Schticking" do seriado Will & Grace, The West Wing, e Roc.

O episódio também foi um sucesso de audiência, registrando, de acordo com o sistema de mediação de audiências Nielsen Ratings, 6.701 milhões de telespectadores, e recebendo uma classificação de 3.1/9 no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade, marcando assim a maior audiência da temporada, e uma melhoria em relação ao número de espectadores que 30 Rock havia tido atraído desde a sua última temporada.

Produção[editar | editar código-fonte]

O estúdio 8H, situado dentro do GE Building na 30 Rockfeller Plaza — o local onde o Saturday Night Live (SNL) é filmado — foi usado para realizar as filmagens de "Live Show". 30 Rock é vagamente baseado em experiências de Tina Fey como argumentista-chefe do SNL.
O estúdio 8H, situado dentro do GE Building na 30 Rockfeller Plaza — o local onde o Saturday Night Live (SNL) é filmado — foi usado para realizar as filmagens de "Live Show". 30 Rock é vagamente baseado em experiências de Tina Fey como argumentista-chefe do SNL.
Um show de beneficência no Upright Citizens Brigade Theatre, Nova Iorque, foi a inspiração por detrás de "Live Show".
Um show de beneficência no Upright Citizens Brigade Theatre, Nova Iorque, foi a inspiração por detrás de "Live Show".

"Live Show" foi co-escrito pela criadora, produtora executiva e actriz principal da série, Tina Fey, e pelo co-produtor e também produtor executivo Robert Carlock. Foi dirigido por Beth McCarthy-Miller, uma directora de televisão de longa data, que trabalhou com Fey no programa de televisão humorístico Saturday Night Live (SNL).[1] Este é o vigésimo terceiro episódio escrito por Fey,[2] sendo "The Fabian Strategy" o último escrito por ela, e o décimo sétimo episódio escrito por Carlock,[3] sendo "When It Rains It Pours" o último onde ele trabalhou no guião.[4] Este é o quarto crédito de direcção por McCarthy-Miller em 30 Rock e o segundo da temporada,[5] sendo "The Fabian Strategy" o último dirigido por ela.[6] "Live Show" foi exibido ao vivo a 14 de Outubro de 2010 pela rede de televisão National Broadcasting Company (NBC) como o octogésimo quarto episódio de 30 Rock, e o quarto da quinta temporada.[7]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 30 de Julho de 2010, a NBC anunciou que um episódio da quinta temporada de 30 Rock seria filmado e transmitido ao vivo em duas ocasiões durante a noite de 14 de Outubro.[8] A decisão foi tomada, em parte, devido às fracas audiências que todos os programas do bloco de comédia Comedy Night Done Right registravam. A ideia foi originalmente concebida durante a greve de 2007-2008 dos argumentistas do Writers Guild of America, quando o elenco da série realizou duas versões ao vivo do episódio "Secrets and Lies",[9] exibido a 6 de Dezembro de 2007, como um apoio à greve, no teatro Upright Citizens Brigade Theatre em Nova Iorque.[10] Quando questionada pela revista Entertainment Weekly sobre a razão de fazer um episódio ao vivo, Fey disse: "(O desempenho ao vivo) foi o que nos fez pensar que seria divertido fazer (um episódio ao vivo). E o quão longe nós chegamos ... Agora vamos fazê-lo na TV." Nessa mesma entrevista, ela revelou que o episódio seria também decorrido em frente à uma plateia ao vivo. "Será emocionante para nós fazê-lo para uma plateia ao vivo e ver se conseguimos obter o riso ao vivo".[11] A actriz observou que a experiência "foi muito divertida para sentir o timing diferente de um show ao vivo, e a resposta do público, 'que você simplesmente não consegue sentir em um show de câmara única'".[12] Em uma outra entrevista, Fey revelou que ela e a equipa conversaram sobre fazer um show ao vivo por muitos anos.[12] Após a conclusão da greve, a equipa falou com a NBC sobre fazerem uma performance ao vivo, e tentaram filmá-la durante a quarta temporada, no entanto, não foram capazes de programá-lo. Para a quinta temporada, a equipa de guionistas começou a planear a performance ao vivo e esperou até que Beth McCarthy-Miller, directora recorrente de 30 Rock, estivesse disponível para dirigi-lo.[13] Fey e Carlock disseram em argumentações separadas, que outra decisão de fazerem este episódio de 30 Rock foi baseada no facto do elenco ter experiência de teatro e improvisação.[12] [13] Alec Baldwin havia feito uma performance ao vivo anteriormente, nas transmissões do Oriente e Ocidente americanos do episódio de estreia da oitava temporada de Will & Grace, "Alive and Schticking".

Antes da emissão, o elenco ensaiou "Live Show" por três dias, e fez um ensaio diante de uma plateia ao vivo no dia da exibição.[14] As duas transmissões distintas do episódio resultaram em uma transmissão ao vivo para os telespectadores americanos tanto na Costa Oriental, tanto na Ocidental — a equipa chegou a considerar uma terceira transmissão para o Centro-Oeste, mas acabaram por votar contra ela.[9] A primeira transmissão, da Costa Oriental, incluiu a música tema interpretada por Jane Krakowski, e na Costa Ocidental, ela foi cantada por Cheyenne Jackson. Os dois também interpretaram-na para prepararem a plateia durante o ensaio.[15] Além disso, os dois episódios tiveram algumas diferenças de enredo: as letras da música do Dr. Leo Spaceman, Liz Lemon zomba do assistente de Jack Donaghy, Jonathan, referindo-se a ele como um personagem do filme Slumdog Millionaire (2008) na transmissão da Costa Oriental, e como o personagem principal do filme Aladdin (1992) na exibição da Costa Ocidental, e as legendas da paródia da Fox News. Além disso, o comercial de ficção que apresentou Drew Baird é diferente — na primeira emissão, ele recebe um transplante de mão de um homem de raça negra que foi executado. Na segunda emissão, ele tem a mão de uma mulher.[16]

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

"Live Show" marca a primeira aparição de Rachel Dratch em 30 Rock desde a primeira temporada.

A actriz e comediante Rachel Dratch, parceira de longa data e companheira de Fey no SNL, foi originalmente escolhida para interpretar a personagem Jenna Maroney, chegando a desempenhar o papel no piloto original de 30 Rock.[17] No entanto, em Agosto de 2006, a actriz Jane Krakowski foi anunciada como a substituta de Dratch.[18] [19] O produtor executivo Lorne Michaels anunciou que apesar de Dratch não interpretar uma personagem regular, ela iria aparecer em vários episódios interpretando um papel diferente.[20] Em "Live Show", ela interpretou Jadwiga, a zeladora do The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS). Esta foi a oitava participação de Dratch na série,[21] sendo que a última foi em "The Source Awards", exibido a 15 de Fevereiro de 2007.[22] "Live Show" marca a sua primeira aparição em 30 Rock desde a primeira temporada, e também o seu primeiro trabalho desde que deu à luz a seu filho Eli, nascido a 24 de Agosto de 2010.[23]

O actor e comediante Chris Parnell, também ex-membro do SNL, fez uma aparição no episódio como o Dr. Spaceman.[24] Esta foi a décima quinta aparição de Parnell na série,[25] sendo que a última foi em "When It Rains It Pours", exibido a 30 de Setembro de 2010.[26] [27] Vários outros membros do elenco do SNL já fizeram uma aparição em 30 Rock. Estes membros do elenco incluem Fred Armisen,[28] [29] Kristen Wiig,[28] [29] Will Forte,[30] Jason Sudeikis,[31] Molly Shannon,[32] Horatio Sanz,[33] [34] e Jan Hooks.[35] Ambos Fey e Tracy Morgan fizeram parte do elenco principal do SNL,[36] sendo que Fey foi a argumentista-chefe do programa entre 1999 e 2006.[37] O actor Alec Baldwin também apresentou o Saturday Night Live por dezassete vezes, o maior número de episódios por qualquer apresentador da série.[38]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Liz Lemon (interpretada por Tina Fey), argumentista-chefe do programa de televisão The Girlie Show with Tracy Jordan (TGS), prepara-se para a exibição de mais um episódio do TGS, mas está enraivecida com os seus colegas por estes se terem esquecido do seu quadragésimo aniversário. A estrela do programa, Tracy Jordan (interpretado por Tracy Morgan), a frustra ainda mais ao decidir fazer um break do seu personagem durante a transmissão ao vivo do programa,[nota 1] em uma homenagem ao programa de variedades The Carol Burnett Show. A co-estrela do TGS, Jenna Maroney (interpretada por Jane Krakowski), está determinada a não deixar Tracy roubar-lhe os holofotes e, como consequência disto, declara que irá ter um mau funcionamento do vestuário, e mostrará o seu peito ao vivo na televisão se Tracy não desistir da ideia. Como o desenvolvimento do show corre mal devido à falta de profissionalismo de ambos Tracy e Jenna, Liz é forçada a fazer um intervalo. Durante o intervalo, são exibidos os comerciais do novo álbum de baladas eróticas para curar a disfunção eréctil do Dr. Leo Spaceman (interpretado por Chris Parnell), e do anúncio de serviço público para cirurgia de transplante de mão do Dr. Drew Baird (interpretado por Jon Hamm).[39]

O elenco e artistas convidados de 30 Rock desejando boa noite aos seus telespectadores no fim do episódio.

Enquanto isso, Jack Donaghy (interpretado por Alec Baldwin) luta com uma promessa que fez para a sua namorada, Avery Jessup (interpretada por Elizabeth Banks): não beber álcool durante a gravidez inteira dela, como um acto de solidariedade para com Avery. Em vez de beber, ele faz tricô e ilusionismo, mas descobre que a sua vontade de beber é tão forte ao ponto de o fazer cheirar latas de tinta, e respirar o ar da boca de Jenna apenas para obter um cheiro de álcool. Durante a emissão ao vivo do TGS, Liz recebe um telefonema da companhia aérea do seu namorado, o piloto Carol Burnett (interpretado por Matt Damon), informando-lhe que ele está passando por uma turbulência extrema e pode perder o controle de seu avião.[39]

No acto final do episódio, Jack conspira com o elenco e a equipa do TGS para dar à Liz um aniversário surpresa de última hora, para que pareça como se tivesse sido planeado. Enquanto isso, Carol aterra com segurança o seu avião e corre para cumprimentar Liz no estúdio. Tudo o que pode se reunir a curto prazo é uma banda polca e um grande bolo com a imagem do Fonzie em sua parte superior — itens que foram destinados à comemoração do aniversário da zeladora Jadwiga (interpretada por Rachel Dratch). Após descobrir isto, Jadwiga arruina o discurso de boa noite durante o encerramento do TGS, e estraga o bolo, comendo-o com as suas mãos nuas. Após isto, no escritório de Jack, ele e Liz compartilham uma bebida. Na cena final, quando Jack toma um golo de sua bebida, o programa reverte para o segmento pré-gravado, e Jack diz: "That's more like it". O episódio termina com um discurso de boa noite ao vivo pelo elenco do episódio no palco do TGS, a la Saturday Night Live (SNL).[39]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Conexão com tropas de televisão[editar | editar código-fonte]

Um close-up de Lorne Michaels, homem de meia-idade, de raça branca, com cabelos brancos vestindo um terno preto e camisa branca, com os olhos apontando para a esquerda.
O produtor do Saturday Night Live de longo prazo Lorne Michaels, esteve presente nos ensaios e desempenho de ambas transmissões ao vivo de "Live Show" para oferecer seu apoio para com a série.

Como a transmissão ao vivo de "Live Show" foi gravada com câmaras de televisão ao vivo e editada em vídeo em vez de película, a qualidade de vídeo para este episódio foi visivelmente diferente da dos outros episódios de 30 Rock.[40] Jack reconhece isso no início do episódio, perguntando por que tudo se parece como uma "novela mexicana".[41] Ao longo do episódio, os personagens quebraram a quarta parede — um termo usado quando um personagem de um filme televisivo ou de teatro lida directamente com o público: o comportamento não profissional de Tracy durante o decorrer do episódio do TGS,[42] as referências de Jack à qualidade do vídeo,[41] a interpretação de Julia Louis-Dreyfus da personagem Liz em sequências de cutaway,[43] e o reaparecimento dos elementos padrão de sitcom.[40]

Além disso, houve várias conexões com o Saturday Night Live (SNL): Tina Fey, Tracy Morgan, Rachel Dratch, Bill Hader, Louis-Dreyfus, Chris Parnell, e a directora Beth McCarthy-Miller são todos ex-alunos do SNL (o ex-aluno e companheiro Will Ferrell foi convidado a repetir o seu papel recorrente na sequência "Bitch Hunter", mas teve um conflito de agendamento);[44] o show foi filmado no estúdio 8H do SNL diante de uma plateia ao vivo,[42] a sequência final foi um discurso de boa noite pelo elenco, enquanto os créditos apareciam (os créditos utilizaram a mesma fonte usada pelo SNL), e os vídeos promocionais que antecederam o episódio foram narrados pelo locutor de longo tempo do SNL, Don Pardo. A música para "Live Show" — tanto para as sequências do TGS e locação — foi fornecida ao vivo pela banda da casa do SNL, sob a direcção do marido de Fey, Jeff Richmond, e Leon Pendarvis. Além disso, o produtor de longo tempo do SNL, Lorne Michaels, participou do ensaio e de ambas as performances para dar os seus conselhos.[15] [9]

Cada intervalo comercial durante o show foi feito baseando-se em um intervalo comercial de emergência do TGS, incluindo um comercial fictício, e um falso com as justificativas de "dificuldades técnicas da NBC" escritas na tela.[39]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Segundo as estatísticas do serviço de mediação de audiências Nielsen Ratings, "Live Show" foi assistido por 6.701 milhões de domicílios em sua transmissão original,[45] e recebeu uma classificação de 3.1/9 no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade, marcando assim a maior audiência da temporada.[46] O 3.1 refere-se a 3.1 por cento de todos os cidadãos de 18 a 49 anos de idade nos Estados Unidos, e o 9 refere-se a 9 por cento de todos os telespectadores de 18 a 49 anos de idade assistindo televisão nos EUA no momento da transmissão. Isto é um aumento de 43 por cento em relação ao episódio anterior,[47] "Let's Stay Together", que reuniu uma audiência média de 4.9 milhões de telespectadores e recebeu uma classificação de 2.1/7 no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade,[48] [49] e um aumento de 29 por cento em relação ao episódio de estreia da temporada,[50] [51] "The Fabian Strategy", que atraiu 5.85 milhões de telespectadores.[52] [53] Na semana de 4 a 10 de Outubro de 2010, 30 Rock ficou no primeiro lugar do perfil demográfico de homens entre os 18 aos 34 anos de idade, e no segundo lugar entre todos os outros programas exibidos no horário nobre de quinta-feira pelos canais de televisão American Broadcasting Company (ABC), Columbia Broadcasting System (CBS), National Broadcasting Company (NBC), e FOX, perdendo somente para Community.[54]

Esta foi a maior audiência alguma vez registrada pelo show desde o episódio "Secret Santa", exibido a 10 de Dezembro de 2009, que foi assistido por 7.54 milhões de domicílios,[55] e recebeu uma classificação de 3.5/9 no perfil demográfico dos telespectadores entre os 18 aos 49 anos de idade,[56] e também a maior para o horário das 20 horas e 30 minutos de quinta-feira para um evento não desportivo desde Dezembro de 2009.[51] [47]

Análises da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AOL (favorável)[57]
Associated Press (desfavorável)[58]
The A.V. Club (A)[59]
Boston Herald (desfavorável)[60]
Entertainment Weekly (favorável)[61]
New York Daily News (favorável)[62]
Time (mista)[63]
Los Angeles Times (favorável)[64]
The Atlantic (favorável)[65]
New York Daily News (favorável)[62]

"A mudança para o espaço do SNL definitivamente mudou a experiência visual do show. Haviam dois ângulos estranhos de câmara, como a câmara no topo do escritório onde Liz entra para falar com Jonathan, e devido a disposição de palco do estúdio, nós vimos as peças do estúdio de uma maneira diferente. Eu mal reconheci o escritório do Jack, visto que vimos a lareira, habitualmente não vista por estar do lado direito da câmara, em vez disso, vimos a secretária do Jack e as janelas atrás dela. Haviam alguns novos sons adicionados à banda sonora, com a adição da plateia ao vivo — que entusiasmadamente adorou a aparição de Jon Hamm — e uma banda ao vivo (a banda do SNL?) tocou a música de abertura e de fundo durante algumas cenas."

 — Caitlan Smith, do The Atlantic, em sua análise de "Live Show".[65]

A recepção crítica para "Live Show" foi geralmente positiva. Todd VanDerWerff, escrevendo para o blogue The A.V. Club, deu ao episódio a classificação A, observando a nostalgia clássica da televisão e, especificamente, a configuração de sitcom que este episódio mostrou. Embora o ritmo e o tom de "Live Show" eram diferentes de um episódio normal de 30 Rock, ele considerou este episódio foi "uma experiência, como um híbrido esquisito de 30 Rock [sic], uma sitcom antiga, e Saturday Night Live", e finalmente um sucesso.[59] James Poniewozik, da revista Time, também escreveu que o episódio foi irregular, mas bem sucedido como um tributo para a televisão.[63] Bob Sassone, do bloco televisivo TV Squad do sítio AOL, ficou impressionado com o episódio, especificamente com o desempenho de Fey e a imitação de Louis-Dreyfus de Liz Lemon.[57] David Hinckley, do New York Daily News, teve uma recepção favorável, notando que o ponto alto foi a história do esquecimento do aniversário de Liz. "Com medo de uma semelhança suspeituosa com o Saturday Night Live, a alma mater de vários artistas e criadores, o 30 Rock ao vivo apostou mais em cenas curtas e sketches..."[62] Paige Wiser, do Chicago Sun-Times, elogiou a participação de Rachel Dratch e a cena onde Jack respira da boca de Jenna, e concluiu dizendo que não há nada de mal a dizer sobre o episódio.[66] Henry Hanks, do blogue The Marquee Blog do canal de televisão Cable News Network (CNN), notou a "habilidade admirável dos artistas de manterem o ritmo que o separa de um episódio de 30 Rock, mesmo com uma plateia ao vivo aplaudindo".[67]

No entanto, nem todas as opiniões foram favoráveis. Frazier Moore, da agência de notícias Associated Press, deu ao episódio um comentário negativo, chamando-o de "uma fatia super-aquecida de auto-indulgência" e um "excesso".[58] Mark Perigard, do Boston Herald, considerou o episódio "assim-assim" devido ao seu "enredo monótono".[60]

Annie Barret, da revista de entretenimento Entertainment Weekly, declarou-o "como o SNL, mas engraçado".[61] Meredith Blake, do Los Angeles Times, concordou com Jack Donaghy sobre a qualidade do vídeo, e disse que o episódio ao vivo funcionou para 30 Rock, e gostaria que a série repetisse o feito.[64] Caitlan Smith, do The Atlantic, notou que "a mudança para o espaço do SNL definitivamente mudou a experiência visual do show" e elogiou as participações de Jon Hamm e Dratch.[65] Natalie Finn, da revista digital e blogue E! Online, disse que "Live Show" teve várias semelhanças com o SNL, como teve aparições surpresa, comerciais tolos, e o discurso de boa noite.[68]

Cquote1.svg 30 Rock pode (falar) sobre muitas coisas — trabalho, política, género e raça, snacks — mas no seu momento mais desfrutável, é um programa de TV se divertindo com a ideia de ser um programa de TV. Então, "Live Show" pode não ter sido o melhor episódio de 30 Rock como um episódio; (...) filmado normalmente em película, teria sido uma história com os habituais Liz e Jack, e um sub-enredo justamente fraco de Jenna-está-zangada-com-Tracy. Cquote2.svg
James Poniewozik, da revista Time, em sua análise de "Live Show".[63]

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Na análise dos melhores programas de televisão de 2010, o The A.V. Club posicionou 30 Rock no número dezoito, e citou "Live Show" como um dos melhores episódios do ano.[69] Na lista dos "Melhores Episódios de 2010", o sítio The Futon Critic posicionou "Live Show" no número vinte.[70]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Por seu trabalho na direcção de "Live Show", Beth McCarthy-Miller recebeu uma nomeação para um Primetime Emmy Award na categoria "Melhor Direcção para Série de Comédia" em sua sexagésima sexta cerimónia anual, decorrida a 18 de Setembro de 2011.[71] [72] Infelizmente, ela perdeu para Michael Alan Spiller, pela direcção do episódio "Halloween", da segunda temporada do pseudodocumentário Modern Family.[73]

"Live from Studio 6H"[editar | editar código-fonte]

Durante uma entrevista com o blogue Extra em 21 de Março de 2012,[74] o actor Alec Baldwin deixou escapar que 30 Rock iria exibir novamente um episódio ao vivo na noite de 26 de Abril.[75] [76] Tal e qual como "Live Show", "Live from Studio 6H" — o título do episódio — foi filmado e transmitido em frente a uma plateia ao vivo por duas vezes, para os telespectadores americanos da Costa Ocidental pelas 20 horas e 30 minutos (UTC-4), e para os da Costa Oriental pelas 23 horas e 30 minutos (UTC-4).[77] [78] Além disso, foi dirigido por Beth McCarthy-Miller e co-escrito por Tina Fey.[79]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. a b "Quebrar um personagem" é um termo teatral usado para descrever uma situação em que um actor, que está interpretando um personagem no momento, abandona o personagem e actua como o seu eu normal.

Referências

  1. 30 Rock — Live Show (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  2. Tina Fey Biography (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 17 de Abril de 2012.
  3. Robert Carlock (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 5 de Janeiro de 2012.
  4. 30 Rock — When It Rains It Pours (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  5. Beth McCarthy-Miller (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 17 de Abril de 2012.
  6. "The Fabian Strategy". Argumentista(s): Tina Fey; Director(es): Beth McCarthy-Miller;. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Long Island City, Queens, Nova Iorque. 23 de Setembro de 2011 (2011-09-23). Episódio número 1, 5ª temporada. 30 minutos.
  7. Episode Title: (#504) LIVE SHOW (em inglês) The Futon Critic. Página visitada em 8 de Dezembro de 2010.
  8. Chozik, Amy (30 de Julho de 2010). NBC to Air Live '30 Rock,' May Expand Sitcom Slate (em inglês) The Wall Street Journal. Dow Jones & Company. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  9. a b c Itzkoff, David (12 de Outubro de 2010). Urban Fervor: ‘30 Rock’ Shares Details of Its Live Episode (em inglês) The New York Times. The New York Times Company. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  10. Collura, Scott (13 de Outubro de 2010). Live from New York, It's... 30 Rock! (em inglês) IGN. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  11. Armstrong, Jennifer. (24 a 17 de Setembro de 2010). "Thursday – 30 Rock" (em inglês). Entertainment Weekly 1120 e 1121 (Número Especial Duplo): 91. Estados Unidos: Time Inc..
  12. a b c Crook, John (6 de Outubro de 2010). '30 Rock' live: Stage fright not an issue for Tina Fey and company (em inglês) Zap2it. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  13. a b Emmys: Q&A With Tina Fey & '30 Rock' Co-Showrunner R,obert Carlock (em inglês) Deadline. (10 de Agosto de 2010). Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  14. Tina Fey on Possible Bloopers When '30 Rock' Goes Live! (em inglês) Entertainment Tonight. (13 de Outubro de 2010). Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  15. a b Ram, Archana (14 de Outubro de 2010). '30 Rock' Live: On the scene at the dress rehearsal (em inglês) Entertainment Weekly. Time Inc.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  16. Buchanan, Kyle (15 de Outubro de 2010). The 17 Differences Between 30 Rock's East Coast and West Coast Live Episodes (em inglês) New York Magazine. New York Media, LLC. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  17. Baldwin, Kristen (10 de Abril de 2007). One Fine Fey (em inglês) Entertainment Weekly.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  18. 'Ally' Cat Krakowski Joins '30 Rock' (em inglês) Zap2it (17 de Agosto de 2006). Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  19. Traister, Rebecca (14 de Abril de 2010). The Tina Fey backlash (em inglês) Salon.com. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  20. Schneider, Michael (14 de Agosto de 2006). Inside Move: Dratch latched to multiple 'Rock' roles (em inglês) Variety.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  21. "The Aftermath". Argumentosta(s): Tina Fey; Director(es): Adam Bernstein. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company. 18 de Outubro de 2006 (2006-10-18). Episódio número 2, 1ª temporada.
  22. "The Source Awards". Argumentosta(s): Robert Carlock, Daisy Gardner; Director(es): Don Scardino. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company. 1 de Março de 2007 (2007-03-01). Episódio número 16, 1ª temporada.
  23. Messer, Lesley (8 de Setembro de 2010). Rachel Dratch Welcomes Son Eli Benjamin (em inglês) People. Time Inc.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  24. 30 Rock — Live Show (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  25. "Tracy Does Conan". Argumentista(s): Tina Fey; Director(es): Adam Bernstein. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company. 6 de Dezembro de 2006 (2006-12-06). Episódio número 7, 1ª temporada.
  26. Barrett, Annie (7 de Dezembro de 2006). What 'SNL' alums besides Chris Parnell should guest on '30 Rock'? (em inglês) Entertainment Weekly.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  27. "When It Rains, It Pours". Argumentista(s): Robert Carlock; Director(es): Don Scardino. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Queens, Long Island City, Nova Iorque. 30 de Setembro de 2010 (2010-09-30). Episódio número 2, 5ª temporada. 22 minutos.
  28. a b Canning, Robert (15 de Abril de 2011). '30 Rock': "Somebody to Love" Review (em inglês) IGN. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  29. a b "Somebody to Love". Argumentosta(s): Tina Fey, Kay Cannon; Director(es): Beth McCarthy-Miller. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Cidade de Nova Iorque. 15 de Novembro de 2007 (2007-11-15). Episódio número 6, 2ª temporada. 22 minutos.
  30. Mitovich, Matt Webb (2 de Fevereiro de 2007). It Feels Good to Laugh (em inglês) TV Guide.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  31. Matheson, Whitney (19 de Abril de 2007). A chat with ... '30 Rock' and 'SNL' star Jason Sudeikis (em inglês) USA Today.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  32. "The Fighting Irish". Argumentista(s): Jack Burditt; Director(es): Dennie Gordon. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company. 8 de Março de 2007 (2007-03-08). Episódio número 17, 1ª temporada.
  33. "Anna Howard Shaw Day". Argumentista(s): Matt Hubbard; Director(es): Ken Whittingham. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Cidade de Nova Iorque. 11 de Fevereiro de 2010 (2010-02-11). Episódio número 13, 4ª temporada. 23 minutos.
  34. 30 Rock — Anna Howard Shaw Day (em inglês) Yahoo! TV. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  35. Sepinwall, Alan (4 de Abril de 2010). 30 Rock, 'Verna': Jan Hooks guest-stars (em inglês) The Star-Ledger.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  36. Fickett, Travis (17 de Outubro de 2006). IGN Interview: '30 Rock''s Tracy Morgan (em inglês) IGN. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  37. Goodwin, Christopher (11 de Maio de 2008). And funny with it (em inglês) The Guardian.. Página visitada em 18 de Dezembro de 2009.
  38. "Alec Baldwin/Christina Aguilera". Saturday Night Live. NBC Universal. National Broadcasting Company. 11 de Novembro de 2006 (2006-11-11). Episódio número 5, 32ª temporada.
  39. a b c d "Live Show". Argumentista(s): Robert Carlock, Tina Fey. 30 Rock. NBC Universal. National Broadcasting Company, Long Island City, Queens, Nova Iorque. 14 de Agosto de 2010 (2010-08-14). Episódio número 4, 5ª temporada. 23 minutos.
  40. a b Stuever, Hank (17 de outubro de 2010). TV review: NBC's live '30 Rock' episode lives up to its billing (em inglês) The Washington Post. The Washington Post Company. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  41. a b '30 Rock' goes live, looks like a 'Mexican soap opera' (em inglês) USA Today. Gannett Company (14 de Outubro de 2010). Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  42. a b Derschowitz, Jessica (14 de Outubro de 2010). "30 Rock" Goes Live from New York (em inglês) CBS News. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  43. Eidler, Scott (16 de Outubro de 2010). 30 Rock Recap: Live From New York It’s....30 Rock! (em inglês) The Cornell Daily Sun. Universidade Cornell. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  44. Adams, Sam (12 de Maio de 2010). Will Ferrell Interview (em inglês) The A.V. Club.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  45. Gorman, Bill (15 de Outubro de 2010). Thursday Finals: The Big Bang Theory, $#*!, 30 Rock, The Office, Outsourced, Grey's Anatomy, Fringe All Adjusted Up (em inglês) 15 de Outubro de 2010. TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  46. Carter, Bill (15 de Outubro de 2010). Live Show Brings Viewers to '30 Rock' (em inglês) The New York Times. The New York Times Company. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  47. a b Gorman, Bill (15 de Outubro de 2010). TV Ratings Thursday: '$#*! My Dad Says' Beats Live '30 Rock'; 'Private Practice', 'CSI', 'Mentalist', 'Community', 'Office' Rise (em inglês) TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  48. Seidman, Robert (8 de Outubro de 2010). Thursday Finals: 'Bones', 'Community', 'Grey’s Anatomy', 'Big Bang Theory', '$#*! My Dad Says', 'The Office' Adjusted Up (em inglês) TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  49. NBC Primetime Results for the Week of Oct. 4-10 (em inglês) The Futon Critic (12 de Outubro de 2010). Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  50. Adalain, Josef (15 de Outubro de 2010). '30 Rock's Live Episode Gets a Ratings Boost (em inglês) New York Magazine.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  51. a b Fitzgerald, Toni (15 de Outubro de 2010). Live '30 Rock' episode hits a season high (em inglês) Media Life Magazine. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  52. Seidman, Robert (24 de Setembro de 2010). TV Ratings Thursday: 'The Big Bang Theory' Scores at 8pm; 'Grey’s Anatomy' Tops Night With Young Adults; 'My Generation' Premiere Stalls (em inglês) Zap2It. TV by the Numbers. Página visitada em 11 de Dezembro de 2011.
  53. Seidman, Robert (24 de Setembro de 2010). Golden Girl Betty White and Tina Fey Rock Bravo's "Inside the Actors Studio" and "Watch What Happens: Live" (em inglês) The Futon Critic. Página visitada em 11 de Dezembro de 2011.
  54. NBC PRIMETIME RESULTS FOR THE WEEK OF OCT. 4-10 (em inglês) NBC Universal Media VIllage (12 de Outubro de 2010). Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  55. NBC Wins the Primetime Week of Dec. 6-12 in Adults 18-49 (em inglês) The Futon Critic (14 de Dezembro de 2010). Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  56. Gorman, Bill (11 de Dezembro de 2009). Broadcast Finals: Survivor, CSI, Mentalist, Community, Parks, Office, 30 Rock, Leno All Down (em inglês) TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  57. a b Sassone, Bob (14 de Outubro de 2010). '30 Rock' Live Episode Recap (Video) (em inglês) TV Squad. AOL. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  58. a b Moore, Frazier (15 de Outubro de 2010). NBC's '30 Rock' lives it up with a live episode (em inglês) The Boston Globe. Associated Press. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  59. a b VanDerWerff, Todd (15 de Outubro de 2010). "Live Show" (em inglês) The A.V. Club.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  60. a b Perigard, Mark (15 de Outubro de 2010). Live from New York, it was a so-so '30 Rock' (em inglês) Boston Herald. Herald Media Inc.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  61. a b Barrett, Annie (14 de Outubro de 2010). '30 Rock' recap: Live From New York! (em inglês) Entertainment Weekly. Time Inc.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  62. a b c Hinckley, David (15 de Outubro de 2010). Tina Fey, Alec Baldwin deliver on live '30 Rock' episode that provided laughs for cast and audience (em inglês) New York Daily News.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  63. a b c Poniewozik, James (15 de Outubro de 2010). 30 Rock Watch: The Live of the Party (em inglês) Time. Time Inc.. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  64. a b Blake, Meredith (14 de Outubro de 2010). '30 Rock' recap: 10 best live moments (em inglês) Los Angeles Times. Tribune Company. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  65. a b c Smith, Caitlin (15 de Outubro de 2010). '30 Rock' Live Episode: Did It Work? (em inglês) The Atlantic. Atlantic Media Company. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  66. Wiser, Paige (15 de Outubro de 2010). The live '30 Rock': magic, laughs and lots of Dratch (em inglês) Chicago Sun-Times. Sun-Times Media Group. Página visitada em 28 de Abril de 2012. Cópia arquivada em 18 de Outubro de 2010.
  67. Hanks, Henry (15 de Outubro de 2010). Live from New York, it's '30 Rock'! (em inglês) The Marquee Blog. Cable News Network. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  68. Finn, Natalie (14 de Outubro de 2010). 30 Rock Live: Seinfeld Money Buys a Lot of Laughs (em inglês) E!. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  69. The 25 best television series of 2010 (em inglês) The A.V. Club. (20 de Dezembro de 2010). Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  70. Sullivan, Brian Ford (6 de Janeiro de 2011). The 50 Best Episodes of 2010: #20-11 (em inglês) The Futon Critic. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  71. 2010 Emmy Nominees & * Winners (em inglês) Chiff. Página visitada em 28 de Abril de 2012.
  72. Universal Media Studios Garners An Impressive 49 Total Nominations for 63rd Annual Primetime Emmy Awards (em inglês) The Futon Critic (14 de Julho de 2011). Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  73. Rice, Lynette (18 de Setembro de 2011). Emmys 2011: The complete winners list (em inglês) Entertainment Weekly.. Página visitada em 27 de Abril de 2012.
  74. Alec Baldwin on Tom Cruise, '30 Rock' and Circus Elephants (em inglês) Extra. (21 de Março de 2012). Página visitada em 23 de Março de 2012.
  75. Eckstein, David (23 de Março de 2012). '30 Rock': Comedy to go 'Live from New York' on April 26 (em inglês) Zap2it. Página visitada em 24 de Março de 2012.
  76. NBC’S '30 ROCK' WILL PRODUCE NEW LIVE EPISODE ON APRIL 26 FROM STUDIO 8H IN ROCKEFELLER CENTER (em inglês) NBC Universal Media Village (29 de Março de 2012). Página visitada em 30 de Março de 2012.
  77. Stanhope, Kate (21 de Março de 2012). 30 Rock Going Live Again This April (em inglês) TV Guide.. Página visitada em 24 de Março de 2012.
  78. Kondolojy, Amanda (29 de Março de 2012). NBC’s '30 Rock' Will Produce New Live Episode On April 26 From Studio 8h In Rockefeller Center (em inglês) TV by the Numbers. Zap2it. Página visitada em 30 de Março de 2012.
  79. NBC's "30 Rock" Will Produce New Live Episode on April 26 from Studio 8H in Rockefeller Center (em inglês) The Futon Critic (29 de Março de 2012). Página visitada em 30 de Março de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"Let's Stay Together"
Episódios da quinta temporada de 30 Rock
Sucedido por
"Reaganing"
Precedido por
"Secrets and Lies"
Episódios de 30 Rock transmitidos ao vivo
Sucedido por
"Live from Studio 6H"