Método de Hoffman, Pons e Janer ou Lutz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Método de Hoffman, Pons e Janer ou Lutz ou método de sedimentação espontânea é um tipo de exame parasitológico de fezes. Consiste basicamente na mistura das fezes com água, onde será filtrada por uma gaze cirúrgica e deixado em repouso, formando uma consistente sedimentação dos restos fecais ao fundo do cálice. Essa sedimentação é inserida em lâmina, feito um esfregaço e observado em microscópio. Este método detecta a presença de ovos nas fezes, e após coloração com lugol é possível verificar a presença de cistos de protozoários e larvas de helmintos.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. NEVES. David Pereira. Parasitologia Humana. 10.ed. São Paulo: Atheneu, 2000.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Parasitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.