Luiza Possi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2009). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde abril de 2011).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Luiza Possi
Luiza Possi ao vivo no Rio de Janeiro
Informação geral
Nome completo Luiza Possi Gadelha
Nascimento 26 de junho de 1984 (29 anos)
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) Pop, pop rock, MPB, soul
Instrumento(s) Vocal, violão, piano
Período em atividade 2002—presente
Outras ocupações apresentadora, modelo
Gravadora(s) Indie Records (2002—2006)
LGK Music (2006—presente)
Afiliação(ões) Zizi Possi, Líber Gadelha
Influência(s) Barbra Streisand, Skank, Paralamas do Sucesso, Madonna, Alanis Morissette, Elis Regina, Cássia Eller
Página oficial LuizaPossi.com

Luiza Possi Gadelha (Rio de Janeiro, 26 de junho de 1984) é uma cantora e compositora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha da também cantora Zizi Possi e do produtor musical e diretor artístico Líber Gadelha, em 1999 Luiza foi convidada para subir ao palco e cantar uma música com a banda que estava abrindo o show do Skank no Credicard Hall, em São Paulo. O público consistia de 12 mil pessoas, e a cantora interpretou a música “O Vento”, do Jota Quest, apenas ao som do piano e de sua voz.

Em 2001, A cantora seguiu com algumas bandas, tocando de maneira informal, até que participou do Programa do Jô, exibido na Rede Globo, ao lado de sua mãe, Zizi Possi, e interpretou a música "Angel", tema do filme Cidade dos Anjos. No dia seguinte recebeu convites para gravar e assinar contratos.[carece de fontes?]

Luiza ficou com seu pai, que na época era presidente da Indie Records; seu primeiro disco foi gravado em 2001, sob a produção de Rick Bonadio. O trabalho levou o nome de "Eu Sou Assim", e contou com o sucesso da faixa-título, tema da novela Mulheres Apaixonadas, da mesma Globo, e com "Dias Iguais", que entraram para as principais paradas musicais do país. No mesmo ano faz sua primeira turnê nacional.

Em 2004, Possi lançou o segundo álbum, intitulado Pro Mundo Levar, através da Indie Records. Este disco produziu dois hits, "Over the Rainbow" e "Tudo Que Há de Bom".

Em 2006 Luiza foi convidada para assinar um novo contrato mas perferiu abrir o seu próprio selo, a LGK Music, com distribuição da gravadora EMI/Som Livre. No mesmo ano, Luiza lançou o CD Escuta, centrado no tema do amor e aclamado pela crítica, e considerado seu melhor trabalho lançado.[carece de fontes?] Teve os hits "Escuta" e "Seu Nome", este último sendo a música mais tocada de 2006 e 2007 nas rádios de MPB do país.[carece de fontes?] No mesmo ano Luiza iniciou a terceira turnê, Escuta Tour, com cem shows durante um ano. Em 2007 Luiza lançou o DVD baseado na turnê, gravado no Rio de Janeiro; para divulgar o DVD sua gravadora lançou um CD com quinze faixas, incluindo treze inéditas, e ajudou o DVD a se tornar um sucesso de vendas. O álbum lhe rendeu suas primeiras indiçaões ao Grammy Latino, o prêmio mais importante do meio musical, em três categorias: Melhor Artista Revelação, Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro e Melhor Álbum de Música Popular Brasileira por Escuta.

Após a divulagação do seu disco bem-sucessido de 2006, voltou com seu quinto disco, mais autoral, dedicado a canções inéditas do pop e MPB, Bons Ventos Sempre Chegam.

Em entrevista para a MTV Brasil Luiza anunciou um DVD da atual turnê, Bons Ventos Sempre Chegam.[1]

Participou da primeira edição do reality show, Circo do Faustão do programa Domingão do Faustão, ficando em 5º lugar.

Em 2010, Luiza fez duas participações especiais na bancada do programa Ídolos; primeiro nas audições em Florianópolis e depois na semana do Top 4 da quinta temporada. Em 2011, Luiza foi anunciada pela Rede Record, durante a coletiva de lançamento da temporada de 2011 do Ídolos, como jurada fixa na sexta temporada ao todo do programa, substituindo Paula Lima.[2] Porém, Luiza ficou apenas nesta temporada, pois declarou que não concordava com alguns aspectos em relação ao investimento dado ao vencedor.[3]

Em 2012, a cantora foi escalada para o reality show The Voice Brasil, como assistente do cantor Daniel; sua função foi ensaiar os competidores. [4]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 2000 Luiza iniciou um namoro com o publicitário Nelson Rubens Junior, conhecido como Nelsinho, filho do apresentador Nelson Rubens, com quem esteve por seis anos. Em 2007 a cantora casou-se com o ator Pedro Neschling, filho do maestro John Neschling e da atriz Lucélia Santos, com quem ficou casada por dois anos, separando-se no início de 2009[5] [6] . Logo após o fim do casamento Luiza teve um breve relacionamento com o cantor e compositor Jay Vaquer, com quem não assumiu nada sério[7] e, mais para frente, se envolveu com o comediante Marco Luque, com quem ficou por apenas 4 meses[8] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

CDS Ano Vendas
Eu Sou Assim 2002 200,000
Pro Mundo Levar 2004 100,000
Escuta 2006 45,000
Bons Ventos sempre Chegam 2009 40,000
Sobre Amor e o Tempo 2013

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

CDS Ano Vendas
A Vida é Mesmo Agora: Ao Vivo 2007 50,000
Seguir Cantando 2011 20,000

DVDs[editar | editar código-fonte]

DVDs Ano Vendas
A Vida é Mesmo Agora: Ao Vivo 2007 50,000
Seguir Cantando 2011 15,000

Turnês[editar | editar código-fonte]

  • 2003: Eu Sou Assim Tour
  • 2004: Tudo Que Há de Bom Tour
  • 2006: Turnê Escuta
  • 2007: Turnê A Vida é Mesmo Agora
  • 2009: Turnê Bons Ventos Sempre Chegam
  • 2011: Seguir Cantando Tour
  • 2014: Sobre Amor e o Tempo Tour

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Programa[9] Personagem Nota
2002 Jovens Tardes Apresentadora 2002—2003
2003 Mulheres Apaixonadas ela mesma 1 capítulo
2007 Som Brasil ela mesma Episódio: Djavan
Circo do Faustão ela mesma reality show de dança
2009 Elas Cantam Roberto Carlos ela mesma Transmissão do show em homenagem a Roberto Carlos
2010 Ídolos Jurada convidada 5ª temporada, audições em Florianópolis e semana do Top 4
2011 Ídolos Jurada fixa 6ª temporada
2012 The Voice Brasil Assistente de júri 1ª temporada
2013 Compositores Unidos Principal Convidada 1ª temporada - Episódio 3 e 4
2013 The Voice Brasil Assistente de júri 2ª temporada

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado
2003 Prêmio Multishow de Música Brasileira Cantora revelação Luiza Possi Venceu
Troféu Leão Lobo Cantora revelação Luiza Possi Venceu
Melhores do Ano Revelação musical Luiza Possi Indicado
Capricho Awards Cantora revelação Luiza Possi Venceu
Capricho Awards Melhor música "Dias Iguais" Indicado
2004 Capricho Awards Melhor cantora Luiza Possi Indicado
2005 IV Prêmio Jovem Brasileiro Melhor intérprete Luiza Possi Venceu
Capricho Awards Melhor cantora Luiza Possi Indicado
Capricho Awards Melhor música "Tudo Que Há de Bom" Indicado
2006 Prêmio TIM de Música Melhor cantora - voto popular Luiza Possi Venceu
Prêmio TIM de Música Melhor cantora Luiza Possi Venceu
2007 Grammy Latino Artista revelação Luiza Possi Indicado
Melhor álbum de pop contemporâneo brasileiro "Escuta" Indicado
Melhor álbum de Música Popular Brasileira "Escuta" Indicado

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Luciana Mello
Prêmio Multishow de Música Brasileira - Artista Revelação
2003
Sucedido por
Pitty