Luxury Liner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Luxury Liner é um álbum da cantora estadunidense Emmylou Harris, lançado em 1977.

Recebido com excelentes críticas, este é um dos típicos álbuns iniciais da artista, com sua mistura vitoriosa de country, folk, pop e música de raiz. Os destaques são: Tulsa Queen, parceria da cantora com Rodney Crowell, Pancho and Lefty, do prestigiado compositor texano Townes Van Zandt, (You Never Can Tell) C'est la Vie de Chuck Berry e as clássicas Hello Stranger, do pioneiro A. P. Carter e When I Stop Dreaming, dos irmãos Ira e Charlie Louvin (também referidos como Louvin/Louvin ou Louvin Brothers). Já a faixa-título foi composta por Gram Parsons.

A produção, mais uma vez, ficou a cargo de seu marido à época, Brian Ahern, também guitarrista. O disco atingiu o primeiro lugar na parada country da Billboard, assim como o anterior Elite Hotel. Já os compactos tirados do álbum não foram tão felizes: a já citada (You Never Can Tell) C'est la Vie conseguiu a sexta colocação e a regravação de Making Believe, de Jimmy Work, a oitava.

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Emmylou Harris é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.