Luís Vicente de Sousa Queirós

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Luís Vicente de Sousa Queirós (São Paulo, 12 de junho de 184911 de junho de 1898) foi um proprietário de terras e agrônomo brasileiro. Era filho de Luís de Sousa Queirós, o Barão de Limeira, e neto paterno do brigadeiro Luís Antônio de Sousa Queirós, o maior proprietário de terras da província de São Paulo, conhecido normalmente como "Brigadeiro Luís Antônio". Foi casado com Hermelinda Ottoni. Doou ao governo de São Paulo a fazenda "São João da Montanha" sob a condição que, em dez anos, ali fosse construída uma escola. Em 1892 a doação foi aceita e, em 3 de junho de 1901 foi inaugurada a "Escola Agrícola Prática de Piracicaba".

Em 1934 foi criada a Universidade de São Paulo, à qual passa a integrar a Escola Agrícola Prática de Piracicaba, agora chamada de Escola Superior de Agricultura Luís de Queirós

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.