Míson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Míson de Queneia[nota 1] é apontado como um possível membro do grupo dos Sete Sábios da Grécia. A ele atribuem-se os seguintes pensamentos:

  • A democracia é preferível à tirania[1]
  • Guarda os segredos[1]
  • Indaga as palavras a partir das coisas, não as coisas a partir das palavras[2]
  • O estudo abarca todas as coisas[1]
  • Os prazeres são mortais, as virtudes, imortais[1]
  • Um lucro desonesto é uma calúnia contra o espírito[1]

Notas[editar | editar código-fonte]

[nota 1] ^ Em alguns textos aparece o nome de Periandro de Corinto.

Referências

  1. a b c d e António Pinela, Reflexões, 1980.
  2. Abbagnano, Nicolas - Dicionário de Filosofia. Ed. Martins Fontes, São Paulo, 1998, p. 108
Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.