Luíza Brunet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Luiza Brunet
Nome completo Luiza Botelho da Silva
Nascimento 24 de maio de 1962 (52 anos)
Itaporã, Mato Grosso do Sul,
 Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileira
Cônjuge Gumercindo Brunet (1978-84)
Armando Fernandez (1985-2008)
Lirio Parisotto (desde 2011)
Filho(s) Yasmin Brunet e Antônio
Ocupação empresária

Luíza Botelho da Silva (Itaporã, 24 de maio de 1962), cujo nome artístico é Luíza Brunet, é uma empresária, atriz e modelo brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de Luiz da Silva, um agricultor cearense de Sobral, e de Alzira Botelho, uma costureira carioca, Luíza Brunet nasceu numa casa humilde de madeira em Itaporã, no Mato Grosso do Sul. Foi a segunda de oito irmãos.[1] Aos 9 anos, seus pais decidem deixar sua vida humilde com seus seis filhos rumo a Inhaúma, subúrbio do Rio de Janeiro. Como o pai vivia de bicos, Luiza logo começou a trabalhar. Aos doze anos, era babá, depois virou empregada doméstica, empacotadora e vendedora. Aos 16 anos, conheceu e casou-se com o engenheiro Gumercindo Brunet, onze anos mais velho, do qual viria a se separar após 6 anos.[2]

Tornou-se famosa no início da década de 80, quando tornou-se top model exclusiva das calças Dijon e ensaios nus para diversas revistas masculinas, como Ele e Ela e Playboy (para esta em maio de 1983, dezembro de 1984 e maio de 1986). Com forte apelo visual, Luiza tornou-se um dos grandes símbolos sexuais do Brasil da época.[3]

Em 1985, casou-se com Armando Fernandez, um antiquário argentino radicado no Brasil. Cpm ele teve dois filhos, Yasmin, em 1988, e Antônio, em 1997. Sua filha tem uma sólida carreira como modelo. Luiza e Armando se divorciaram em 2008. Em 2011, se casou com o empresário Lírio Albino Parisotto, presidente da Videolar.[3]

Como atriz, Luíza teve uma carreira curtíssima, com apenas dois papéis longos em novelas, diversas participações especiais, e o filme Os Trapalhões no Reino do Futebol. A própria declara que era despreparada para atuar, e foi muito criticada em resenhas do filme dos Trapalhões.[3] Já tomou parte numa campanha de prevenção ao câncer de mama e também se engajou numa campanha de amamentação.

Em entrevista revelou ter feito um aborto em sua primeira gravidez, logo depois de seu casamento. Disse que precisava trabalhar, era ainda adolescente, e não era hora de ter um filho.[4]

Modelo[editar | editar código-fonte]

Luiza, nos tempos de modelo, rivalizava com Monique Evans e Xuxa Meneghel na preferência masculina.[carece de fontes?]

Em sua estreia na São Paulo Fashion Week, em 13 de junho de 2007, após toda uma carreira de sucesso nas passarelas, Luiza desfilou para a grife da amiga Tereza Santos. [carece de fontes?]

Medidas: 1,76 m, 63 kg, 89 cm de busto, 64 de cintura e 91 de quadris.[5]

Carnaval[editar | editar código-fonte]

Luiza Brunet foi madrinha de bateria da Portela de 1986 até 1994. A partir de 1995, foi acolhida como madrinha da Imperatriz Leopoldinense onde participou de quatro títulos: 1995, 1999, 2000 e 2001. Afastou-se dos desfiles após o carnaval de 2005, mas retornou ao seu posto no carnaval de 2008. Após o carnaval 2012, foi desligada pela direção da escola, devido às constantes baixas de pressão arterial.[6]

Atriz[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. www.caras.com.br.
  2. www.claudia.abril.com.br.
  3. a b c Luiza Brunet chega aos 51 apaixonada e disposta a tirar o silicone dos seios, Folha de S. Paulo
  4. [1].
  5. Terra. Luiza Brunet x Gracyanne Barbosa - Medidas. Página visitada em 21 de março de 2013.
  6. O Dia na Folia (6 de março de 2012). Imperatriz Leopoldinense comunica saída de Luiza Brunet. odia.ig.com.br. Página visitada em 9 de março de 2012.
  7. [2].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons