Lobsang Gyatso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lobsang Gyatso
1618-1682.
Precedido por
Yonten Gyatso
Dalai Lama
1617 - 1682
Sucedido por
Tsangyang Gyatso

Lobsang Gyatso, Ngawang Lobsang Gyatso ou Ngawang Lobzang Gyamtso (1617 e 1682), conhecido por o Grande Quinto, foi considerado o maior Dalai Lama, com exceção do último.

O 5.º Dalai Lama é considerado grande porque unificou o Tibete, que tinha se desmembrado durante os 8 ou 9 séculos anteriores, Foi ele quem criou uma clara estrutura de governo, afirmou o Décimo Quarto Dalai Lama.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O quinto Dalai Lama, nasceu em 1617 em Lhoka Chingwar Taktse, ao sul de Lhasa filho de Dudul Rabten e Kunga Lhanzi.

Quando Sonam Chophel, o atendente-mor do quarto Dalai Lama, ouviu falar das capacidades excepcionais do menino Chong-Gya, foi visitá-lo e lhe mostrou objetos que pertenceram ao Dalai Lama anterior. O menino imediatamente disse que aqueles objetos lhe pertenciam. Sonam Chophel manteve a descoberta do quinto Dalai Lama em segredo por causa da situação política turbulenta. Quando as coisas se acalmaram, o quinto Dalai Lama foi levado para o monastério de Drepung, onde foi ordenado como monge pelo terceiro Panchen Lama, Lobsang Chogyal, e recebeu o nome de Ngawang Lobsang Gyatso.

O quinto Dalai Lama foi reconhecido na ocasião em que o Tibet estava atravessando uma situação política turbulenta. Entretanto, toda essa incerteza foi acalmada por Gushir Khan, o chefe dos Mongóis Qoshot, e em 1642, o Dalai Lama foi entronizado no salão principal de Shigatse como o líder espiritual e também político do Tibet. Em 1645, o Dalai Lama reuniu-se com altos oficiais de Gaden Phodrang sobre a construção do Palácio de Potala na Colina Vermelha, em Lhasa, onde o 33º rei do Tibet, Songtsen Gampo, construíra um forte vermelho. No mesmo ano, iniciou-se a construção e levou mais de quarenta e três anos para terminar.

Em 1649, Sunzhi, o imperador Manchu, convidou o Dalai Lama para visitar Pequim. Quando chegou na província chinesa de Ningxia, foi recebido pelo ministro do imperador e o comandante militar que veio com uma cavalaria de três mil pessoas para acompanhar o líder tibetano. O próprio imperador veio de Pequim para recebê-lo em um lugar chamado Kothor. Na capital chinesa, o Dalai Lama hospedou-se no Palácio Amarelo, construído para ele pelo imperador. Quando o imperador oficialmente encontrou-se com o Dalai Lama, os dois trocaram títulos. Em 1653, o Dalai Lama retornou ao Tibet.

Gushir Khan morreu em 1655, assim como Sonam Chophel, o “Desi”. O Dalai Lama nomeou o filho de Gushir Khan, Tenzin Dorje, como o novo rei mongol, e Drong Me-Pa Thinle Gyatso sucedeu este último no cargo de Desi. Quando o imperador manchu morreu em 1662, seu filho, K’ang-si, ascendeu ao trono manchu. No mesmo, ano morreu o Panchen Lama com noventa e um anos. Em 1665, depois de uma petição do monastério de Tashi Lhunpo, o Dalai Lama reconheceu um menino da região de Tsang como a reencarnação do Panchen Lama e deu a esse menino o nome de Lobsang Yeshi.

O quinto Dalai Lama foi um grande erudito, muito versado em sânscrito. Escreveu muitos livros, inclusive um de poesias. Estabeleceu também duas instituições educacionais, uma para oficiais leigos e outra para monges, onde aprendiam mongol, sânscrito, astrologia, poesia, e administração. Foi um homem de poucas palavras, porém o que dizia era com convicção e influenciou governantes além das fronteiras do Tibet. Em 1682, com sessenta e cinco anos, morreu antes de completar a construção do Palácio de Potala, entretanto, não antes de confiar a responsabilidade da construção para Sangya Gyatso, o novo Desi com o conselho de manter sua morte em segredo por um tempo.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ventos da Impermanência: Um Estudo sobre a Ressignificação do Budismo Tibetano no Contexto da Diáspora, Ana Cristina Lopes Nina, EdUSP, São Paulo, Brasil, 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lobsang Gyatso