Lupionópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Lupionópolis
Bandeira de Lupionópolis
Brasão de Lupionópolis
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 11 de maio
Fundação 27 de janeiro de 1951
Gentílico lupionópolense
Prefeito(a) João José Tavares (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Lupionópolis
Localização de Lupionópolis no Paraná
Lupionópolis está localizado em: Brasil
Lupionópolis
Localização de Lupionópolis no Brasil
22° 45' 18" S 51° 39' 25" O22° 45' 18" S 51° 39' 25" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Norte Central Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Astorga IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: estado de São Paulo; Sul: Cafeara; Oeste: Santo Inácio; Leste: Centenário do Sul
Distância até a capital 550Km km
Características geográficas
Área 121,067 km² [2]
População 4 592 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 37,93 hab./km²
Altitude 350 m
Clima SubTropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,723 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 48 172,746 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 655,33 IBGE/2008[5]
Página oficial

Lupionópolis é um município do Estado do Paraná. Localiza-se no Extremo norte do estado, sua população estimada no censo de 2006 era de 4.753 Hab. Lúpionópolis por estar localizado no Extremo norte do Estado e por causa da sua baixa altitude predomina-se um clima subtropical, onde os Verões são quentes e os Invernos frios raramente enfrentando geadas; no inverno de 1975, a cidade também enfrentou a "Geada Negra" na madrugada de 19 de Julho de 1975, toda a região Norte do Estado enfrentou temperaturas a baixo de 0°C estima-se que em Lupionópolis o termômetros marcaram -4,5°C . Lupionópolis pertence junto a mais 21 municípios da microrregião de Astorga.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade de Lupionópolis tem como marco inicial de sua história a cessão de uma gleba de terras requeridas pela Empresa Imobiliária “ANIS ABBUDI & CIA LTDA”, a qual imediatamente mediu e demarcaram a área em lotes, datas sítios formando assim o patrimônio de um plano preestabelecido de colonização e povoamento.

No dia 27 de janeiro de 1951, através da Lei Estadual n° 613 foi criado o Município de Lupionópolis, cujo nome de origem em homenagem ao então Governador do Estado do Paraná, Senhor Moysés Lupion de Tróia, que segundo notas, foi grileiro e vendeu as terras ao senhor Abbudi. A 14 de dezembro de 1952, procedeu a instalação oficial do Município, sendo o primeiro prefeito municipal o Sr. Ibraim Abbud Neto, bem como empossados os demais membros da Câmara de Vereadores.

As vendas de terras, teve um planejamento, onde os sítios assim como a zona urbana foram limitados, loteados e vendidos, seguindo-se o padrão de colonização inglesa que se estabelecera no Norte do Paraná, nas décadas precedentes. A população de Lupionópolis cresceu rapidamente, havendo dedicação as atividades agrícolas, principalmente a cultura do café que favoreceu o desenvolvimento municipal.

A população é composta por descendentes de italianos, espanhóis, portugueses, libaneses e japoneses, mineiros e nordestinos, assim como paulistas, advindos da região da Alta Sorocabana.

A erradicação dos cafezais, somada a outros fatores, contribuiu, e muito, para que os produtores deixassem a zona rural, nos períodos da década de 1970-1980, outros fatores, como a mecanização da agricultura e a modificação fundiária (tamanho dos sítios e fazendas) fez com que a população rural de 6.409 habitantes (censo 1960) para 767(censo 2000).

Também na zona urbana ocorreram transformações, principalmente nas relações comerciais, afinal o pequeno centro urbano, que servia como provedor dos gêneros de consumo básicos das populações rurais, viu sua população aumentar de 2.073(censo 1960) para 3.554 habitantes (censo 2000), os que "sobraram" do esvaziamento da região. Isso é explicado, com a análise em Endlich (2006), ao afirmar que os pequenos centros urbanos, planejados na região para serem afastados uns dos outros no máximo 20 km, fez com que a centralização necessária para a função de "lugar central" fosse reduzida graças a melhoria das rodovias e meios de transportes, como também, a diminuição da importância do pequeno centro urbano no beneficiamento dos produtos da agricultura (café, por exemplo). A função econômica dessas microcidades como pontos de escoamento dos produtos agrícolas não é mais necessária, sendo cidades em fase de desaparecimento e invisibilidade dentro da rede urbana parananense. Deve-se pensar uma nova maneira de gerir tais regiões, afim de prover as necessidades dos cidadãos dessas microterritoridades.

As aptidões agrícolas giram em torno do cultivo de produtos hortigranjeiros para consumo familiar e local, as commodies (soja, milho e eventualmente, trigo) dominam a paisagem rural do município.

Os processos de modernização arrefeceram muitas tradições, sendo que as festas tais como: Festa do Padroeiro (Cristo Rei), Festa de Nossa Senhora Aparecida (Festa Mariana, em maio), Festa Juninas, Quermesses e Carnaval deixam de ser culturalmente construídas, a maior festa acontece na segunda semana de março: LUPEÃO – Festa do Peão Boiadeiro, aos moldes dos rodeios norte americanos, assim como acontece em quase toda a região Norte do paraná.

No dia 11 de maio é feriado municipal, data em que é comemorado o aniversário do Município.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.