Luis de Torres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Luis de Torres (morto em 1493) foi o intérprete de Cristóvão Colombo na sua primeira viagem ao novo mundo. Um judeu, converteu-se ao catolicismo pouco antes de deixar a Espanha, para evitar a expulsão que se confirmaria com o decreto de Alhambra.

Foi membro da expedição de Colombo por causa do seu conhecimento de hebraico, aramaico e árabe. Colombo pensava que estas línguas poderiam ser úteis na Ásia porque lhe permitiriam comunicar com os comerciantes judeus locais e possivelmente ele também poderá ter acreditado no encontrar dos descendentes das Dez tribos perdidas de Israel.

Ao chegar ao Novo Mundo, Torres foi enviado numa expedição à terra para encontrar o "grande Khan", descrito por Marco Polo. Ele relatou sobre o costume nativo de secar folhas, inseri-las em tubos de cana, queimando-as, inalando o seu fumo: foi o primeiro Europeu a tomar contacto com o Tabaco.