Looking Hot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Looking Hot"
Single de No Doubt
do álbum Push and Shove
Lançamento 9 de novembro de 2012
Formato(s) Download digital
Gênero(s) Ska, reggae rock, pop rock, dance punk
Duração 4:43
Gravadora(s) Interscope Records
Composição Gwen Stefani, Tony Kanal, Tom Dumont
Produção Spike Stent
Cronologia de singles de No Doubt
Último
Último
"Push and Shove"
(2012)
Próximo
Próximo

"Looking Hot" é uma canção da banda norte americana No Doubt do seu sexto álbum de estúdio Push and Shove. Foi lançada como o segundo e último single do álbum [1] .

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

No Doubt performou a canção no The Tonight Show with Jay Leno em 25 de outubro de 2012, no episódio que apresentava o presidente Barack Obama como convidado. Eles também performaram a canção no The X Factor em 4 de novembro, assim como no dia 11 de novembro no 2012 MTV Europe Music Awards em Frankfurt, na Alemanha.

Em 27 de novembro de 2012, os No Doubters, como são conhecidos os fãs da banda, fizeram o "Looking Hot Day" nas redes sociais, uma campanha mundial para a ajudar Looking Hot à entrar nas tabelas do iTunes e Amazon.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Gwen Stefani, vocalista da banda, aparece no videoclipe da canção como uma nativa americana.

O tema do videoclipe da canção foi "cowboys e indios" foi dirigido por Melina Matsoukas, que produziu hits como S&M e We Found Love cantora Rihanna. E foi removido pela banda no dia seguinte a sua estréia por causa da controvérsia ao redor do tema do vídeo, reportada como suposto esteriótipos dos nativos americanos. No Doubt lançou um comentário pedindo desculpas: "As a multi-racial band, our foundation is built upon both diversity and consideration for other cultures. Our intention with our new video was never to offend, hurt or trivialize Native American people, their culture or their history. Although we consulted with Native American friends and Native American studies experts at the University of California, we realize now that we have offended people. This is of great concern to us and we are removing the video immediately. The music that inspired us when we started the band, and the community of friends, family, and fans that surrounds us was built upon respect, unity and inclusiveness. We sincerely apologize to the Native American community and anyone else offended by this video. Being hurtful to anyone is simply not who we are."

Vendas[editar | editar código-fonte]

Segundo o site Rockline MTV, a canção vendeu somente 680 cópias na sua primeira semana de lançamento na Inglaterra. A canção alcançou apenas a 397ª posição e precisava vender o praticamente triplo do que vendeu para entrar no Top 200. Até o momento da publicação Looking Hot havia vendido 1.400 cópias no Reino Unido [2] .

Créditos e pessoal[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados das notas de Push and Shove.

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

  • Single Digital
  1. "Looking Hot" - 4:43
  2. "Looking Hot (Stephen Hilton Remix)" - 7:14
  3. "Settle Down (Jonas Quaint Remix)" - 4:33
  • EP: The Remixes
  1. "Looking Hot (Kill Paris Remix)" - 4:22
  2. "Looking Hot (R3hab Remix)" - 4:23
  3. "Looking Hot (Stephen Hilton Remix)" - 7:14

Desempenho nas Paradas Musicais[editar | editar código-fonte]

Chart (2012) Melhor
Posição
UK Singles (Official Charts Company)[3] 397

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.