Márcia Goldschmidt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde 2008) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Márcia Goldschmidt
Nome completo Márcia Goldschmidt-Rothschild
Nascimento 22 de julho de 1962 (52 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Apresentadora de televisão

Márcia Marcelino[1] (São Paulo, 22 de julho de 1962), é uma apresentadora de televisão brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Márcia nasceu numa família humilde e começou a trabalhar aos nove anos como babá. Mesmo sem condições financeiras, estudou muito e por isso conseguiu uma proposta de emprego, e foi morar em Paris em meados da década de 1980 onde trabalhava com o agenciamento de artistas brasileiros que iam atuar na França. Seis anos depois morando e trabalhando na capital francesa, retornou ao Brasil, conheceu o barão suíço Cyril von Rudolf Maximilian Goldschmidt-Rothschild. Eles ficaram juntos alguns anos, até que se casaram, e Márcia passou a assinar como Márcia Marcelino Von Goldschmidt-Rothschild. O casal viveu na Suíça por alguns anos, e voltaram a morar no Brasil. A união gerou um filho, James Marcelino Von Goldschmidt-Rothschild, nascido na Cidade de São Paulo, em 1994. Após 10 anos de casamento, ocorreu o divórcio por causa de desentendimentos. Após a separação, a mãe de Márcia passou a criar o neto, já que Márcia precisava trabalhar e Cyril também.

Passou alguns anos solteira, em outros anos aparecia na mídia com namorados não famosos, e sempre disse ter preferência por estrangeiros, inclusive já morou com um namorado americano em Miami e depois com um namorado francês em Paris.[2] no fim de 2010 começou a namorar o empresárfio português Nuno Rêgo. No início de 2011 Márcia foi morar com Nuno na casa dele, que fica na cidade do Porto, em Portugal. Em 2012, aos 50 anos, anunciou estar grávida de gêmeas, o que foi uma surpresa, já que não planejou uma gravidez. Seu parto está previsto para Dezembro. Pretende voltar para a televisão brasileira em 2013.[3]

Márcia teve uma pré-eclâmpsia, ou seja, crise de pressão alta que colocou sua vida em risco, tendo que ficar 35 dias em repouso absoluto. Por conta disto, o parto foi cesariana, e atencipado para o dia 20 de Outubro de 2012, quando Márcia ainda estava grávida de seis meses e meio de gestação, um grande risco também para as bebês, que felizmente nasceram saudáveis, mas nasceram com menos de 1 kg e tiveram que ficar 62 dias internadas.[4]

As meninas nasceram na cida do Porto, em Portugal, e se chamam Victoria e Yanne. Márcia disse em entrevistas que as duas são diferentes, tanto em personalidade, quanto em aparência. Victoria é mais calma, e Yanne, mais agitada. Se diz feliz e muito realizada com o marido e as filhas, dizendo ter sido seu melhor presente de Natal. Pretende voltar ao Brasil só quando o médico autorizar viagens longas..[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

No Brasil, montou a agência de relacionamentos Happy End. Posteriormente foi convidada para apresentar um programa na Rede Mulher também intitulado Happy End. Dois anos depois, leu em um anúncio no jornal que o SBT procurava uma mulher para ser a versão brasileira da norte-americana Ricki Lake, concorreu e ganhou. Desta forma foi criado o programa de televisão Márcia.

Com o fim do programa, começou a apresentar os programas: o Programa Livre e o Fantasia até mudar para a Gazeta em 2000, onde comandou o programa feminino Mulheres, que já havia sido apresentado anteriormente por Claudete Troiano e Ione Borges. Em 2001 se transfere para a TV Bandeirantes apresentou o Hora da Verdade e o Jogo da Vida.

Depois de um ano e meio fora do ar, afastada da televisão e morando em Miami voltou à programação da Band no dia 11 de junho de 2007. Após 3 anos e meio no ar, em dezembro de 2010 o programa Márcia encerrou-se, por motivos ainda desconhecidos. Após pouco mais de um ano, foi divulgado o fim do contrato entre a apresentadora e a emissora.[6]

Márcia escreveu três livros de auto-ajuda: Dicas para um Primeiro Encontro com Final Feliz, pela Editora Marco Zero, Poder Sexual. Você Sabe Usar o Seu?, pela Editora Gente e Amor Sem Dor - 20 estratégias para mudar sua vida amorosa já pela Editora Lua.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [[1]]
  2. [[2]]
  3. [[3]]
  4. [[4]]
  5. [[5]]
  6. Redação (26 de Junho de 2012). Márcia Goldschmidt deixou a Band por amor, diz jornal. Visitado em 8 de Junho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Márcia Goldschmidt
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.