Luftverkehrsgesellschaft

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde junho de 2014). Ajude e colabore com a tradução.
Um exemplar do LVG B.II em exposição.

A Luftverkehrsgesellschaft (LVG) foi uma empresa alemã fundada por Arthur Müller em 1908 com sede em Berlim, como uma empresa de voos turísticos e publicitários, usando dirigíveis do tipo Parseval que acabou se envolvendo, a partir de 1912, no ramo de projeto e construção de aviões.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Envolvida com a fabricação de aviões sob licença da Farman a partir de 1912, ela contratou o suíço Franz Schneider, como engenheiro chefe. Em 1913 ele construiu a primeira versão prática do "mecanismo sincronizador" entre o motor e a metralhadora.[1] Em 1915, esse mecanismo revolucionou os combates aéreos da Primeira Guerra Mundial e expandiram o seu uso, na LVG, ele foi instalado no modelo LVG E.I, que no entanto não foi utilizado.

Outros projetistas da LVG foram: Rethel, Sabersky-Müssingbrodt, Laitsch e Paul Georg Ehrhardt, que a partir de 1917 se tornou chefe do departamento de pesquisas.[2]

Até 1918, a LVG construiu principalmente aviões de treinamento e reconhecimento de dois lugares, incluindo o LVG C.I, primeiro avião alemão de dois lugares a atuar na frente de batalha, no qual o observador dispunha de uma metralhadora montada num mecanismo giratório que abrangia todo o seu campo de visão.[3] Um dos modelos seguintes, o LVG C.VI, teve mais de 1.000 unidades produzidas com muito sucesso.

Durante a Primeira Guerra Mundial, a LVG produziu um total de 5.640 aviões, tornando-se a segunda maior produtora de aviões do Reich, logo depois da Albatros. Antes do início do conflito, em 1913, contando com 300 funcionários, a LVG entregou um total de 60 aviões, e continuou expandindo constantemente sua linha de produção nos anos seguintes. Apenas no mês de maio de 1918, já com uma força de trabalho de 3.500 homens, a LVG produziu 174 aviões

Aviões produzidos[editar | editar código-fonte]

Desenhos próprios[editar | editar código-fonte]

Desenhos de terceiros[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kenneth Munson: Kampfflugzeuge 1914–19. Zürich 1968., vgl. auch Beschreibung dazu unter Lemma Fokker Eindecker
  2. Yuri Balashov, Vladimir Pavlovich Vizgin: Einstein Studies in Russia. Boston 2002, ISBN 0-8176-4263-3, S. 298.
  3. Enzo Angelucci, Paolo Matricardi: Flugzeuge von den Anfängen bis zum Ersten Weltkrieg. Wiesbaden 1976, ISBN 3-8068-0391-9.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Grosz, Peter M.: LVG C.VI, Windsock Datafile Nr. 17, Albatros Prod. Ltd, Berkhamsted 1989
  • Heinz J. Nowarra: Flugzeuge 1914-1918. München 1959.
  • Karlheinz Kens, Hans Müller: Die Flugzeuge des ersten Weltkriegs. München 1966, ISBN 3-453-00404-3.
  • Karl R. Pawlas: Deutsche Flugzeuge 1914-18. Nürnberg 1976, ISBN 3-88088-209-6.
  • Günter Kroschel, Helmut Stützer: Die deutschen Militärflugzeuge 1910-18. Wilhelmshaven 1977, ISBN 3-920602-18-8.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Luftverkehrsgesellschaft
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.