Luís, Duque d'Orleães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luís, Duque d'Orleães

Luís d'Orleães (Versailles, 4 de agosto de 1703Paris, 4 de fevereiro de 1752), duque d'Orleães. Era o único filho de Filipe II d'Orleães, duque e patriarca dos Orleães, e de Francisca Maria de Bourbon, madame de Blois.

Seus avós paternos eram Filipe I d'Orleães e sua segunda esposa, Isabel Carola, princesa palatina. Seus avós maternos eram Luís XIV de França e Francisca Atenas, marquesa de Montespan. Filipe I e Luís XIV eram irmãos, filhos de Luís XIII de França e de Ana de Áustria.

Luís era tido como uma pessoa caridosa e culta, tomando todo o seu tempo para inteirar-se do cenário político, apesar de ter ganho a hostilidade do cardeal Guilherme Dubois em 1723.

Em 1730, o cardeal Fleury certificou-se da dispensa do duque da patente de coronel-general de infantaria, um opsto que ele havia mantido por nove anos; retirando-se para a vida privada, Luís gastou seu tempo principalmente traduzindo os Salmos e as epístolas de Paulo.

Sucedendo seu pai como duque d'Orleães em 1723, morreu na abadia parisiense de São Genésio.

Sua esposa, Augusta (17041726), filha de Luís Guilherme de Baden-Baden, deu à luz seu único filho, Luís Filipe, que o sucedeu no ducado d'Orleães.


Precedido por
Filipe I
Duque de Orleães
Coat of arms of the Duke of Orléans (as prince of the blood).png

16601701
Sucedido por
Luís Filipe I


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.