Load average

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}

Se você já trabalhou muito tempo num ambiente Unix, provavelmente já viu as load averages algumas vezes.

  $ uptime
  6:23PM  up  6:36, 3 users, load averages: load averages: 2.43, 2.96, 3.41

Mesmo alguns administradores experientes não conhecem completamente o que são estes números, porém alguns já se esforçaram para tentar entender de onde vem estes valores.

Em resumo, estes são os valores médios dos processos esperando execução ou em execução nos últimos períodos de 1, 5 e 15 minutos.

A fórmula é um pouco mais complicada que isso, mas esta explicação atende bem a uma definição funcional do assunto. O artigo original que inspirou este texto, escrito por Zach, menciona ainda outro artigo referenciado como Dr. Neil Gunther’s article em que se detalha o assunto mais fortemente.

Mas o que isso quer dizer sobre seu sistema?

Bom, para um exemplo rápido vamos considerar a saída abaixo. A carga média do sistema (load average) pode ser encontrada facilmente executando o comando top ou uptime e os usuários em geral não necessitam ter qualquer privilégio para executá-los.

  load averages: 2.43, 2.96, 3.41

Aqui vemos que a média do último minuto é 2.43, dos últimos 5 minutos 2.96, e dos últimos 15 minutos 3.41.

Algumas conclusões que podemos tirar disso:

  • Em média, durante o último minuto, tivemos 2.43 processos rodando ou esperando por recurso na máquina
  • De maneira geral a carga está tendendo a diminuir, já que as médias vem caindo (3.41, 2.96 e 2.43)
  • O sistema está ocupado, mas não podemos concluir o quanto apenas pelas load averages.

É importante aqui mencionar que esses valores não levam em conta o número de processos. Outro detalhe importante é que processos podem estar aguardando por qualquer coisa, incluindo CPU, disco ou rede.

O que sabemos portanto é que um sistema que tem load averages significativamente mais altos que o número de CPUs está provavelmente bem ocupado, ou travado por algum gargalo ou falta de recurso crítico. Por outro lado, um sistema com o load average mais baixo que o número de CPUs está provavelmente folgado.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]