Luciano Faccioli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luciano Faccioli
faccioli.jpg
Nascimento 14 de agosto de 1966 (48 anos)
Santos, SP
Ocupação Jornalista
Cônjuge(s) divorciado
Nacionalidade  brasileiro
Trabalhos notáveis Rádio Tupi
Jovem Pan AM
Rádio Record
TV Tribuna
Rede Record
Rede Bandeirantes
TV Jornal

Luciano Faccioli (Santos, 14 de agosto de 1966) é um apresentador, jornalista e radialista brasileiro. Comandava o programa Faccioli na TV, na TV Jornal.[carece de fontes?]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou no rádio na sua cidade natal, Santos. Se destacou no rádio esportivo local e depois foi para São Paulo. Trabalhou primeiro na Rádio Tupi e se transferiu em seguida para a Jovem Pan AM, onde ganhou notoriedade ao trabalhar como setorista do Corinthians e depois voltar para cobrir o Santos.

Pouco tempo depois, deixou a Pan e começou a se aventurar na TV como repórter e apresentador da TV Tribuna. Mas foi em 2002 que ele teve seu ápice: foi contratado pela Rede Record. Na emissora da Barra Funda, Faccioli começou apresentando o esportivo Debate Bola, substituindo Milton Neves, que havia ido fazer temporiamente o policial Cidade Alerta. Com a volta de Milton ao esportivo, Faccioli ganhou uma nova função, fazer reportagens bem humoradas (principalmente no centro de São Paulo). Se destacando, ele foi convocado pelo narrador Fiori Giglioti, já falecido, para trabalhar na Rádio Record. Em 2005, Faccioli se migra definitivamente para o jornalismo geral e se torna o primeiro apresentador do São Paulo no Ar, já na televisão. Além disso, fez também o SP Record e o Hoje em Dia. Deixou a emissora em 2010 e foi para a Rede Bandeirantes, para apresentar o Primeiro Jornal. Em 2011, é migrado pro Brasil Urgente, devido a ida de José Luiz Datena para a Record. Mas com a volta de Datena a emissora do Morumbi, Faccioli volta ao jornal matinal. Em 2012, ganha a companhia de Patrícia Maldonado, com que passou a apresentar o noticiário até o seu fim em maio de 2014.

No mesmo mês, Faccioli deixa a Band e em setembro do mesmo ano, é contratado pela TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco, voltando a trabalhar em sua terra natal. Ele apresentava o vespertino Faccioli na TV. O programa tinha metas de audiência, mas marcava 5 pontos ou menos. Devido a isso, ele deixa a emisora em março de 2015. O programa substituto dele será o Bronca Pesada, que marcará a volta de Joslei Cardinot a emissora.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Segundo o irmão Wanderley Nogueira, ele é chamado de o pai de Fausto Silva, por ter bastante peso.[carece de fontes?]


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências