Lucio Silla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Óperas de Wolfgang Amadeus Mozart
Wolfgang-amadeus-mozart 1.jpg

Die Schuldigkeit des Ersten Gebots (1767)
Apollo et Hyacinthus (1767)
Bastien und Bastienne (1768)
La finta semplice (1769)
Mitridate, ré di Ponto (1770)
La Betulia liberata (1770)
Ascanio in Alba (1771)
Il sogno di Scipione (1772)
Lucio Silla (1772)
La finta giardiniera (1775)
Il re pastore (1775)
Zaide (1780)
Idomeneo, ré di Creta (1781)
O Rapto do Serralho (1782)
L'oca del Cairo (1783)
Lo sposo deluso (1784)
O Empresário Teatral (1786)
As Bodas de Fígaro (1786)
Don Giovanni (1787)
Così fan tutte (1790)
A Flauta Mágica (1791)
A Clemência de Tito (1791)

Lucio Silla é uma ópera em três atos, composta por Wolfgang Amadeus Mozart em 1772, com o libreto de Giovanni de Gamerra mas modificado por Pietro Metastasio, a estréia ocorreu no dia 26 de dezembro de 1772 no Regio Ducal Teatro em Milão.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Lucio Silla (Lúcio Cornélio Sulla) (ditador romano) tenor
Celia (irmã de Lucio Silla) soprano
Giunia (Julia) (esposa prometida de Cecilio) soprano
Cecilio (Cecilius) (senador romano deposto) soprano castrato
Lucio Cinna (Lúcio Cornélio Cinna) (amigo de Cecilio) soprano
Aufidio (amigo de Lucio Silla) tenor

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história acontece em Roma, pelo ano de 79 a.C. O personagem principal é Lucius Cornelius Sulla, político, general e ditador romano (138 a.C.-78 a.C.).

Lucio Silla, ditador de roma, manda ao exílio o senador Cecilio. Cecilio está prometido a Giunia, filha de seu arquinimigo: Caio Mario. Lucio Sila difunde a notícia de que Cecilio morreu, a fim de conseguir casar-se com Giunia. Mas Giunia repele todas as tentativas do ditador de conquistá-la. Descobre-se que nas catacumbas, que Cecilio há voltado em Roma em segredo para vê-la.

O oponente político de Lucio Silla: Lucio Cinna, que ama a Celia, irmã de Silla. Lucio Cinna e Cecilio planejam um ataque contra Silla, mas fracassa. Cecilio é detento e conduzido a prisão, onde se encontra com Giunia. O casal se despede, preparando-se para morrer juntos.

Mas o ditador Lucio Silla decide perdoá-los e decide juntar os dois casais: Giunia com Cecilio y Lucio Cinna con Celia. Ele se demite da política para viver como cidadão romano, e todos os políticos exilados podem agora voltar a Roma.

Orquestração[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]