Luís Filipe Lindley Cintra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Luís Filipe Lindley Cintra GCIPComL (Lisboa, 5 de março de 1925Sesimbra, 18 de agosto de 1991) foi um dos mais importantes filólogos e linguistas portugueses.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa[1] (FLUL) desde 1951, onde se licenciou e doutorou em Filologia Românica, teve um importante papel na orientação de investigadores e docentes, tendo também criado o Departamento de Linguística Geral e Românica e reformado o Centro de Estudos Filológicos, a partir de 1975, rebaptizado como Centro de Linguística da Universidade de Lisboa.

Lindley Cintra é incontestavelmente um nome de referência para o estudo e ensino da língua portuguesa, com uma actividade intelectual e científica que permanece como legado em suas numerosas obras.

A 24 de Setembro de 1983 foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem da Liberdade e a 28 de Junho de 1988 com o grau de Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública.[2]

Casou com Maria Adelaide dos Reis Valle, professora, filha natural de Adelaide Elisa dos Reis, de quem teve três filhos, o actor Luís Miguel Cintra, Denis e Manuel Valle Cintra.

Referências

  1. http://memoria.ul.pt/index.php/Cintra,_Lu%C3%ADs_Filipe_Lindley
  2. Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2015-02-13. "Resultado da busca de "Luís Miguel Lindley Cintra"."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.