Lynn Compton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lynn Compton
Nascimento 31 de Dezembro de 1921
Los Angeles
Morte 25 de fevereiro de 2012 (90 anos)
Burlington (Washington)
País  Estados Unidos
Força Exército dos Estados Unidos
Anos em serviço 1943-1945
Hierarquia Primeiro tenente
Unidade 506º Regimento de Infantaria (Estados Unidos)
101st Airborne Division
Condecorações Silver Star
Purple Heart

Lynn D. Compton (Los Angeles, 31 de dezembro de 1921 - Burlington, 25 de fevereiro de 2012]) foi um juiz do Tribunal de Apelações da Califórnia que atuou como promotor-chefe no julgamento de Sirhan Sirhan pelo assassinato de Robert F. Kennedy. De 1946-1951, Compton serviu no Departamento de Polícia de Los Angeles. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele era um oficial da Easy Company, 2º Batalhão, 506º Regimento de Infantaria Pára-quedistas, na 101ª Divisão Aerotransportada do Exército dos Estados Unidos. Compton foi retratado na minissérie da HBO Band of Brothers por Neal McDonough.

Juventude[editar | editar código-fonte]

Compton foi um atleta em Los Angeles, onde ele foi catcher na equipe de beisebol da universidade ao lado de Jackie Robinson. Ele se formou em Educação Física e também jogou com a equipe de futebol de 1943 da UCLA no Rose Bowl Game em 1 de janeiro de 1943.

O serviço militar[editar | editar código-fonte]

Na UCLA Compton também participou ROTC(Reserve Officers' Training Corps, em Inglês) sob o comando do Cadete John Singlaub, e em dezembro de 1943, ingressou no Exército, onde foi atribuído à Companhia E do 2º Batalhão, 506º Regimento de Infantaria Pára-quedas na 101ª Divisão Aerotransportada antes da Operação Overlord. Durante a ação da companhia em Brécourt Manor, Compton e outros, sob a liderança do Major Richard Winters, atacou uma bateria alemã de quatro canhões de 105 milímetros que disparavam sobre a praia de Utah, desabilitando o encaminhamento de armas e inimigos. Compton foi condecorado com a Estrela de Prata por sua atuação na desativação das armas. O segundo episódio da minissérie da HBO Band of Brothers("Dia dos Dias") retrata esse assalto.

Mais tarde, em 1944, Compton foi baleado nas nádegas, enquanto que participava da Operação Market Garden, a tentativa frustrada dos aliados de aproveitar uma série de pontes na Holanda, e atravessar o rio Reno, na Alemanha. Depois de uma recuperação parcial, voltou a Easy Company, em tempo de participar do longo cerco a floresta de Ardenas, no que ficou conhecido como a Batalha do Bulge. Em janeiro de 1945, Compton deixou Easy Company.

Na série Band of Brothers, Compton aparentemente foi dispensado por ter pé de trincheira grave, mas a verdade é que sua transferência foi devido a fadiga de combate, causada após Compton testemunhar dois de seus amigos mais próximos, Joseph Toye e William Guarnere, serem mutilados por fogo de artilharia, resultando na perda da perna de ambos.

Após a Guerra[editar | editar código-fonte]

Em 1946, ele recusou uma oferta para jogar numa liga menor de beisebol, preferindo se concentrar na carreira de advogado. Compton se casou Donna Newman em outubro de 1947 e adotaram duas crianças. Ele frequentou a Loyola Law School e se tornou um detetive na Polícia de Los Angeles atuando na Divisão Central de Roubo. Juntou-se a Promotoria em 1951 como vice-procurador distrital, e foi promovido a promotor-chefe em 1964.

Durante seu tempo como promotor-chefe, ele ajudou a condenar Sirhan Sirhan pelo assassinato de Robert F. Kennedy. Em 1970, o governador Ronald Reagan nomeou-o juiz do Tribunal de Recurso Califórnia. Se aposentou em 1990 e residiu no estado de Washington. Em 1994, sua esposa morreu deixando-o viúvo. Em 2005, ele apareceu em uma campanha publicitária para a revogação do imposto imobiliário.

As memórias de Compton, intituladas Call of Duty: My Life before, during and after the Band of Brothers e escrito com Marcus Brotherton, foram publicadas pela Berkeley Publishing em 6 de maio de 2008. Compton faleceu em 2012, deixando dois filhos e quatro netos.

Referências

  • Compton, Lynn D., with Marcus Brotherton. Call of Duty: My Life Before, During, and After the Band of Brothers. [S.l.]: Berkley Caliber, 2008. ISBN 9780425219706.
  • Ambrose, Stephen E.. Band of Brothers: Easy Company, 506th Regiment, 101st Airborne from Normandy to Hitler's Eagle's Nest. [S.l.]: Simon & Schuster, 1992. ISBN 9780743464116.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]