Músculo esternotireoideo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Músculo esternotireoideo
Sternothyroideus.png
Região ântero-lateral do pescoço com músculo esterno-tiroideu destacado a vermelho
Latim musculus sternotyroideus
Origem {{{Origem}}}
Inserção    {{{Inserção}}}
Vascularização artéria tiroideia superior e artéria tiroideia inferior
Inervação asa do nervo hipoglosso(XII)
Ações Abaixador da laringe
Abaixador do osso hióide

O músculo esterno-tiroideu é um músculo do pescoço, localizado na região ântero-lateral do pescoço, no plano muscular médio, pertencendo ao grupo dos músculos infra-hioideus. É uma músculo par, longo e achatado em sentido ântero-lateral - em forma de fita. Grosso modo, estende-se do osso esterno à cartilagem tiroideia, daí o seu nome.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O músculo esterno-tiroideu insere-se, em baixo, na face posterior da primeira cartilagem costal e na face posterior do manúbrio esternal, atrás das inserções do músculo esterno-cleido-hióideu. Os feixes musculares descrevem então uma trajectória aproximadamente vertical para cima, ou antes, ligeiramente oblíqua para fora e para dentro, até à cartilagem tiroideia, onde se inserem por meio de pequenas fibras tendinosas nos tubérculos tiroideus e no feixe ligamentoso que os une, abaixo da inserção do músculo tiro-hioideu. É de notar que, embora as inserções inferiores dos esterno-tiroideus esquerdo e direito sejam contíguas, a sua ligeira obliquidade para fora faz com que as inserções superiores estejam separadas por um espaço que constitui a base de um pequeno triângulo.

Relações[editar | editar código-fonte]

Na sua face anterior, o músculo esterno-tiroideu encontra-se coberto, quase na sua totalidade, pelo músculo esterno-cleido-hioideu. A face posterior do músculo encontra-se a cobrir a traqueia, o corpo tiroideu e, por alguns feixes musculares mais externos, parte do feixe vásculo-nervoso do pescoço, onde progridem as artérias carótidas e a veia jugular interna. Simplificando a origem e inserção.Origem: Manúbrio do esterno .Inserção: Sua inserção é na face externa da cartilagem tireoidea.

Vascularização[editar | editar código-fonte]

Este músculo é vascularizado por arteríolas provenientes da artéria tiroideia superior e da artéria tiroideia inferior.

Inervação[editar | editar código-fonte]

O músculo esterno-tiroideu, à semelhança da grande maioria dos músculos supra-hioideus, é inervado por filetes da asa do grande nervo hipoglosso(XII par), que se introduzem no músculo pela porção externa da sua face posterior.

Acção[editar | editar código-fonte]

O músculo esterno-tiroideu funciona como abaixador da laringe, definindo-se o seu ponto fixo na inserção esternal. Devido à ligação deste órgão ao osso hioide - nomeadamente pelo músculo tiro-hioideu - considera-se que este músculo tem igualmente a função de abaixador do osso hioide, quando funciona conjuntamente com os demais do grupo infra-hioideu.

Variações Anatómicas[editar | editar código-fonte]

Músculo esterno-hioideu profundo[editar | editar código-fonte]

Variedades de inserções[editar | editar código-fonte]

As inserções deste músculo podem exitir com inúmeras variantes:

  • Podem existir feixes provenientes da 1ªcostela
  • Podem não existir feixes da 1ªcartilagem costal
  • As fibras podem prolongar-se inferiormente e inserir-se nas 2ª e 3ª costelas.
  • Pode exitir fusão, ao nível do esterno, dos dois esterno-tiroideus com anastomose de fibras musculares.
  • Pode existir uma inserção aponevrótica na chanfradura esternal.
  • O músculo pode-se apresentar fundido com o Músculo constritor da faringe, situação que é normal no chimpanzé.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Testut, Léo; Latarjet, M.. Tratado de Anatomia Humana (em espanhol). 1ª ed. Barcelona: Salvat Editores, S.A., 1978. 827-828 pp. 4 vol. vol. 1 (Osteologia, Artrologia, Miologia). ISBN 84-345-1144-2
  • Rouvière, H.; Delmas, A.. Anatomie Humaine: Descriptive, topographique et foncionnelle (em françês). 12ª ed. Paris: Masson., 1985. 3 vol. vol. 1 (Tête et Cou). ISBN 2-225-80411-7
  • Paturet, G.. Traité d'Anatomie Humaine (em françês). 12ª ed. Paris: Masson., 1951. 4 vol. vol. 1 (De la tête et du cou). ISBN 2-225-80411-7
  • Esperança Pina, J.A.. Anatomia Humana da Locomoção: Anatomia Humana Passiva (Osteologia e Artrologia) e Activa (Miologia) (em português). 3ª ed. Lisboa: Lidel., 1999. 159-167 pp. ISBN 978-972-9018-99-2