Lusa (pistola-metralhadora)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pistola-metralhadora Lusa
Pistola-metralhadora Lusa A2.svg

Lusa A2
Tipo pistola-metralhadora
Local de origem  Portugal
Histórico de produção
Criador INDEP
Data de criação 1983
Variantes Lusa A1 e Lusa A2
Especificações
Peso 2,8kg
Comprimento 451mm (coronha rebatida)
584mm (coronha esticada)
Comprimento 
do cano
151mm
Calibre 9 x 19mm Parabelum
Cadência de tiro 900tpm
Velocidade de saída 790m/s
Alcance efetivo 400m
Sistema de suprimento carregador de 28 munições
Mira alça e ponto de mira

A Lusa é uma pistola-metralhadora compacta, de calibre 9 x 19 mm, desenvolvida pelas Indústrias Nacionais de Defesa de Portugal (INDEP) em 1983. Os seus melhoramentos e modificações culminaram em 1992 ao atingir-se os 2,5 milhões de dólares em custos de desenvolvimento. A arma foi desenvolvida especialmente para membros de forças de segurança pessoal e de forças especiais. Devido aos custos de produção nunca chegou à fase de produção em massa nas INDEP.

Nas Forças Armadas Portuguesas a Lusa destinar-se-ia a substituir a pistola-metralhadora FBP. No entanto, estas forças acabaram por adoptar outros modelos de pistola-metralhadora.

Em 2004, a INDEP vendeu uma licença, tal como todas as ferramentas e máquinas para o fabrico da Lusa A2, a um grupo de empresários da indústria de armas. Stan Andrewski, Jerry Prasser e Ralph Dimicco, que fundaram uma empresa com o nome LUSA USA. Não sendo conhecidos clientes militares, a arma é vendida para o mercado civil e policial nos Estados Unidos.

A arma é considerada pelas publicações especializadas como extremamente fiável, precisa (para uma submetralhadora) e representa uma das melhores senão a melhor relação qualidade/preço para este tipo de arma no mercado norte-americano.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Lusa A1: versão original desenvolvida em 1983, com um cano envolvido por uma manga de refrigeração;
Lusa A2: aperfeiçoamento da A1, com uma caixa de culatra mais resistente e opção por um cano destacável incorporando um silenciador.
Lusa A2S: aperfeiçoamento da A2, com uma caixa de culatra mais resistente (reforçada por padrão de estampagem) e opção por um cano destacável, contém uma bateria de gatilho, que permite apenas ciclo de tiro semi-automático, esta versão, era destinada ao mercado civíl.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]