Ludião

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Demonstração do Ludião

O ludião é um aparelho que serve para demonstrar o princípio de Pascal e é pelo auxílio dela é que se estudam casos que apresentam um corpo mergulhado em água. O experimento do ludião apresenta, inicialmente, um desafio a mais em sua explicação. Ele é mais dinâmico. Como explicar o fato de pressionando a garrafa, a ampola afundar? O ludião flutua inicialmente porque sua densidade média (ou seja, a densidade média da ampola de vidro, juntamente com a água e com o ar em seu interior) é menor que a densidade da água. Pode-se pensar que o peso do conjunto é menor do que o empuxo que atua sobre ele. Quando a garrafa é comprimida, a pressão da água aumenta. Este acréscimo de pressão se transmite a todo o fluido confinado (lei de Pascal). A água presente no interior da ampola pressiona o ar que ainda existe dentro dela. Este volume de ar no interior da ampola diminui de tamanho, proporcionando a entrada de água na ampola. Se o volume da bolha de ar no interior do ludião diminui de tamanho, o valor da força de empuxo também diminui, pois o empuxo só depende do volume de líquido deslocado. Neste momento a força peso se torna maior que o empuxo e o ludião afunda. Soltando a garrafa, a pressão diminui e o volume da bolha no interior do ludião se torna maior, aumentando o valor do empuxo. Isto faz com que o ludião flutue novamente

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.