Luiz de Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Luiz de Carvalho
Informação geral
Nascimento 16 de maio de 1925 (89 anos)
Origem Bauru, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Música cristã contemporânea
Período em atividade 1958-atualmente

Luiz de Carvalho (Bauru, 16 de maio de 1925) é um evangelista e cantor de música cristã, também fundador da gravadora Bompastor, uma das mais antigas dedicadas à música cristã.[1] [2]

Coube a ele pioneirismos como gravar o primeiro LP de 33 RPM do gênero no Brasil, no ano de 1955 e introduzir o violão nos cultos – em meados dos anos 50, quando o instrumento ainda era considerado profano demais para ser usado no Canto congregacional. Luiz de Carvalho também lançou "O Rei Esta Voltando" (1976) e fez dupla com a cantora Denise Cardoso, gravando juntos cinco discos, Juntos - volume I (1980), Juntos - volume II (1983), Amigos (1998), Cem ovelhas (1998), Via dolorosa (2001). Possui uma longa discografia que contém mais de sessenta obras, algumas certificadas por altas vendagens, como Obra Santa e Meu Tributo-A Deus Toda a Glória.[3]

Luiz de Carvalho foi Presidente da União de Mocidade da Igreja Batista da cidade de Tupã, interior de São Paulo, na década de 40.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Bauru, o músico se sentiu atraído pela música desde a infância. Com o apoio do pai saiu de casa aos dez anos de idade a fim de investir em sua carreira musical e ajudar seus familiares. Morou em pensões de várias cidades paulistas e viajou por vários locais do Brasil. Contratado por uma gravadora já realizava alguns trabalhos musicais.[4]

Aos 17 anos tinha uma banda chamada Conjunto Havaiano, que reuniu instrumentistas e dançarinos. O repertório baseava-se em vários gêneros musicais. Tal grupo passou a ser bastante notório no Brasil e se apresentou em países do exterior, como Chile, Argentina e México.[4]

Em 1947 o músico converteu-se ao protestantismo através de um evangelismo realizado por um pastor numa rua em Tupã horas anteriores a um show da banda. A mensagem trazida pelo pastor despertou interesse em Luiz que decidiu procurá-lo, que lhe deu um exemplar da Bíblia, livro que Luiz leu logo em seguida. Apesar de se tornar cristão, ele continuou a trabalhar com o conjunto da qual fazia parte, porém não tinha mais o mesmo entusiasmo e a animação de antes, pois sua vida anterior era controversa ao que estava aprendendo em sua religião.[4]

Quando encerrou seu contrato com a banda, tendo o apoio de seu pastor, Luiz deixou o o conjunto Havaianos.[4]

Ainda no ano de 1947, Luiz de Carvalho interessou-se na música cristã e ingressou no Conservatório Carlos Gomes com o apoio de sua igreja. Seu primeiro trabalho musical foi gravado com a finalidade de dar recurso para a construção de um novo tempo de sua congregação. Todas as unidades foram vendidas e a construção foi concluída.[4]

A partir do momento em que o cantor passou a lançar vários trabalhos mesmo sem o apoio de igrejas e mídias seu nome foi se solidificando no meio cristão, se tornando um músico bastante conhecido. Em 1958 gravava o primeiro LP da música cristã no Brasil, o álbum Boas Novas. A partir daí o cantor lançou diversos discos, alguns com vendagem superior a 200 mil cópias, Como Meu Tributo-A Deus Toda a Glória, Lançado em 1983 e Ganhador do Disco de Ouro. Também apresentou em diversos países.[4]

Uma das apresentações mais memoráveis do músico foi realizada em 1965 no Maracanã durante uma cruzada de Billy Graham, onde Luiz de Carvalho cantou para cerca de cento e vinte mil pessoas.[4]

Na década de 70 Luiz fundou uma das primeiras gravadoras evangélicas do Brasil, a Bompastor. Tal selo além de lançar seus trabalhos distribuiu obras de Shirley Carvalhaes, Banda Azul, Cristina Mel, Paulo César Baruk, dentre outros.[5]

Em 2012 aos oitenta e sete anos, o cantor gravou seu mais recente trabalho, intitulado "Adoração". Por sua contribuição à música cristã foi homenageado no Troféu Promessas daquele ano.[4]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O cantor foi casado com Adelina, tendo quatro filhos com ela. Entretanto por conta de uma aneurisma cerebral ela veio a falecer em 1986. Sua morte teve grande impacto na vida pessoal de Luiz. Após três anos de sua morte o músico conheceu Ernestina, com quem se casou e teve uma filha em 1990.[4]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1958 - Mensagem Musical Boas Novas
  • 1960 - Em Tudo Dai Graças
  • 1960 - Canta
  • 1962 - Inspiração - Com o Coral DA IGREJA BATISTA DE VILA MARIANA e Participação do Pr. RUBENS LOPES
  • 1963 - Em Tudo Dai Graças
  • 1964 - Sublime Promessa
  • 1964 - Pentecostes - Maravilhosos Hinos da Harpa Cristã
  • 1965 - Hinos Que Eu Pedi
  • 1965 - Deus Cuidará de Ti
  • 1965 - Duas Gerações, Um Ideal - em Parceria com Marta de Carvalho
  • 1965 - Cristo, a Única Esperança
  • 1966 - Gratidão
  • 1967 - Medite Comigo
  • 1969 - Obra Santa
  • 1972 - Agora Sou feliz - Luiz de Carvalho e Quarteto Prelúdio
  • 1972 - Luiz de Carvalho e Quarteto Prelúdio Volume 2
  • 1973 - Trem da Salvação - em Parceria com Edgar Martins
  • 1975 - Um Passeio Pelo Cantor Cristão
  • 1975 - Perdão Senhor
  • 1975 - 25 Anos louvando a Jesus
  • 1975 - Jubileu de Prata
  • 1976 - O Rei Está Voltando
  • 1976 - A Graça de Jesus
  • 1976 - Segura Na Mão de Deus - Ontem e Hoje - em Parceria com Mara Dalila
  • 1977 - Feliz Natal
  • 1977 - Uma Voz
  • 1978 - Orando Quero Estar
  • 1978 - Vem Ver
  • 1978 - Alvo Mais Que a Neve
  • 1979 - Uma Voz (Só o Senhor é Deus)
  • 1980 - Glória a Deus
  • 1980 - Juntos - dueto com Denise
  • 1983 - Juntos Vol. 2 - dueto com Denise
  • 1983 - Meu Tributo - A Deus Toda Glória
  • 1984 - Vamos Adorar a Deus
  • 1986 - O Encontro
  • 1988 - Jardim de oração
  • 1990 - Livrará
  • 1994 - Ensina-me
  • 1998 - Amigos - Vol. 3 - dueto com Denise
  • 1998 - Cem Ovelhas - vol. 4 dueto com Denise
  • 1999 - Santo Espírito
  • 2000 - Com Todo Meu Coração
  • 2001 - Dia da Vitória
  • 2001 - Via Dolorosa Vol. 5 - dueto com Denise
  • 2011 - Adoração
  • Oração da Fé (Toca o Clarim)
  • A Paz Que Eu Anelo - em Parceria com o Conjunto Vasos de Bençãos
  • Bendirei Teu Nome (Coletânea)
  • De Joelhos
  • Duas Vozes a Serviço do Senhor - em Parceria com José Tostes
  • Hinos Evangélicos Famosos
  • Eu Creio Num Ser - em Parceira com Betinho
  • Meus Hinos Queridos Vol. 1 (Coletânea)
  • Meus Hinos Queridos Vol. 2
  • Meus Hinos Queridos Vol. 3
  • Meus Hinos Queridos Vol. 4 (Lançado Originalmente em 1982 Como "Hinos Imortais Para a Nova Geração")
  • Só o Senhor é Deus
  • O Violão Convertido
  • Senhor, Eu Preciso de Ti
  • Toque o Clarim
  • Um Povo Santo - em Parceria com o Conjunto Vasos de Bençãos

Videografia[editar | editar código-fonte]

  • Glória a Deus

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Hinário - Luiz de Carvalho

Referências

  1. Luz, Érica de Campos Visentini da. A produção musical evangélica no Brasil: (Tese, Doutorado em História). São Paulo: USP - Biblioteca Digital, 2008. p. 139,140,141.
  2. Sousa, Zilmar Rodrigues de. A música evangélica e a industria fonográfica no Brasil: anos 70 e 80: (Tese, Mestrado em Artes). Natal: Biblioteca Digital da UNICAMP, 2002. 184 pp. p. 54.
  3. Do Nascimento Cunha, Magali. A Explosão Gospel: um olhar das ciências humanas sobre o cenário evangélico. Rio de Janeiro: Google Books, 2007. ISBN 978-85-7478-228-7 Página visitada em 27 de agosto de 2012.
  4. a b c d e f g h i Luiz de Carvalho – Pioneirismo e Honra. Ana Paula Costa. Troféu Promessas. Página visitada em 19 de setembro de 2012. Cópia arquivada em 19 de outubro de 2012.
  5. Sony Music e Bompastor irão lançar CDs com o melhor de Baruk, Cristina Mel e Prisma, entre outros. Super Gospel. Página visitada em 19 de outubro de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.