Luciana Mello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luciana Mello
Luciana Mello (cropped).jpg
Informação geral
Nome completo Luciana Rodrigues Mello de Oliveira
Nascimento 22 de janeiro de 1979 (35 anos)
Origem São Paulo
País Brasil Brasil
Gênero(s) Pop
Samba
MPB
Black music
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1995-atualidade
Gravadora(s) Trama (2000-2002)
Universal (2002-2006)
S de Samba (2007-)
Afiliação(ões) Jair Rodrigues
Jair Oliveira
Página oficial Luciana Mello

Luciana Rodrigues Mello de Oliveira (São Paulo, 22 de janeiro de 1979) é uma cantora, compositora e apresentadora brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Luciana Mello começou a cantar aos seis e gravou ao lado do pai, Jair Rodrigues, a canção O Filho do Seu Menino, composta pelo gaitista e produtor Rildo Hora.

Em 1986, Luciana, então com sete anos fez parte da última formação do grupo musical infantil Turma do Balão Mágico, ao lado de Simony, seu irmão Jairzinho e uma prima de Simony que também se chama Luciana. No mesmo ano, o Balão Mágico foi extinto.

Em 1989 fez um dueto, novamente com o pai, cantando no disco um pout-pourri de Dois na Bossa, gravada por Jair e Elis Regina na década de 1960. No mesmo ano, montou uma banda com o irmão, Jair Oliveira, a qual também participava Cíntia Raquel e Vânia Estela, intitulada Jairzinho e a Patrulha do Barulho.

Em 1995, aos 16 anos, gravou seu primeiro disco solo, Luciana Rodrigues, produzido por Iranfe Maciel e com participação de Emílio Santiago.[1]

Em 1998 Luciana iniciou sua trajetória na noite de São Paulo com o projeto Artistas Reunidos ao lado de Jair Oliveira, Daniel Carlomagno, Wilson Simoninha e Pedro Camargo Mariano. Este projeto rendeu um CD registrado ao vivo pela Trama no ano seguinte.

Em 2000 Luciana gravou seu segundo trabalho, o álbum Assim que Se Faz, com a produção assinada por seu irmão, e com os sucessos Assim Que Se Faz e Simples Desejo.

Em 2002 assinou contrato com a Universal Music e lançou o CD Olha pra Mim, também produzido pelo irmão. Este disco traz, pela primeira vez, canções compostas por Luciana, sendo uma em parceria com Jair. Além disso, também conta com duas participações especiais: Ed Motta e Pedro Mariano.

Em 2004 mostra o trabalho L.M., um CD com grandes canções que passeiam pelo samba, baladas e músicas dançantes. Entre elas, a regravação de Molambo e músicas conhecidas do grande público, que são os temas homônimos do filme Sexo, Amor e Traição e da novela Da Cor do Pecado.

Em 2007 Luciana Mello lança seu quinto disco solo intitulado Nêga, gravado de forma independente pelo selo S de Samba, e mais uma vez com a produção de Jair Oliveira. O recém lançado álbum, além das músicas inéditas, possui regravações de “Galha do Cajueiro", de Tião Motorista; Lágrimas de Diamantes, de Paulinho Moska e O Samba me Cantou, de Jair Oliveira. Além disso, têm participações especiais de Gabriel, o Pensador, e Thalles Roberto, segunda voz da banda Jota Quest.

Em janeiro de 2010 Luciana Mello uniu-se a Jair Oliveira e juntos lançam o DVD/CD do projeto 'O Samba Me Cantou', gravado em fevereiro de 2009, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.[1]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano CDs Vendas
1995 Luciana Rodrigues 20.000
2000 Assim que Se Faz 250.000
2002 Olha pra Mim 150.000
2004 L.M. 30.000
2007 Nêga 25.000
2010 O Samba me Cantou 15.000
2011 6º Solo 20.000

DVDs[editar | editar código-fonte]

Ano DVD
2010 O Samba me Cantou
Outros álbuns
  • 1998:Projeto Artistas Reunidos
  • 2002:Assim Que Se Faz - Remixes

Trilhas sonoras[editar | editar código-fonte]

Ano Música Álbum
2002 "Prazer e Luz" Sabor da Paixão
2002 "Simples Desejo" Marisol
2004 "Da Cor do Pecado" Da Cor do Pecado
"Sexo, Amor e Traição" Sexo, Amor e Traição
"Se Essa Rua" Meu Tio Matou um Cara
"Grande Amor" Esmeralda
2006 "Only You" Cidadão Brasileiro
2007 "Vaidade" Sete Pecados
2008 "Borboletas" Revelação

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Luciana é filha do cantor Jair Rodrigues e irmã do cantor Jair Oliveira. Luciana é casada com o fotgráfico Ike Levy, desde 2008 e eles têm uma filha chamada Nina.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Luciana Mello
Prêmios e realizações
Precedido por
Wanessa Camargo
Prêmio Multishow de Música Brasileira - Artista Revelação
2002
Sucedido por
Luiza Possi
Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. a b "Luciana Mello" Caras. Visitado em 9 de maio de 2014.
  2. "Bem vinda, Nina" ISTOÉ Gente. Visitado em 9 de maio de 2014.