Má alimentação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Entende-se por má alimentação ou alimentação inapropriada, de qualquer pessoa ou animal, o conjunto de hábitos alimentares contrário às premissas de alimentação saudável, com alimentos cujo uso contínuo cause danos à saúde das pessoas, como: alimentos ricos em gorduras e açúcares, sal e sódio em excesso, e falta de nutrientes necessários à manutenção da saúde humana.

Para se garantir uma boa alimentação é preciso que ela seja equilibrada, isto é, haver pelo menos um item de cada grupo alimentar: energéticos, construtores e reguladores.

A má alimentação ocorre principalmente nos países subdesenvolvidos, por falta de alimentos; maus hábitos de nutrição, na maioria das vezes por haver alimentos pouco nutritivos, como os fast-foods; de falta de exercícios físicos; influência da mídia com relação a publicidade de redes de fast-food.

Consequências[editar | editar código-fonte]

A má alimentação pode causar diversas doenças, pois causa no indivíduo um desequilíbrio físico-energético, acarretando uma série de distúrbios físicos e mentais e deixando-o vulnerável as doenças. As principais consequências da má alimentação são: obesidade, colesterol elevado, gastrite, diabetes e hipertensão. É recomendado que se faça exames para verificação e controle dessas doenças (check-up).

Ícone de esboço Este artigo sobre Saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.