Luís II da Hungria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Luís II da Hungria

Luís II (Lajos, em húngaro; Ludvík, em tcheco) (1 de julho de 150629 de agosto de 1526) foi rei da Hungria e da Boêmia de 1516 até à sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Luís era filho do rei Vladislau II da Hungria e da terceira consorte deste, Ana de Foix-Candale. Seu nascimento prematuro causou a morte de sua mãe. Para mantê-lo vivo e aquecido, o menino era posto dentro de corpos de animais recém-mortos1 . Tinha uma irmã mais velha, Ana.

No mesmo ano em que nasceu, foi acertado seu casamento com a arquiduquesa Maria de Habsburgo, neta de Maximiliano I do Sacro Império. Este se tornou o guardião de Luís e de Ana quando da morte de Vladislau, em 1516. Luís sucedeu como rei da Hungria e da Boêmia, porém, devido à pouca idade, assumiu o poder de forma definitiva somente aos quinze anos. Em 13 de janeiro de 1522, ele e Maria se casaram em Buda.

Face aos ataques do sultão Solimão I, procurou apressadamente unir a Hungria à cristandade, mas não recebeu ajuda do Papa. Em 1526 comandou pessoalmente o exército húngaro contra os otomanos na Batalha de Mohács, onde foi morto com a maior parte de seu soldados.

Sem filhos, seus domínios foram herdados por sua irmã Ana, sua parenta mais próxima, a qual se casara, em 1526, com Fernando de Habsburgo, irmão de Maria. A rainha-viúva guardou luto por seu esposo pelo resto de sua vida, recusando-se a se casar novamente. Logo após a morte de Luís, ela assumiu a regência da Hungria até a chegada de Fernando, o qual estivera ocupado assegurando sua eleição como rei da Boêmia, no verão de 1527. Foi o fim da Hungria como reino independente, permanecendo unida à Áustria até o fim da Primeira Guerra Mundial, em 1918.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Perfil em Genealogics.org (em inglês)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Vladislau II
Rei da Hungria
15161526
Sucedido por
Fernando I
João Zápolya
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.