Livres para Adorar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Livres para Adorar
Informação geral
País  Brasil
Gênero(s) rock cristão, pop rock, rock progressivo, rock britânico
Período em atividade 2005 - presente
Gravadora(s) Onimusic
Afiliação(ões) Heloisa Rosa, Nívea Soares
Influência(s) Delirious?
Página oficial Livres Oficial
Integrantes Juliano Son (voz)
Adriano Alves (bateria e teclado)
Dyck Friesen (guitarra)
Dani Aguiar (baixo)
Drake Phillips (violão e vocal de apoio)
Ex-integrantes Roberta Digilio (baixo)
Daniel Oliveira (teclado)
Newman Omena (guitarra)
Robinson Rui (guitarra)
Eber Morilha (baixo)
Fifo Raicoski (Baixo)
Erison Nascimento (guitarra)

Livres para Adorar é uma banda brasileira de rock cristão, rock britânico, voltada ao pop rock e o rock progressivo, tendo como líder e vocalista Juliano Son.

Em atividade desde 2005, o conjunto só obteve notoriedade nacional em 2009, com o disco Pra que Outros possam Viver. Em sua discografia, a banda possui quatro álbuns e dois DVDs.

História[editar | editar código-fonte]

O grupo iniciou suas atividades após a visita de uma missionária ao Nepal, e o que ela tinha visto nos locais por onde passou. Disse que havia visto um esquema de prostituição infantil. Então surgiu um desejo e necessidade por parte dos integrantes de poder ajudar aquelas crianças.[1]

Em 2005, o grupo lançou o álbum Livres para Adorar, que teve participação de Nívea Soares e Christie Tristão.[2]

Em novembro de 2006, o grupo lança o álbum A Mensagem, produzido por Gustavo Soares. Todo o lucro do álbum foi revertido ao projeto social do grupo que luta contra situações de risco envolvendo crianças.[3]

Em 2009, o ministério gravou o álbum Pra que Outros possam Viver,[4] que também foi registrado em DVD na Conferência Livres, em São Paulo, e trouxe participações de Heloisa Rosa e Jason Upton.[5] Foi lançado um outro DVD com as pregações da conferência, "Mensagens - 1ª Conferência Livres - São Paulo - Pra que os Outros possam viver". A "Conferência Livres" passou a ser anual em São Paulo, com planos de acontecer em outros estados, outras vezes no ano.

Em 2011, o grupo lançou o álbum Mais um Dia, produzido por Ruben di Souza.[6] O grupo também foi indicado no Troféu Promessas na categoria melhor grupo.[7] Um DVD ao vivo foi gravado dia 1 de dezembro de 2012 na Bola de Neve Church, e o lançamento do CD/DVD "Mais um Dia Ao Vivo" foi em 18 de maio de 2013, durante a Conferência Livres 2013.

Ainda em 2011 foi lançado o DVD duplo "Mensagens Conferência Livres São Paulo 2010-2011". Em julho de 2012 foram lançados os playbacks dos CDs "Pra Que Outros Possam Viver" e "Mais Um Dia".

Em 2013 o Ministério Livres implantou uma filial do "Projeto LivreSer" (que já existia em São Paulo) no Piauí, para onde o vocalista Juliano Son se mudou com sua família em janeiro. O projeto se centra num abrigo para 100 crianças em situação de vulnerabilidade, além de planos para um centro missionário, luta contra a exploração sexual infantil e violência, além do escavamento de poços d'água,o primeiro foi implantado em maio de 2013 em Betânia do Piauí.[8] [9]

Discografia e Videografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2006 Livres para Adorar
2007 A Mensagem
2009 Pra que Outros possam Viver
2009 Pra que Outros possam Viver - Ao Vivo (DVD)
2011 Mais um Dia
2013 Mais um Dia - Ao Vivo

Outros Projetos[editar | editar código-fonte]

2009 Mensagens - 1ª Conferência Livres - São Paulo - Pra que os Outros possam viver (DVD)
2011 Mensagens - Conferência Livres - São Paulo - 2010-2011 (DVD)

Referências

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.