Mário Gobbi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mariuz Gobilanska Filho
Nascimento 21 de agosto de 1961 (53 anos)
Jaú (SP)
Ocupação Presidente do Sport Club Corinthians Paulista
Profissão Delegado de Polícia
Escola/tradição Universidade Mackenzie

Máriuz Gobbilanska Filho (Jaú, 21 de agosto de 1961) é um delegado de polícia, ex-vice-presidente, ex-diretor de futebol e atual presidente do Corinthians.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Jaú, Mário Gobbi Filho é Bacharel em Ciências Jurídicas pela Universidade Mackenzie e delegado de polícia titular em São Bernardo do Campo.

Máriuz Gobbilanska Filho, congratulado por Dualib, tornou-se conselheiro vitalício do Corinthians em 2002, mesmo assim foi uns dos articuladores da campanha que levou Andrés Sanchez à presidência do clube em 2007. Durante esse mandato, Gobbi ocupou os cargos de vice-presidente e diretor de futebol até dezembro de 2010. Prestes a encerrar-se o mandato do atual presidente e às vésperas de eleições no Conselho Deliberativo do Corinthians para o futuro mandato, o nome de Mário Gobbi Filho aparece como "candidato da situação" à presidência do clube, indicado pelo atual presidente Andrés Sanchez, cujo pleito aconteceu no dia 11 de fevereiro de 2012

Desentendimento com integrantes de torcida organizada[editar | editar código-fonte]

Depois da transferência de jogadores titulares, Cristian e André Santos,[1] houve um desentendimento de Mário Gobbi com alguns integrantes de uma torcida organizada.

Dentro de seu período de gestão, Douglas, na época o camisa 10 do time já em fase decadente e constantemente alvo de críticas da imprensa especializada e da torcida, por conta de más atuações, foi negociado com um clube dos Emirados Árabes.[2]

Em um evento social do clube em sua sede, o Parque São Jorge, Mário Gobbi foi agredido com uma cadeira atirada por um vândalo, integrante de uma torcida organizada Camisa 12 que invadiu o local.[3]

A saída da diretoria do Corinthians com um "até breve"[editar | editar código-fonte]

Em 7 de dezembro de 2010, Gobbi expede a seguinte Nota Oficial: Corinthianos, Após três anos no cargo de diretor de futebol, entendo que urge passar o bastão. O ciclo se completou e a rotatividade no poder é salutar para termos um Corinthians sempre vencedor. ...Há muito a ser feito e o egoísmo não me permite acumular a experiência apenas para minha satisfação. É imperativo torna-se agente multiplicador. Até breve, Cordialmente, Mário Gobbi Filho. [4]

Referências

  1. GLOBOESPORTE.COM (20 de julho de 2009). André Santos e Cristian agora são do Fenerbahçe, da Turquia Globo.com. Visitado em 3 de agosto de 2009.
  2. GLOBOESPORTE.COM (31 de julho de 2009). Douglas é apresentado em time dos Emirados Árabes Globo.com. Visitado em 3 de agosto de 2009.
  3. Carlos Augusto Ferrari (2 de agosto de 2009). Mario Gobbi é agredido por torcedor no Parque São Jorge Globo.com. Visitado em 3 de agosto de 2009.
  4. Mário Gobbi Filho: NOTA OFICIAL (7 de dezembro de 2010). Mudança na diretoria do departamento de futebol profissional Corinthians.com.br. Visitado em 7 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.