Luís Sá Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luís Sá Silva
Nacionalidade Angola Angolano
GP3 Series de
Ano de estréia 2013
Equipe atual Carlin
Número do carro 7
Outras competições
2012
2012
2012
2012
2011
2010
2010
2009
2007-2008
Formula 3 Euro Series
Macau Grand Prix
Masters of Formula 3
British Formula 3 Championship
Formula Pilota China
German Formula 3 Championship
Austria Formula 3 Cup
Formula Renault 2.0 NEC
Asian Formula Renault Challenge
Sá Silva

Luís Jorge Sá Silva (Benguela, Angola, 23 de Agosto de 1990), mais conhecido por Sá Silva, é o piloto angolano com mais títulos e uma promessa do automobilismo internacional.
Considerado no seu país, em 2009, com apenas 18 anos, o melhor desportista internacional de Angola. Em 2012, Luís Sá Silva tornou-se o primeiro piloto angolano a pontuar numa competição europeia. Em 2013, o piloto estreiou com a Carlin na GP3 Series. A Carlin anunciou o regresso do angolano Sá Silva como um dos representantes da equipa na GP3 Series, para a temporada de 2014, declarando-se motivada "para capitalizar a experiência adquirida pelo piloto no ano anterior, continuando a boa relação conquistada”[1] .

Início da Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho do automobilista Jorge Sá Silva, desde muito jovem Luís Sá Silva interessou-se pelos desportos motorizados. Como não iniciou a sua carreira automobilística em competições de Kart, Sá Silva tem um percurso profissional considerado atípico. Foi ao comando de uma Moto 4 que iniciou oficialmente a sua carreira, em 2002, com uma participação numa prova da categoria na Ilha de Luanda, em Comemoração do dia da cidade. Com apenas 11 anos, Luís Sá Silva conquistou o seu primeiro pódio, alcançando o terceiro lugar na corrida que contava com 16 participantes, todos com idades superiores a 15 anos.
A primeira vez que teve contacto com Karts foi na Tailândia, em 2011, aquando da visita ao seu tio Armindo Sá Silva, piloto de automóveis com grande influência na carreira de Sá Silva.
2006 marca a entrada do piloto, com 15 anos, nas corridas de monolugares Fórmula Renault 2.0. Apesar da entrada tardia e da falta de experiência em competições com Karts, Sá Silva inicia um percurso de vitórias, pódios e cumprimento de objectivos.

Vice-campeão Formula Renault 2.0 Asiática - 2009[editar | editar código-fonte]

A primeira grande victória numa prova de renome internacional aconteceu em 2009. Sá Silva conquistou, na última prova, o título de Vice-campeão da competição. Resultado que lhe valeu o estatuto no seu país do melhor desportista internacional do ano.[2]

Lesão[editar | editar código-fonte]

A estreia de Luís Sá Silva na Fórmula 3 Euro Series foi marcada por uma grave lesão, que afastou o piloto angolano após uma passagem curta, com apenas 3 provas cumpridas, na edição de 2010 do campeonato. Sá Silva ficou um ano afastado das competições.

Vice-campeão Formula Abarth Asia - 2011[editar | editar código-fonte]

Após a lesão que deixou o piloto fora das competições por um ano, a Formula Abarth Asia foi o palco escolhido para o regresso às pistas e às vitórias. Com a equipa Asia Racing Team, Luís Sá Silva levou as cores de Angola para a Malásia e consagrou-se vice-campeão da competição.[3]

Formula 3 Euro Series 2012[editar | editar código-fonte]

Sá Silva chega a edição de 2012 da F3 Euro Series com a Prema Powerteam vencedora da última edição da competição e do último Troféu Internacional FIA de Fórmula 3[4] . O piloto participou na prova ao comando de um Dallara F312 - Mercedes-Benz.
Angola Racing Team é o nome da equipa do jovem piloto, que alcançou a 14ª posição na F3 e o 13º lugar no F3 FIA European Champioship.

Grande Prémio de Macau 2012[editar | editar código-fonte]

Luís Sá Silva finalizou a época com a estreia no Grande Prémio de Macau, realizado de 15 a 18 de Novembro.

GP3 2013[editar | editar código-fonte]

Luís Sá Silva foi anunciado no dia 14 de Fevereiro como o novo reforço da Carlin para a temporada de 2013 da GP3[5] .

GP3 2014[editar | editar código-fonte]

Sá Silva regressou ao campeonato GP3 Series com a Carlin[6] .

References[editar | editar código-fonte]

  1. ANGOP (21 de Março de 2014) Carlin confirma continuidade do piloto angolano na equipa.
  2. de Sousa, Hélder (26 de Novembro 2009). Luís Sá Silva: Perto do Título. Página visitada em 22 de Abril de 2012.
  3. AngoNotícias (30 de Novembro de 2011). Piloto Luís Sá Silva vice-campeão na Ásia. Página visitada em 22 de Abril de 2012.
  4. O'Leary, Jamie (21 de Março de 2012). SáSilva returns to F3 Euro Series. Página visitada em 22 de Abril de 2012.
  5. Carlin Press Release (14 de Fevereiro de 2013). Carlin join forces with Luís Sá Silva. Página visitada em 14 de Fevereiro de 2013.
  6. Comunicado de Imprensa da Carlin (20 de Março de 2014) Sá Silva remains with Carlin.


Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Carlin Página Oficial (em inglês) GP3 Página Oficial (em inglês)