Luiz Regis Prado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Luiz Regis Prado é um jurisconsulto brasileiro, pós-doutor em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de Zaragoza, e ex-membro do Ministério Público do Paraná, autor de diversos livros na área do Direito Penal, entre eles o conhecido e aclamado Curso de Direito Penal Brasileiro.

Currículo[editar | editar código-fonte]

Conforme Currículo Lattes e site do próprio L. R. Prado:

  • 1976: Bacharelado em direito, Universidade Estadual de Londrina (UEL);
  • 1977: Bacharel em Filosofia pela Universidade de Nancy (França);
  • 1979: Mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);
  • 1984: Doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);
  • Pós-doutorado em:
    • 1989: Direito Penal pela Universidade de Zaragoza (Espanha);
    • 1996: Direito Penal Ambiental Comparado pela Universidade Robert Schuman de Strasbourg (França);
  • 2005: Pós-graduado em Direito Penal pela Universidade de Salamanca (Espanha);
  • Pesquisador do:
    • Centre du Droit de l’Environnement de Strasbourg;
    • Consiglio Nazionale della Ricerca (Itália);
    • Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq);
  • Consultor da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
  • Professor Titular de Direito Penal e Teoria Geral do Direito e Coordenador do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da Universidade Estadual de Maringá;
  • Pesquisador e conferencista em Direito Penal no Instituto de Direito Comparado e Penal da Universidade de Firenze (Itália);
  • Professor visitante da:
    • Universidade Robert Schuman de Strasbourg (França);
    • Universidade de Zaragoza (Espanha);
    • Universidade Nacional de Educação à Distância (Espanha);
  • Co-diretor e professor do curso de pós-graduação em Direito (proteção jurídica do meio ambiente, ordenação do território e patrimônio histórico) da Universidade de Castilla-la-Mancha (Espanha);
  • Professor honoris causa das Universidades de San Agustín e Católica de Santa Maria, Arequipa, e da Universidade Andina de Cuzco (Perú);
  • Consultor jurídico da Organização dos Estados Americanos (OEA);
  • Diretor da revista Ciências Penais (RT) e Coordenador do Paraná da Associação Brasileira de Professores de Ciências Penais (ABPCP);
  • Membro:
    • do Ministério Público do Estado do Paraná (aposentado);
    • da Association Internationale de Droit Penal (Paris);
    • da Société Internationale de Défense Sociale (Paris-Milão);
  • Diretor do Instituto Latino-Americano de Cooperação Penal (Rio de Janeiro-Buenos Aires).

Obras mais conhecidas do jurista[editar | editar código-fonte]

  • Curso de direito penal brasileiro - Parte geral - Arts. 1º a 120, vol.1, 10.ed., São Paulo, RT, 2010. [1a. edição: 1999].
  • Curso de direito penal brasileiro - Parte especial - Arts. 121 a 249, vol.2, 9.ed., São Paulo, RT, 2010. [1a. edição: 1999].
  • Curso de direito penal brasileiro - Parte especial - Arts. 250 a 359H, vol.3, 7.ed., São Paulo, RT, 2010. [1a. edição: 1999].
  • Bem Jurídico-Penal e Constituição, 5.ed., São Paulo, RT, 2011.
  • Comentários ao Código Penal, 6.ed., São Paulo, RT, 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.