Luísa de Brunsvique-Volfembutel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luísa de Brunsvique-Volfembutel
Princesa da Prússia
Duquesa de Brunsvique-Volfembutel
Luise Amalie (Bernhard Rode).jpg
Luísa por Bernhard Rode
Governo
Consorte Augusto Guilherme da Prússia
Vida
Nascimento 29 de Janeiro de 1722
Holzminden, Alemanha
Morte 13 de Janeiro de 1780 (57 anos)
Berlim, Prússia
Filhos Frederico Guilherme II da Prússia
Henrique da Prússia
Guilhermina da Prússia
Emílio da Prússia
Pai Fernando Alberto II de Brunswick-Wolfenbüttel
Mãe Antónia Amália de Brunswick-Wolfenbüttel

Luísa de Brunsvique-Volfembutel (29 de janeiro de 1722 - 13 de janeiro de 1780) foi a mãe do rei Frederico Guilherme II da Prússia.

Família[editar | editar código-fonte]

Luísa era sétima dos catorze filhos nascidos do casamento entre o duque Fernando Alberto II de Brunswick-Wolfenbüttel e a princesa Antónia Amália de Brunswick-Wolfenbüttel. Entre os seus irmãos estava o duque António Ulrich de Brunswick-Wolfenbüttel, pai do czar Ivan VI da Rússia, a princesa Isabel Cristina de Brunswick-Wolfenbüttel, esposa do rei Frederico II da Prússia e a princesa Juliana Maria de Brunswick-Wolfenbüttel, casada com o rei Frederico V da Dinamarca. Os seus avós paternos eram o duque Fernando Alberto I de Brunswick-Wolfenbüttel e a princesa Cristina de Hesse-Eschwege. Os seus avós maternos eram o duque Luís Rudolfo de Brunswick-Wolfenbüttel e a princesa Cristina Luísa de Oettingen-Oettingen.[1]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Luísa casou-se no dia 6 de janeiro de 1742 com o príncipe Augusto Guilherme da Prússia, segundo varão do rei Frederico Guilherme I da Prússia e da princesa Sofia Doroteia de Hanôver. Augusto Guilherme era irmão mais novo do rei Frederico II da Prússia, casado com a irmã de Luísa, Isabel de quem não teve filhos, pelo que foi o filho mais velho de Augusto e Luísa que sucedeu ao trono da Prússia.

O casal teve quatro filhos:

Referências

  1. C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 46.