Ludoterapia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ludoterapia é um ramo da psicologia. É uma técnica psicoterápica de abordagem infantil que se baseia no fato de que brincar é um meio natural de auto-expressão da criança. Durante as sessões de ludoterapia é dada a oportunidade da criança libertar os seus sentimentos e problemas através da brincadeira. É igual a terapia dos adultos, onde ele resolve os problemas através da fala. Só que na ludoterapia a criança tem o brinquedo e a brincadeira para exprimir os seus sentimentos. A ludoterapia poder ser feita individualmente ou em grupo.

Os jogos e brincadeira permitem que a criança libere a tensão, frustração, insegurança e até mesmo a agressividade, medo e a confusão, tudo isso sem que a criança se dê conta que tem todos esses sentimentos guardados. A ludoterapia é uma poderosa terapia para que a criança aprenda a se expressar.

As crianças são encaminhadas pelos adultos para fazer a ludoterapia. Geralmente os pais têm alguma queixa das crianças, já que elas apresentam algum problema ou distúrbio psicológico; tudo isso é sinal de que algo não vai bem na vida do pequeno. Os sintomas que fazem com que os pais busquem a ludoterapia são dificuldades de aprendizagem, insônia seguida por pesadelos, gagueira, agressividade, insegurança, timidez em excesso e até mesmo desvios alimentares. Todos esses sintomas são o alerta de que algo não vai bem na vida da criança, e como nem todas conseguem se expressar direito ou tem medo de fazê-lo, os pais os encaminharão ao profissional que indicará a ludoterapia e assim o especialista, através de brincadeiras e jogos pode descobrir o que há de errado na vida da criança.

A ludoterapia também usa a imaginação e cria histórias de dragões, feiticeiras e outros; mostrando assim para a criança que ela pode vencer esses elementos. As figuras usadas nesse caso da ludoterapia dependem muito da angústia e do medo que a criança apresenta. Conto de fadas, jogos, brinquedos, tudo pode ser utilizado na ludoterapia para ajudar a criança a lutar e a sair dos seus traumas e medos pessoais. Assim, a ludoterapia faz com que a criança crie confiança e coragem pra enfrentar tudo na vida. Sem medo de nada ela começa a ter confiança em si mesma e descobre que tem forças para superar suas dificuldades.

A mãe ou o pai não devem se sentir constrangidos de buscar a ajuda da ludoterapia. É comum as crianças quererem se expressar ou contar as coisas para outras pessoas do que para os pais por medo de serem julgados. A ludoterapia só vai ajudar a criança.

Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.