Louis-Adolphe Bertillon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Louis-Adolphe Bertillon ( Paris, 1 de abril de 182128 de fevereiro de 1883 ) foi um médico, estatístico e antropologo francês.

Exerceu a carreira de médico antes de dedicar-se ao uso da demografia para efetuar seus estudos de antropologia. Estudou as causas da taxa de mortalidade, sendo o primeiro a utilizar o termo, e foi um defensor do uso da vacina. Participou da fundação da escola de antropologia de Paris.

É o autor de "Démographie figurée de la France" (1874).

Foi o pai de Alphonse Bertillon e de Jacques Bertillon.


Ícone de esboço Este artigo sobre um antropólogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.