Luiz Cané

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde junho de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Luiz Cané
Nome de nascimento Luiz Arthur Cané
Data de nascimento 2 de abril de 1981 (33 anos)
Local de nascimento São Paulo São Paulo, SP
Outros nomes Banha
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Altura 1,88 m
Peso 84 kg
Divisão Peso Médio
Modalidade Muay Thai, Kickboxing e Jiu-jitsu brasileiro
Equipe The Armory
Graduação      Faixa Preta em BJJ
Anos ativo (2001-presente)
Cartel no MMA
Total 17
Vitórias 12
Por nocaute 10
Por finalização 1
Por decisão 1
Derrotas 4
Por nocaute 3
Por desqualificação 1
Sem resultado 1
Outras informações
Luiz Cané no Sherdog

Luiz "Banha" Arthur Cané (São Paulo, 2 de abril de 1981) é um lutador de MMA brasileiro. Nascido e criado no bairro do Jardim Bonfiglioli, localizado no distrito do Butantã, zona Oeste da cidade de São Paulo, Luiz Cané foi vítima de bullying na infância por ter sido uma criança acima do peso. Já na adolescência, "Banha" passou a alternar horas de trabalho no restaurante Fazendinha Butantã, de seus pais, com horas de treinos de Atletismo, Luta Olímpica e Judô no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, da cidade de São Paulo, de Jiu-Jitsu na academia Gracie Butantã, de Ryan Gracie, e de Muay Thai com a equipe Gibi Thai/Pamplona, dos lutadores Moisés Gibi e Eduardo Pamplona. Cané competiu na divisão de Meio-Pesado (até 93 kg) e hoje compete na divisão dos Pesos-Médio (até 84 kg).

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Luiz "Banha" Cané começou a lutar profissionalmente em 2005, aos 24 anos, quando já tinha um físico bom e uma técnica apurada em Muay Thai e Jiu-Jitsu. O estilo agressivo lhe rendeu fama e dois anos depois teve início sua carreira no UFC aos disputar o UFC 79 em 29 de dezembro de 2007, nos Estados Unidos. Na ocasião Luiz "Banha" Cané foi derrotado após desferir uma joelhada ilegal contra James Irvin. Como a derrota não foi resultado de superioridade do adversário, mas sim uma falta cometida, Cané voltou a lutar no UFC 85 na Inglaterra em 7 de junho de 2008, onde derrotou Jason Lambert com um nocaute avassalador. Logo depois no UFC 89, também na Inglaterra, Cané derrotou, por nocaute técnico no 2º round, o camaronês Rameau Thierry Sokoudjou em 18 de outubro de 2008. No UFC 97 realizado no Canadá no dia 18 de abril de 2009, Cané bateu Steve Cantwell por decisão unânime. Após esta vitória Cané deveria enfrentar o ex-campeão Rich Franklin, em luta que estava sendo negociada para o UFC 103 nos Estados Unidos. Mas Cané não pôde pegar esta luta porque precisou ficar sete meses se recuperando de uma operação para retirada de pedras nos rins. Morando nos Estados Unidos e treinando com a equipe American Top Team, Cané voltou ao octógono no UFC 106 nos Estados Unidos.

Luiz Cané teve a oportunidade de enfrentar Antônio Rogério Nogueira, o Minotouro, porém acabou sendo nocauteado logo no 1º round. Após a derrota para Minotouro, Cané enfrentou o experiente lutador francês, embora debutante no UFC, Cyrille Diabaté no UFC 114 nos Estados Unidos, e também foi nocauteado no 1º assalto.

Vindo de duas derrotas após a cirurgia, Luiz "Banha" Cané decidiu se mudar com a esposa para Palm Beach Gardens na Flórida, também nos Estados Unidos, e treinar com a equipe The Armory. Luiz "Banha" Cané voltou a lutar no UFC 128 nos Estados Unidos. O adversário seria o wrestler tcheco Karlos Vemola, mas este pediu o cancelamento de sua participação devido a uma infecção. O evento, por sua vez, se apressou em conseguir um substituto. Cané enfrentou o atleta da casa Eliot Marshall e não teve problemas para nocauteá-lo no 1º round.

Após o reencontro com a vitória, Luiz "Banha" Cané sofreu um duro revés. Lutando no UFC 134 no Rio, na luta inaugural do card principal, Cané perdeu no 1º round para o estreiante búlgaro Stanislav Nedkov após levar um despretencioso soco de direita. Para piorar, esta foi a única derrota brasileira naquela noite.

Com o resultado, Cané foi obrigado a baixar de peso - mudar de categoria - para recomeçar sua carreira no UFC. Sua estréia na categoria dos Pesos-Médio - até 84 quilos - estava marcada para o UFC 150 em Denver, no Colorado, contra o japonês Yushin Okami, mas o brasileiro se contundiu, tendo sua luta remarcada para o UFC 153, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, contra o americano Chris Camozzi no dia 13 de outubro de 2012. Cané perdeu por decisão unânime. Com isso, Banha foi demitido da organização.

Pós UFC[editar | editar código-fonte]

Após a demissão Banha voltou para sua terra natal, a cidade de São Paulo. Passou a integrar a equipe Demian Maia Jiu-Jitsu, e aceitou o convite para fazer o main-event do SFT 1. Cané fez sua primeira luta após ser demitido em 20 de setembro de 2013 contra o também ex-UFC Rodney Wallace, quem venceu com um nocaute após impressionante joelhada voadora. No dia 29 de novembro de 2013, Cané enfrentou Fábio Silva, no STF 2, e venceu por decisão unânime.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 14-5 (1) Brasil Fábio Silva Decisão (unânime) SFT 2 29/11/2013 3 5:00 Brasil São Paulo
Vitória 13-5 (1) Estados Unidos Rodney Wallace Nocaute (joelhada voadora) SFT 1 20/09/2013 1 3:56 Brasil São Paulo
Derrota 12-5 (1) Estados Unidos Chris Camozzi Decisão (unânime) UFC 153: Silva vs. Bonnar 13/10/2012 3 5:00 Brasil Rio de Janeiro
Derrota 12-4 (1) Bulgária Stanislav Nedkov Nocaute Técnico (socos) UFC 134: Silva vs. Okami 27/08/2011 1 4:20 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 12-3 (1) Estados Unidos Eliot Marshall Nocaute Técnico (socos) UFC 128: Shogun vs. Jones 19/03/2011 1 2:15 Estados Unidos Newark, New Jersey
Derrota 11-3 (1) França Cyrille Diabaté Nocaute Técnico (socos) UFC 114: Rampage vs. Evans 29/05/2010 1 2:13 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 11-2 (1) Brasil Antônio Rogério Nogueira Nocaute Técnico (socos) UFC 106: Ortiz vs. Griffin 2 21/11/2009 1 1:56 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 11-1 (1) Estados Unidos Steve Cantwell Decisão (unânime) UFC 97: Redemption 18/04/2009 3 5:00 Canadá Montreal, Quebec
Vitória 10-1 (1) Camarões Rameau Thierry Sokoudjou Nocaute Técnico (socos) UFC 89: Bisping vs. Leben 18/10/2008 2 4:15 Inglaterra Birmingham Nocaute da Noite
Vitória 9-1 (1) Estados Unidos Jason Lambert Nocaute Técnico (socos) UFC 85: Bedlam 07/06/2008 1 2:07 Inglaterra Londres
Derrota 8-1 (1) Estados Unidos James Irvin Desclassificação (joelhada ilegal) UFC 79: Nemesis 29/12/2007 1 1:51 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estréia no UFC
Vitória 8-0 (1) Estados Unidos Damien Stelly Nocaute (joelhada) Art of War 3 01/07/2007 1 2:45 Estados Unidos Dallas, Texas
Vitória 7-0 (1) Brasil Wagner Ribeiro Finalização (tiros de meta) Minotauro Fights 5 09/12/2006 1 2:53 Brasil São Bernardo do Campo, São Paulo
Vitória 6-0 (1) Brasil João Assis Nocaute Técnico (socos) Fury FC 2 30/11/2006 1 3:41 Brasil São Paulo
Vitória 5-0 (1) Brasil Thiago Cardoso Capataz Nocaute Técnico Mega Fight 3 21/10/2006 N/A N/A Brasil São Paulo
Vitória 4-0 (1) Brasil Mauricio Menegueti Nocaute Técnico (socos) CF - Coliseu Fight 16/09/2006 1 2:20 Brasil Itapecerica da Serra, São Paulo
Vitória 3-0 (1) Brasil Gilson Ricardo Nocaute Técnico (socos) Predador FC 2 11/08/2006 1 2:25 Brasil São Paulo
Vitória 2-0 (1) Brasil Maurice Igor Nocaute Técnico CF - Coliseu Fight 22/07/2006 1 1:05 Brasil São Paulo
Vitória 1-0 (1) Brasil André Gustavo Nocaute (interrupção do córner) EF 2 - Estancia Fight 2 28/05/2006 N/A N/A Brasil São Paulo
NC 0-0 (1) Brasil Marcelo Alfaia Sem Resultado Campeonato Brasileiro de Vale-Tudo 05/11/2005 1 N/A Brasil São Paulo