Míle Espáine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Na mitologia Irlandesa,[1] Míle Espáine (em latim, Miles Hispaniae, "Soldado da Hispânia"; posteriormente pseudo-latinizado como Milesius; também Miled) é o ancestral dos habitantes finais da Irlanda, os "Filhos de Mil" ou Milesianos (Milésios), que representam os celtas goidélicos.

Seu prenome era Golam ou Galamh. Serviu como soldado na Cítia e no Egito, antes de lembrar-se de uma profecia de que seus descendentes iriam governar a Irlanda. Partiu então para o oeste, chegando à longínqua Ibéria (A Hispânia Romana), onde combateu várias batalhas antes de morrer, nunca chegando a ver a Irlanda com seus próprios olhos.

Scota, sua esposa, e seu tio Ith, que avistou a Irlanda do topo de uma torre,[2] navegaram para a Irlanda onde Ith foi morto pelos Tuatha Dé Danann. Quando o corpo de Ith foi trazido de volta para a Ibéria, os oito filhos de Míle e os nove irmãos de Ith, furiosos, invadiram a Irlanda e derrotaram os Tuatha Dé Danann, embora tempestades criadas pela magia do mítico povo governante da Irlanda tenham antes disso tomado a vida da maioria dos filhos de Míle.

Míle Espáine figura proeminentemente nas genealogias de John O'Hart, sendo o ancestral comum de todo o povo irlandês.

Segundo Seumas MacManus, em seu livro A História da Raça Irlandesa,[3] Milesius foi o líder de um povo que descendia de Niul, neto de Gaodhal Glas. Moisés presenteou Gaodhal com a profecia de que um dia seus descendentes iriam viver em uma alegre ilha do oeste livre de serpentes. Niul viveu no Egito, advindo anteriormente da Cítia, e foi de lá expulso por um faraó injusto. Após longas viagens através das sucessivas eras, os descendentes de Niul finalmente chegaram à Península Ibérica

Referências

  1. ver Livro das Invasões da Irlanda, século XII
  2. ver Torre de Breogán
  3. The Story of the Irish Race. Seumas MacManus. Wings Books. Random House. 1990 edition.
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Mil Espáine».

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia celta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.