Lucas Piazón

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Lucas Piazon)
Ir para: navegação, pesquisa
Lucas Piazon
Lucas Piazon.jpg
Informações pessoais
Nome completo Lucas Domingues Piazon
Data de nasc. 20 de janeiro de 1994 (20 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP),  Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Altura 1,84 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Alemanha Eintracht Frankfurt
Número 19
Posição Meia-atacante
Clubes de juventude
2001–2006
2007–2008
2008–2011
2011–2012
Brasil Coritiba
Brasil Atlético Paranaense
Brasil São Paulo
Inglaterra Chelsea
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2012–
2013
2013–2014
2014–
Inglaterra Chelsea
Espanha Málaga (emp.)
Países Baixos Vitesse (emp.)
Alemanha Eintracht Frankfurt (emp.)
00003 00000(1)
00014 00000(0)
00031 0000(11)
00000 00000(0)
Seleção nacional3
2009–2010
2011–2012
2014–
Brasil Brasil Sub-15
Brasil Brasil Sub-17
Brasil Brasil Sub-20
00007 0000(10)
00015 00000(9)
00004 00000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 8 de março de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 1 de junho de 2014.

Lucas Domingues Piazon (São Paulo, 20 de janeiro de 1994) é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente, joga pelo Eintracht Frankfurt, emprestado pelo Chelsea.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Coritiba[editar | editar código-fonte]

Nascido em São Paulo em janeiro de 1994, começou sua carreira futebolística, em 2001, no mirim do Coritiba, depois que sua família se mudou para a capital paranaense.

Atlético Paranaense[editar | editar código-fonte]

O Atlético-PR fez uma proposta ao garoto, que assinou em 2007 um contrato com o Furacão. Em sua nova equipe, Piazon cresceu ainda mais como futebolista. Com porte físico adequado já aos 14 anos e fundamentos melhores trabalhados, passou a ter grandes atuações em competições regionais da categoria, sendo também artilheiro em boa parte delas.[1]

O auge de sua forma pelo Atlético aconteceu no final de 2008, durante a disputa da Copa do Brasil Sub-15, também conhecida como Copa Londrina.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

O São Paulo ofereceu um contrato e levou Lucas para a capital paulista no final de 2008. Em seu novo clube, em março de 2009 foi um dos destaques do tricolor na conquista do torneio Brasil-Japão, faturado sobre o Corinthians nos pênaltis.[1]

Logo em seguida, Piazon defendeu o tricolor na fase nacional da Copa Nike Sub-15. Na primeira etapa marcou três gols em cinco jogos, ajudando o São Paulo a se classificar para o quadrangular final depois de um empate com o PAEC e vitórias contra o Desportivo Brasil, Coritiba, Grêmio Barueri e Internacional. Ao lado dos meias Mirrai e Bruno Lamas, continuou sendo decisivo na etapa posterior. No primeiro jogo, ele fez o gol da vitória de 1 a 0 contra o Flamengo. Na sequência, contra o Sendas, anotou mais um na vitória por 2 a 0 e ajudou a equipe no empate de 1 a 1 com o Pão de Açúcar, resultado que garantiu o título invicto do São Paulo e uma vaga na "versão internacional" do torneio.[1]

Em agosto, na disputa da Manchester United Premier Cup, a fase internacional da Copa Nike, na primeira partida, contra os Red Devils marcou um na vitória do tricolor por 3 a 0. Depois, voltou a marcar nos 5 a 2 contra o Gamba Osaka, passou em branco na derrota por 2 a 1 contra o Paris Saint Germain, e marcou o gol de honra nos 2 a 1 sofridos ante o Arsenal.[1]

Mesmo com duas vitórias e duas derrotas, o São Paulo avançou ao mata-mata, fase em que enfrentou e derrotou o Atlético de Madrid por 3 a 0, com mais dois gols de Lucas. Na sequência, contra o Right to Dreams, de Gana, Piazon passou em branco na vitória por 2 a 0. Na final contra o Werder Bremen, Lucas não marcou, mas com uma boa atuação, o São Paulo foi campeão.[1]

Chelsea[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de março de 2011, Lucas Piazon foi negociado pelo São Paulo junto ao Chelsea da Premier League, primeira divisão do futebol inglês, que pagou 7,5 milhões de euros, dinheiro esse que 80% (6 milhões de euros) fica com o clube paulista e os restantes 20% serão repassados aos familiares do atleta e ao empresário Giuliano Bertolucci. A transferência confirmou que Lucas não viria a jogar profissionalmente em nenhum clube brasileiro.

Fez sua primeira partida em um amistoso de juniores contra o Arsenal, depois ainda jogou contra Charlton e Swansea marcando dois golaços pelo time reserva dos blues.[2] [3] Na sua primeira temporada com o Chelsea, Piazon foi eleito o melhor jovem do clube, depois de ser um dos destaques do time na conquista da FA Youth Cup, durante a temporada ele também realizou alguns treinamentos na equipe principal e foi relacionado para dois jogos por André Villas-Boas, mas não chegou a atuar. Entrou na lista de relacionados para o Mundial de Clubes da FIFA no final do ano de 2012. Ainda jogou pelo time principal em jogos da Copa da Liga Inglesa e no Campeonato Inglês, participando de gols com assistências e boas jogadas quando esteve em campo.[4]

Málaga[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de janeiro de 2013, Chelsea confirma sua saída para o Málaga, da Espanha, por empréstimo até o final da temporada.[5] Ele fez sua estréia em 24 de janeiro de 2013, entrando como substituto na derrota por 4 a 2 em casa, nas quartas-de-final da Copa del Rey, contra o Barcelona.[6] [7] Em 16 de fevereiro, ele deu uma assistência para o gol de Javier Saviola na vitória por 1 a 0 em casa contra o Athletic Bilbao.[8] Em 9 de março de 2013, Piazon fez sua segunda assistência pelo Málaga com uma grande bola a partir de uma cobrança de falta que encontrou Martín Demichelis, que finalizou e marcou em um empate por 1 a 1 contra o Real Valladolid.[9]

Vitesse[editar | editar código-fonte]

Sem espaço no elenco do Chelsea na temporada 2013-14, Piazon foi emprestado ao Vitesse da Holanda, por um ano.[10]

Eintracht Frankfurt[editar | editar código-fonte]

Para a temporada 2014-15 foi emprestado ao clube alemão por um ano.[11]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira Sub-15[editar | editar código-fonte]

Piazon foi lembrado em maio pelo treinador da seleção sub-15, Leandro Simpson, que convocou o atacante para um período de treinos visando à disputa do Sul-Americano da categoria.

Depois da conquista da Copa Nike, Piazon foi à Bolívia representar a Seleção Brasileira na disputa do Sul-Americano Sub-15. Titular daquele time, Lucas debutou em torneios internacionais de seleções.[12]

Seleção Brasileira Sub-17[editar | editar código-fonte]

Foi convocado pelo técnico Emerson Ávila para disputar o Sul Americano Sub-17 em 2011 a ser disputado no Equador, o torneio deu quatro vagas para disputar o Campeonato Mundial desta categoria, a ser disputado no México ainda em 2011, o primeiro gol de Lucas Piazon nesta competição aconteceu no dia 13 de março de 2011 na vitória brasileira sobre a Venezuela pelo placar de 4-3.

Gols internacionais[editar | editar código-fonte]

Sub-17[editar | editar código-fonte]

# Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 13 de março de 2011 Estadio Olímpico de Ibarra, Ibarra, Equador Flag of Venezuela.svg Venezuela 3–3 4–3 Sul-Americano Sub-17 2011
2. 19 de março de 2011 Estadio Olímpico de Ibarra, Ibarra, Equador Flag of Paraguay.svg Paraguai 1–0 1–2 Sul-Americano Sub-17 2011
3. 6 de abril de 2011 Estadio Olímpico Atahualpa, Quito, Equador Flag of Paraguay.svg Paraguai 3–1 3–1 Sul-Americano Sub-17 2011
4. 26 de junho de 2011 Estádio Omnilife, Guadalajara, México Flag of Côte d'Ivoire.svg Costa do Marfim 1–0 3–3 Mundial Sub-17 2011

Sub-21[editar | editar código-fonte]

# Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 30 de maio de 2014 Estádio Léo Lagrange, Toulon, França Flag of Qatar.svg Qatar 5–0 7–0 Torneio Internacional de Toulon de 2014

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira Sub-17
Seleção Brasileira Sub-20

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.