Lyman Abbott

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lyman Abbott
Nascimento 18 de dezembro de 1835
Roxbury, Boston
Morte 22 de outubro de 1922 (86 anos)
Nova Iorque
Nacionalidade Estados Unidos americano
Ocupação Teólogo congregacionalista, editor, e autor

Lyman Abbott (Roxbury, Boston, 18 de dezembro de 1835Nova Iorque, 22 de outubro de 1922) foi um teólogo congregacionalista, editor, e autor americano.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Abbott nasceu em Roxbury, Boston, filho do autor prolífico, educador e historiador Jacob Abbott. Lyman Abbott cresceu em Farmington, Maine e depois em Nova Iorque.[2]

Graduou-se na Universidade de Nova Iorque, em 1853, onde foi membro da Eucleian Society, estudou Direito e foi admitido no Colégio de Advogados em 1856; mas logo abandonou a profissão, e, depois de estudar Teologia com seu tio, John Stevens Cabot Abbott, foi ordenado ministro da Igreja Congregacional em 1860. Foi pastor da Igreja Congregacional em Terre Haute, Indiana, em 1860-1865, e da Igreja da Nova Inglaterra em Nova Iorque, em 1865-1869. De 1865 a 1868 foi secretário da Comissão da União Americana (mais tarde chamada de Escritório dos Refugiados, Libertos e das Terras Abandonadas). Em 1869 abandonou o pastorado para dedicar-se à literatura. Foi um editor associado da Harper's Magazine, e editor da Illustrated Christian Weekly por seis anos. Foi co-editor (1876-1881) da Christian Union com Henry Ward Beecher, a quem sucedeu em 1888 como pastor da igreja de Plymouth, Brooklyn. Deste pastorado ele renunciou dez anos depois. A partir de 1881, foi editor-chefe da The Christian Union, rebatizada de The Outlook em 1893; este periódico refletiu seus esforços de uma reforma social, e, em teologia, uma liberalidade, humanitária e quase unitária. Estas últimas características marcaram também seus trabalhos publicados.

As opiniões de Abbott divergiam das de Beecher. Abbott foi um constante defensor da reforma social, e foi um defensor do progressismo de Theodore Roosevelt por quase vinte anos. Viria a adotar uma pronunciada teologia liberal. Foi também foi pronunciado evolucionista cristão.[3] Em dois de seus livros, The Evolution of Christianity e The Theology of an Evolutionist, Abbott aplicou o conceito de evolução em uma perspectiva teológica cristã. Embora se opusesse a ser chamado de defensor do darwinismo, foi um otimista defensor da evolução, que pensava "que Jesus viu, no que a humanidade está se tornando".

Seu filho, Lawrence Abbott Fraser, acompanhou o presidente Roosevelt em uma excursão da Europa até a África (1909-10). Em 1913, Lyman Abbott foi expulso da American Peace Society, porque a preparação militar foi vigorosamente defendida na Outlook, [4] , que editava, e porque era membro da Liga do Exército e da Marinha. Durante a Primeira Guerra Mundial, foi um forte defensor das políticas de guerra do governo.

Lyman Abbott morreu no dia 22 de outubro de 1922 e foi sepultado no Cemitério New Windsor em Cornwall-on-Hudson, Condado de Orange, Nova Iorque.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Jesus of Nazareth (1869)
  • Illustrated Commentary on the New Testament (4 vols., 1875)
  • A Study in Human Nature (1885)
  • Life of Christ (1894)
  • The Evolution of Christianity (Lowell Lectures (1896, reeditado por Cambridge University Press, 2009, ISBN 9781108000192)
  • The Theology of an Evolutionist (1897)
  • Christianity and Social Problems (1897)
  • Life and Letters of Paul, (1898)
  • The Life that Really is (1899)
  • Problems of Life (1900)
  • The Rights of Man (1901)
  • Henry Ward Beecher (1903)
  • The Great Companion(1904; nova edição publicada em setembro de 1906)
  • The Christian Ministry (1905)
  • The Personality of God (1905)
  • Industrial Problems (1905)
  • Christ's Secret of Happiness (1907)
  • The Home Builder (1908)
  • The Temple (1909)
  • The Spirit of Democracy (1910)
  • America in the Making (Yale palestras sobre a responsabilidade da cidadania, 1911)
  • Letters to Unknown Friends (1913)
  • Reminiscences (1915)
  • The Twentieth Century Crusade (1918)
  • What Christianity Means to Me (1921)

Como editor[editar | editar código-fonte]

  • Sermons of Henry Ward Beecher (2 vols., 1868)

Referências

  1. Lyman Abbott. Christian Cyclopedia. Página visitada em 24-03-2010.
  2. Van Doren, Charles e Robert McHenry. Webster's American Biographies. [S.l.]: Merriam-Webster, 1984. 4 p.
  3. Lyman Abbott's sermon; the last in "The Theology of an Evolutionist" series.. New York Times (4 de maio de 1896). Página visitada em 24-3-2010.
  4. New International Encyclopedia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]