Luís XVII de França

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Luís XVII
Grand Royal Coat of Arms of France & Navarre.svg
Rei de França e de Navarra (de jure)
Louis Charles of France6.jpg
O Delfim Luís Carlos (de jure) Luís XVII da França
Governo
Reinado 10 de Agosto de 1792-8 de junho de 1795 (aclamado apenas, não chegou a governar.)
Antecessor Luís XVI
Herdeiro Luís XVIII de França (seu tio)
Sucessor Governo Jacobino
Napoleão I (como Imperador dos Franceses)
Luís XVIII da França (como Rei da França)
Casa Real Casa de Bourbon
Dinastia Casa de Bourbon
Títulos Rei de França e de Navarra, Co-príncipe de Andorra, Conde da Provença, Conde de Valentinois, Conde de Diois, Conde de Barcelona, Conde de Cerdagne, Conde de Rousillon, Conde de Forcalquier e das ilhas adjacentes e Delfim do Viennois.
Vida
Nome completo Louis Charles de France
Nascimento 27 de março de 1785
Versalhes
Morte 8 de junho de 1795 (10 anos)
Prisão do Templo, Paris
Pai Luis XVI da França
Mãe Maria Antonieta de Áustria

Luís XVII de França (Palácio de Versalles, 27 de março de 1785 - Prisão do Templo, Paris, 8 de junho de 1795) também conhecido como Luís Carlos, Duque da Normandia (1785-1789), Luís Carlos, Delfim de Viennois (1789-1791), e Luís Carlos, Principe Real de França (1791-1793). Pretendido mas não efetivo rei de França entre 1793 e 1795. Pertencia a Casa de Bourbon pela lado paterno e por sua mãe, pertencia a Casa de Habsburgo.

Segundo filho varão do rei Luís XVI e de Maria Antonieta de Áustria, ao morrer seu irmão Luís José em 1789, se converteu em Delfim de França e herdeiro da Coroa. Em 1792, foi encarcerado com seus pais, sua irmã Maria Teresa Carlota e sua tia a princesa Isabel na Prisão do Templo.

Ao seu pai ser guilhotinado (em 21 de janeiro de 1793), os monarquistas o proclamaram rei de França com o nome de Luís XVII, porém os revolucionários o mantiveram prisioneiro em condições subumanas, e morreu na prisão em 10 de agosto de 1795. As misteriosas circunstâncias de seu falecimento fizeram que ao largo do século XIX surgissem uma série de falsos Delfins, dos quais o mais célebre foi Karl Wilhelm Naundorff.

Contudo, no início do século XXI, uma análise de DNA confirmou que o coração dissecado de um menino morto em 1795 pertencia a Luís XVII, confirmando que morrera no Templo.

Em 1814, quando da restauração da monarquia na França, seu tio, o conde de Provença, toma o nome de Luís XVIII como homenagem à memória de seu sobrinho, o menino rei que jamais chegou a reinar.

Precedido por
Luís José
Delfim de França
17891791
Sucedido por
Luís Antônio